skip to Main Content
25 de fevereiro de 2020 | 03:54 pm

MORADORES DO SUL E EXTREMO-SUL DA BAHIA JÁ PODEM ADOTAR CARTINHAS DO PAPAI NOEL

Tempo de leitura: 2 minutos

Lançada nesta segunda a campanha Papai Noel dos Correios|| Foto Rafael Passos

Os Correios lançaram, nesta segunda-feira (4), na Bahia e em outros 10 estados, além de Brasília, a edição 2019 da tradicional campanha do Papai Noel, que visa arrecadar presentes para crianças carentes. Na Bahia, o lançamento ocorreu pela manhã, na Agência Cidadela,na Avenida ACM, no Parque Bela Vista, em Salvador.

No sul, baixo-sul e extremo-sul do estado, os pontos de adoção da cantinhas e entrega dos presentes para as crianças são as agências da estatal em Itabuna, Itororó, Teixeira de Freitas, Caravelas e Valença. Em Itabuna, os presentes devem ser entregues até o dia 12 de dezembro, na agência central dos Correios, na Avenida J. S Pinheiro.

Em outras regiões do interior do estado, as doações para as crianças carentes também poder ser feitas nas cidades de Vitória da Conquista, Barreiras, Caetité, Guanambi, Conceição do Coité, Jacobina, Juazeiro, Alagoinhas, Feira de Santana e Santo Amaro.

Em Salvador, a adoção de cartas pode ser feita  nas agências os Correios de Amaralina, Boca do Rio, Brotas, CAB, Cabula, Central Salvador, Cidadela, Da Paz, Lauro de Freitas, Rio Vermelho, Shopping Paralela e Sumaré.  Na região metropolitana, as doações de presentes podem ser feitas nas agências de Camaçari e Simões Filho.

Durante a campanha os Correios receberão as cartinhas de crianças que enviaram seus pedidos diretamente ao Papai Noel e, também, de estudantes das escolas da rede pública (até o 5º ano do ensino fundamental) e de instituições parceiras, como creches, abrigos, orfanatos e núcleos socioeducativos.

MAIS DE 6 MILHÕES DE CARTAS

Em 2019, a maior ação de responsabilidade social dos Correios completa 30 anos de existência. Ao longo dessas três décadas, a campanha conseguiu atender ao pedido de mais de 6 milhões de cartinhas – muitas delas com histórias emocionantes de solidariedade. Essa corrente do bem une esforços de empresa, empregados e voluntários da sociedade para atender, dentro do possível, aos pedidos de presentes daqueles que se encontram em situação de vulnerabilidade social.

A campanha Papai Noel dos Correios nasceu pela iniciativa de alguns empregados que, durante a rotina de trabalho, recebiam cartinhas escritas por crianças destinadas ao Papai Noel, mas sem endereço. Sensibilizados, alguns deles resolveram adotar as cartinhas e enviar os primeiros presentes. Com o passar do tempo, a ação foi ganhando proporção na empresa e acabou se transformando em um projeto corporativo dos Correios.

COMO ACOMPANHAR A ENTREGA

A adoção pelos padrinhos é feita da mesma maneira em todo o Brasil: as cartinhas enviadas pelas crianças são lidas e selecionadas. Em seguida, são disponibilizadas na Casa do Papai Noel ou em outras unidades da empresa. As cartinhas do Papai Noel dos Correios ficam disponíveis apenas nos locais indicados no blog da campanha. E para que a empresa possa acompanhar as adoções e as entregas dos presentes, os padrinhos devem cadastrar o CPF ou CNPJ.

Os presentes são recebidos nos pontos de entrega divulgados pelos Correios que, posteriormente, realizam a distribuição.Não é permitida a entrega direta do presente e, para assegurar a observância desse critério, o endereço da criança nunca é divulgado ou informado ao padrinho. Acesse aqui para mais informações sobre a campanha.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Back To Top