skip to Main Content
27 de fevereiro de 2020 | 05:08 am

NOVO PRESÍDIO DE ILHÉUS SERÁ CONSTRUÍDO NA ESTRADA DO CHOCOLATE, DIZ JOSÉ NAZAL

Tempo de leitura: 2 minutos

Presídio será construído na Estrada do Chocolate || Foto Alfredo Filho/SeturBA

Polêmica em Ilhéus. O governo municipal decidiu pela desapropriação de uma área, na Estrada do Chocolate, entre Ilhéus e Uruçuca (BA-262), para a construção do novo presídio no município. O anúncio foi feito ontem (24) pelo município.

Hoje, houve reação do vice-prefeito de Ilhéus, José Nazal. Para ele, a área escolhida é inadequada. “Vi que o local escolhido não é interessante para Ilhéus, respeitando todos os contraditos. Fica Exatamente na entrada do Complexo Porto Sul, local onde o Estado tem projetado uma intervenção na estrada”, aponta, observando que a área fica numa das margens da BA-262, rodovia onde o estado anunciou a implantação da Estrada do Chocolate. Veja artigo feito por ele em contraposição à escolha do governo.

José Nazal

A cidade amanheceu hoje com uma nova discussão, fruto de uma decisão de governo sem a mínima participação da sociedade organizada. A desapropriação de uma área para construção de um presídio.

Há pouco mais de um mês fui convidado pelo representante da SEAP para participar de uma reunião para avaliar o uso de uma área no fundo do Distrito Industrial para tal fim. Não chegando a um consenso, foi proposto a escolha de outro local e me coloquei a disposição para ajudar. Não fui mais chamado.

Ontem (24), plotando as coordenadas indicadas no Decreto 080/2019, vi que o local escolhido não é interessante para Ilhéus (na minha opinião, respeitando todos os contraditos). Fica exatamente na entrada do Complexo Porto Sul, local onde o Estado tem projetado uma intervenção na estrada (e segundo informações colhidas para ter início breve), fica à margem da BA-262, onde o próprio Estado, através da SEDUR, tenta implantar a Estrada do Chocolate.

Não quero abrir uma discussão maniqueísta de ser contra ou a favor do presídio. Sou, de imediato, contra a escolha do local, por entender que é prejudicial ao município e aos interesses da maioria.

A projeto Porto Sul barrou a proposta de desenvolvimento turístico do litoral norte e agora, essa novidade vem barrar um sonho que está se tornando realidade, inclusive com forte participação da sociedade, que é a Estrada do Chocolate.

Um ilustre jurista, que respeito muito, há poucos dias, quando saiu a notícia da reunião que falei acima, me mandou uma mensagem dizendo assim: “com um presídio aqui, estaremos chamando para Ilhéus as cúpulas das facções criminosas, todos os chefes”. Sinto que é verdade.

José Nazal é memorialista e vice-prefeito de Ilhéus.

Este post tem um comentário

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Back To Top