skip to Main Content
24 de maio de 2020 | 10:44 pm

SECRETÁRIOS DE 22 MUNICÍPIOS COBRAM MELHORIA NO SERVIÇO DE SAÚDE DE ITABUNA

Tempo de leitura: 2 minutos

Atendimento na rede de alta e média complexidade de Itabuna é dramático

Secretários de municípios pactuados com Itabuna se reuniram, nesta quarta-feira (27), para debater a precariedade e dificuldade de acesso ao sistema de saúde. Eles também cobraram da Prefeitura de Itabuna mais transparência na gestão dos recursos que são repassados pelo Ministério da Saúde e melhoria nos serviços prestados pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Os secretários de saúde denunciaram que, mesmo tendo serviços contratados com o município de Itabuna, freqüentemente têm dificuldade em conseguir consultas e procedimentos médicos mais complexos para os moradores de seus municípios. Com cartazes, muitos deles cobraram respeito aos gestores da saúde em Itabuna.

Os secretários disseram que o serviço de saúde só tem piorado nos últimos anos. Segundo eles, mesmo com seus municípios pactuados, enfrentam muita dificuldade em conseguir vagas para internação e tratamento em Itabuna. Alguns relataram que a dificuldade de acesso ao serviço ocorre mesmo em casos de pessoas em estado mais grave.

Durante a reunião, eles lamentaram o episódio envolvendo um bebê de nove meses, do município de Pau Brasil, que morreu na última segunda-feira depois de esperar 40 minutos pelo atendimento médico em um hospital infantil no município. O secretário de saúde de Itabuna, Uildson Nascimento, respondeu parte dos questionamentos dos colegas de municípios vizinhos.

Participaram da reunião representantes de municípios como Almadina, Barro Preto, Coaraci, Pau Brasil, Itapé, Itajuípe, Santa Luzia, Mascote, Ibicaraí e Floresta Azul.

https://www.pimenta.blog.br/2019/11/25/mp-ba-deve-investigar-morte-de-bebe-que-ficou-40-minutos-na-porta-de-hospital/

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top