skip to Main Content
7 de agosto de 2020 | 05:40 am

#SEMOSTRAINTERIOR: FOTÓGRAFO HEITOR RODRIGUES ESTAMPA A CAPA DE PROJETO CULTURAL BAIANO

Tempo de leitura: 3 minutos

Heitor saiu de Itabuna para cursar Engenharia em Juazeiro e se apaixonou pela fotografia

Todo caderno de colorir é uma oportunidade das crianças pintarem o mundo da forma que costumam ver, animadas. Mas, como é deixar tudo alegre ainda em preto e branco? É brincando com aventura de ser criança que Heitor Rodrigues, um dos artistas visuais selecionados no projeto Se Mostra Interior, uma parceria entre a Fundação Cultural da Bahia e o Teatro Gamboa Nova, mostra a realidade do interior com o jeitinho das crianças de contar.

Nascido em Feira de Santana, Heitor se mudou de Itabuna, no sul do Estado, para estudar Engenharia Civil na Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), em Juazeiro (BA). Até aí a história é comum a de muitos estudantes, exceto quando a fotografia passa ser sua principal forma de sustento. Entre a máquina fotográfica da madrinha e da equipe de produção de eventos do pai, o engenheiro descobriu o prazer que passou a gerar curiosidade: como é ser engenheiro e fotógrafo?

“Não gosto da dualidade de ‘ou você gosta de exatas ou você gosta de artes’, eu admiro as áreas de conhecimento e suas expressões”, comenta Heitor. Em 2016 ele começou a atuar profissionalmente registrando casamentos. Ao longo do tempo o engenheiro passou por congressos e eventos para aperfeiçoar seu trabalho.

Foi no curso engenharia que a introdução à linguagem fotográfica fez com que ele despertasse para as artes visuais. “Começo um processo contínuo de autoanálise, buscando libertar minha capacidade criativa e expandindo meu olhar para o mundo a fora ainda na graduação”, ressalta. Heitor então passou a fazer parte do grupo de fotógrafos Jornada do Vale de São Francisco, que viaja para outros municípios para vivenciar e fotografar as realidades dos habitantes.

Foto de Heitor Rodrigues compôs série “Aventura é ser criança”

PRETO E BRANCO E O COLORIDO DA INFÂNCIA

No distrito de Vermelho, em Lagoa Grande (Pernambuco), Heitor se deparou com aquelas crianças brincando nas ruas e o fez refletir como as crianças encontram a felicidade nas pequenas coisas em uma realidade menos urbana. “Quando fiz as fotos, o grupo havia saído para campo e eu estava já enturmado com a criançada, por isso resolvi ficar. Para mim, fazer foto é viver aquela realidade nem que seja por curto período”, destaca Heitor.

Fotografar crianças é algo que chama a atenção do fotógrafo desde quando não era profissional. “Sempre gostei de fotografar meus primos menorzinhos. É dentro do seio familiar que vou descobrindo um pouco da minha assinatura na fotografia”, explica o engenheiro. De pés no chão, saltando no mar e girando no carrossel são algumas das imagens que compõem a série “Aventura é ser criança”, que também selecionada no projeto Pirilampos da Caatinga e teve algumas publicadas na Revista Lavoura.

“Minha maior referências na fotografia é Pierre Verger, por isso eu gosto muito de usar o efeito do preto e branco, acredito que enleva os aspectos antropológicos”, diz. É a espontaneidade e alegria de ser criança que colorem as imagens do catálogo deste mês dedicado à infância no Teatro Gamboa Nova. Heitor conta que soube do concurso por conta da companheira Erika Ribeiro, que foi selecionada no edital Grafias Eletrônicas, também promovido pela Funceb, deste ano.

“Sou muito grato a ela por ter sido selecionado, ela muito me incentivou”, relata. Para o fotógrafo, fazer parte do projeto é uma oportunidade de mostrar a produção fotográfica no cenário do interior baiano. “Convocatórias como estas realizadas pela Funceb é de suma importância para dar novos rostos às artes para além das capitais, fico muito feliz de ter poder mostrar a as fotos que fazemos por aqui”, comenta animado. Conheça mais dos trabalhos de Heitor por meio do do site, pelo Facebook e no Instagram.

MEGA-SENA ACUMULA E PAGARÁ R$ 30 MILHÕES NA SEGUNDA; VEJA NÚMEROS SORTEADOS

Tempo de leitura: < 1 minuto

Mega-Sena deverá pagar R$ 30 milhões na próxima segunda || Foto Marcelo Camargo

Ninguém acertou as seis dezenas da Mega-Sena sorteadas na noite desta quarta-feira (9). O próximo sorteio será na segunda (14) devido ao Feriado do Dia das Crianças e da padroeira do Brasil, Nossa Senhora Aparecida.

Os números sorteados no concurso 2196 da Mega-Sena foram 01-25-27-28-41-56.

A estimativa é de que a Caixa pague prêmio de R$ 30 milhões na segunda, após a loteria ter acumulado, novamente, hoje. Ainda no concurso de hoje, 58 apostadores vão embolsar R$ 47.367,07 por terem acertado cinco dezenas (quina). Outros 4.166 apostadores acertaram quatro dezenas (quadra) e cada um vai levar R$ 942,07.

CONCURSOS DA EBSERH COM 2,1 MIL VAGAS TÊM BANCAS ORGANIZADORAS DEFINIDAS

Tempo de leitura: 2 minutos

Escolhidas as bancas que vão aplicar provas do concurso da Ebserh

Os concursos para a contratação de mais 2 mil profissionais para a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) já tem as bancas organizadoras definidas.O Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC) fará o concurso para 39 hospitais universitários federais. Já a Fundação Vunesp participará do certame do Hospital de Clínicas de Uberlândia (HC-UFU).

Os concursos da empresa pública vinculada ao Ministério da Educação (MEC) devem ter editais divulgados ainda em 2019. O certame do IBFC tem 1.363 vagas para atuação em diversas regiões do país, incluindo hospitais, complexos hospitalares e a sede da Ebserh, em Brasília. São previstas 448 vagas para médicos de 69 diferentes especialidades, 800 vagas para profissionais da área assistencial e 115 administrativos.

No caso do Hospital de Clínicas de Uberlândia, serão 887 vagas. São 173 vagas para médicos de 71 especialidades, 614 vagas para a área assistencial e 100 administrativos.

A contratação de profissionais para Uberlândia permitirá a reativação de leitos que hoje encontram-se fechados por falta de pessoal e maior foco na formação de profissionais e na pesquisa, principais diferenciais de um hospital universitários federal.

Leia Mais

CHOCOLATE DE ILHÉUS É PREMIADO EM EVENTO NACIONAL EM SÃO PAULO

Tempo de leitura: 3 minutos

Chocolate produzido em Ilhéus é premiado em evento nacional

O chocolate da marca Natucoa, com teor de 70% cacau, produzido pela Cooperativa de Serviços Sustentáveis da Bahia (Coopessba), de Ilhéus, foi um dos premiados no Prêmio Brasil Artesanal 2019 Chocolate, realizado durante o 4º Congresso Nacional das Mulheres do Agronegócio. O evento foi encerrado nesta quarta-feira (9), em São Paulo, com o tema ‘AGIR – Ação Global: Integração de Rede’.A iniciativa é da Confederação da Agricultura e Pecuária (CNA).

Foram premiados chocolates artesanais fabricados por mulheres, a partir de amêndoas de cacau produzidas na Bahia. O chocolate da Natucoa ficou em 3º lugar, entre os cinco premiados, incluindo chocolates produzidos em São Paulo (1º colocado), Bahia (2º, 3º e 5º) e Minas Gerais (4º). O prêmio integra o Programa de Alimentos Artesanais e Tradicionais do Sistema do CNA e Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) e tem o objetivo de valorizar os chocolates artesanais produzidos por mulheres.

A Coopessba já vem trabalhando há tempo para a melhoria da qualidade da amêndoa do cacau e o aumento da produção, mas, a partir da seleção no edital de Alianças Produtivas do Bahia Produtiva, projeto executado pela Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), foi possível contratar uma técnica agrícola, que está prestando assistência técnica às 127 famílias atendidas pela cooperativa.

O edital possibilitou também a contratação de mais duas profissionais para atuação ana qualificação da base produtiva e nas ações voltadas para gestão e acesso ao mercado, que estão viabilizando o aumento da renda das famílias produtoras de cacau e a melhoria na qualidade da amêndoa de cacau.

“Com os investimentos foi possível focar no aumento da produtividade e trabalhar para a produção do cacau de qualidade. Participar do concurso e estar entre as cinco colocadas é uma grande satisfação e gratificação para nós. Agradecemos muito aos investimentos feitos por meio da CAR/SDR, no âmbito do Bahia Produtiva”, destacou a presidente da Coopessba, Carine Assunção.

Leia Mais

DESENVOLVER O PERFIL DO JOVEM EMPREENDEDOR É TEMA DE PALESTRA NA ACI

Tempo de leitura: < 1 minuto

A psicóloga Priscila Nascimento aborda nesta quinta-feira (10) o tema “Questões motivacionais dentro da árvore humana. Sentimento, emoção, o ser por um todo” durante palestra na Associação Comercial de Itabuna (ACI). O evento é promovido pelo núcleo de jovens empreendedores da ACI e terá início às 18h30min, no auditório da entidade.

Priscila Nascimento tem uma vasta experiência no trabalho com jovens e irá ensinar técnicas de como melhor desenvolver o perfil empresarial dos integrantes utilizando a motivação. A intenção é mostrar como a mente pode ser parceira no desenvolvimento comercial e na melhoria dos negócios.

Com entrada gratuita, o evento busca reunir o núcleo de empreenderes do programa Empreender, bem como os jovens da cidade que já empreendem e/ou que estão iniciando algum empreendimento. A auditório da ACI fica localizada na rua Osvaldo Cruz, nº 56, edifício União Comercial, 10º andar, centro de Itabuna.

ILHÉUS: 186 BENEFICIÁRIOS CORREM O RISCO DE PERDER O BOLSA FAMÍLIA DE JULHO

Tempo de leitura: < 1 minuto

Quase 200 beneficiários do Bolsa Família não sacaram a parcela de julho

186 cadastrados no Programa Bolsa Família em Ilhéus que ainda não sacaram o benefício referente ao mês de julho correm o risco de perder o dinheiro. O prazo para retirada da parcela acaba no dia 28 deste mês. Caso não faça o saque, o dinheiro retornará para o Ministério da Cidadania, alerta a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (SDS).

O beneficiário interessado em regularizar a situação deve comparecer à sede da SDS, na rua Almiro Vinhaes, próximo ao Estádio Mário Pessoa, e apresentar o RG e número do NIS. O atendimento é das 7 às 13h, de segunda a sexta-feira. Caso o titular do benefício tenha o cartão, mas não possua a senha, deve ligar para o 0800 726 0207 e, no mesmo dia, se dirigir a uma lotérica, com documento de identidade para recadastrá-la.

INCÊNDIO DESTRÓI PARTE DA CABANA GABRIELA, NA PRAIA DOS MILIONÁRIOS, EM ILHÉUS

Tempo de leitura: < 1 minuto

Fogo destruiu parte da Cabana Gabriela, uma das mais conhecidas de Ilhéus

Um incêndio destruiu parte da Cabana Gabriela, na Praia dos Milionários, nesta quarta-feira (9). A cabana é uma das mais famosas de Ilhéus. O incêndio começou por volta das 15h30min e destruiu parte da área administrativa.

O Corpo de Bombeiros, que fica a cerca de 4 quilômetros do local, foi acionado e conseguiu debelar as chamas.  Ninguém ficou ferido no sinistro.  Segundo as primeiras informações, as chamas começaram na parte externa e avançaram, sendo controlada pelos bombeiros.

Confira vídeo

PESQUISA REVELA QUE 36% DOS CONSUMIDORES FAZEM COMPRAS EM NOME DE TERCEIROS

Tempo de leitura: 4 minutos

Brasileiros gostam de fazer compras em nome de terceiros

Uma pesquisa da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) mostra que 36% dos consumidores brasileiros fizeram compras usando o nome de terceiros nos últimos meses. O  hábito de pedir o nome emprestado é ainda maior entre as pessoas de mais baixa renda (38%) e entre os jovens (46%).O levantamento foi feito em parceira com o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil).

A prática é utilizada, principalmente, por quem está com dificuldades de acesso ao crédito ou enfrenta imprevistos e não conta com uma reserva de emergência. Em cada 10 pessoas que pediram o nome emprestado para compras parceladas, três  se encontravam com o limite estourado no cheque especial ou cartão de crédito. Outros 22% não tinham determinadas modalidades de crédito à disposição para uso, 18% estavam com o “nome sujo” e 16% tiveram crédito negado.

Na avaliação da economista-chefe do SPC Brasil, Marcela Kawauti, o consumidor que empresta seu nome precisa refletir sobre as consequências do ato, pois a responsabilidade legal sobre a dívida é sempre de quem emprestou, já que, formalmente, ele é o titular da pendência financeira.

Kawauti explica que, “caso o tomador do nome emprestado não consiga honrar o compromisso assumido, é a pessoa que empresta o nome quem arca com as consequências financeiras e jurídicas da situação. Recusar ajuda para familiares e amigos pode parecer cruel, mas muitas vezes, essas já apresentam um histórico desfavorável de pagamentos e há um risco real de que a dívida não seja paga e quem emprestou o nome será obrigado a arcar com o pagamento da quantia sozinho”.

QUEM EMPRESTA

O estudo revela ainda que na hora de pedir o nome emprestado, as pessoas mais procuradas são aquelas do círculo de convivência, como os pais (28%), os cônjuges (21%), amigos (17%) e irmãos (16%). Além disso, na maioria das vezes, quem solicita esse tipo de ajuda acaba obtendo uma resposta positiva, uma vez que 77% dos entrevistados sempre conseguiram o nome emprestado, mesmo que parte tenha enfrentado algum tipo de dificuldade (22%).

Leia Mais

UTILIDADE PÚBLICA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Uma Carteira de Trabalho em nome de Heiderhiton Santos Araújo foi perdida na região central de Ilhéus. Heiderhiton pede a quem encontrou o documento – número 88026 e Série 00065 – , por gentileza, entregá-lo na sede da Coordenadoria Regional da Polícia Civil em Ilhéus ou na unidade do Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC), na rua Eustáquio Bastos, número 308, centro.

PF PRENDE MAIOR FRAUDADOR DO INSS NA BAHIA; PREJUÍZO CHEGA A R$ 7 MILHÕES

Tempo de leitura: 2 minutos

Operação da Polícia Federal desarticula fraudadores || Foto Itana Alencar/G1

A Operação Caduceu da Força-Tarefa Previdenciária desarticulou, nesta quarta-feira (9), uma quadrilha liderado por um dos maiores fraudadores da história da Previdência Social.A Polícia Federal informou que o homem, que mora na Bahia e não teve o nome divulgado, atuava desde os anos 80 e responde por diversos processos penais, sempre relacionados a crimes previdenciários.

Na operação realizada hoje, constatou-se que o grupo liderado pelo criminoso fraudou, pelo menos, 140 benefícios, entre auxílios-doença e aposentadorias por invalidez.Desse total, seis benefícios estavam registrados com a foto do chefe do grupo, só que com nomes fictícios diferentes.O prejuízo identificado até o momento supera o valor de R$ 7 milhões.

A força-tarefa cumpriu mandados em Salvador, Camaçari, na Bahia; além de Aracaju, em Sergipe.A Justiça Federal  determinou a prisão preventiva de três pessoas (uma delas é o líder do grupo, e o cumprimento de 12 mandados de busca e apreensão.

INVESTIGAÇÕES

A Coordenação-Geral de Inteligência Previdenciária (CGINT) da Secretaria Especial de Previdência e Trabalho identificou vários processos de benefícios de auxílio doença e aposentadoria por invalidez suspeitos, requeridos em Sergipe, mas cujos beneficiários eram originários de Salvador e região metropolitana.

Leia Mais
Back To Top