skip to Main Content
7 de abril de 2020 | 04:47 pm

ITABUNA: LÍDER DE FACÇÃO E ACUSADO DA MORTE DE COMERCIANTE É PRESO EM MINAS

Tempo de leitura: 2 minutos

Sandro Papel foi preso com documentos falsos e drogas em Minas Gerais

Uma operação que envolveu policiais civis da Bahia e de Minas Gerais levou à prisão de Sandro Ronaldo Borges da Silva, o Sandro Papel, de 40 anos. Apontado como um dos líderes da facção criminosa Raio A, Sandro Papel é acusado de mandar matar o comerciante Romualdo dos Santos Sobral, o Peu, no São Roque, em Itabuna. em setembro deste ano (relembre aqui).

Sandro Papel foi preso, nesta quarta-feira (16), em Belo Horizonte (MG), por agentes da Civil de Minas, com grande quantidade de drogas e documento falso, segundo a polícia.

Ele estava foragido da Justiça baiana há cerca de seis anos e é responsável, de acordo com a autoridade policial, por vários crimes em Itabuna e no sul da Bahia, dentre eles, tráfico e homicídios.

Os agentes da Polícia Civil em Itabuna descobriram a localização de Sandro Papel há mais de uma semana. A partir daí, começaram a planejar a prisão com o apoio da equipe de Operações Especiais da Civil mineira.

QUATRO MANDADOS DE PRISÃO

Somente em Itabuna, Sandro Papel possui em aberto quatro mandados de prisão por homicídio, além de responder por tráfico e associação para o tráfico de drogas, conforme a Polícia Civil.

Ele morava no Bairro Novo das Indústrias em Belo Horizonte, com esposa e filhos, de acordo com a investigação. Durante depoimento em Minas, conforme a Polícia Civil, ele negou participação em atividades criminosas, mas reconheceu que tinha problemas com a Justiça baiana.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Back To Top