skip to Main Content
13 de julho de 2020 | 08:22 pm

ILHÉUS: BIOFÁBRICA REPRESENTA A ORIGEM DA CADEIA DO CACAU NO CHOCOLAT BAHIA

Tempo de leitura: 2 minutos

Biofábrica recebe missão do Pará no Chocolat Festival || Foto Mariana Ferreira

A 11ª edição do Festival Internacional do Chocolate e Cacau (Chocolat Bahia) levará novamente a Ilhéus um estande exclusivo da Biofábrica de Cacau. O evento reúne toda a cadeia produtiva do cacau ao chocolate e a Biofábrica representa a origem dessa cadeia com a produção de mudas. A edição de 2019 do festival internacional começa nesta quinta-feira (18) e vai até o próximo domingo (21), no Centro de Convenções de Ilhéus.

O estande da Biofábrica recebe, anualmente, dezenas de milhares de visitantes, curiosos pela técnica utilizada na produção de mudas, especialmente as de cacau, que na Biofábrica são geneticamente identificadas e contam com a tecnologia da Comissão Executiva de Planejamento da Lavoura Cacaueira (Ceplac) no melhoramento genético, garantindo mudas resistentes à vassoura-de-bruxa, à podridão-parda e ao mal-do-facão.

O Chocolat Bahia 2019 espera receber mais de 60 mil visitantes de várias regiões do país, que poderão conhecer mais de 70 marcas de chocolate de origem do sul da Bahia e participar de workshops e outras programações. Além de oportunidade de negócios in loco, o festival possibilita ampla divulgação para os expositores e visitas de missões de diversos estados brasileiros.

“A Biofábrica entende que o Festival Chocolat Bahia é um grande espaço de interação de mercado, conectando consumidores e investidores a grandes e renomadas instituições como a nossa. A experiência é sempre positiva e não poderíamos faltar a esta edição”, destaca o diretor da Biofábrica, Lanns Almeida. A Biofábrica conta com a parceria do Governo da Bahia, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Rural.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top