skip to Main Content
19 de abril de 2021 | 03:10 am

DOS CURSOS TÉCNICOS DO SENAI-BA PARA UM MUNDO DE OPORTUNIDADES

Tempo de leitura: 4 minutos

Contratado como mecânico de uma concessionária, Alexandre atribui peso à qualidade do SENAI Bahia || Foto Valter Pontes

Qualificação profissional de alta qualidade aliada à orientação
dos estudantes para o trabalho acelera acesso ao mercado.

Aluno do curso técnico em Manutenção Automotiva na unidade Dendezeiros, Alexandre Oliveira, 20, é só empolgação. Contratado como mecânico de uma concessionária, ele comemora seu primeiro emprego formal, em meio à lenta retomada econômica do país, e atribui um peso grande desta conquista à qualidade reconhecida do SENAI Bahia.

“A gente percebe que as empresas preferem contratar estudantes e ex-alunos do SENAI, pela qualidade de quem vem desta casa”, conta Alexandre. Ele destaca que, além de um conhecimento técnico atualizado, obtido com aulas teóricas e práticas, em ambientes montados com equipamentos de ponta, outro diferencial da instituição é o desenvolvimento de habilidades exigidas pelo mercado de trabalho industrial.
“Há um cuidado permanente com as normas de segurança, com a nossa conduta no ambiente industrial e com a postura profissional que precisamos desenvolver para termos bom desempenho no trabalho”, explica Alexandre.

O depoimento de Alexandre se conecta com o de quem recruta com frequência estudantes do SENAI. “Recentemente, contratei três. Além de terem uma ótima base técnica, são comprometidos e motivados a aprender com as novidades”, afirma Francisco Pinto, gerente geral de pós-vendas de um grupo que administra nove concessionárias de automóveis na Bahia.

A instituição, que faz parte do maior complexo de Educação da América Latina, forma profissionais para diversas áreas da indústria brasileira, desde 1942. Para isto, aposta em formatos educacionais diferenciados e inovadores, com experiências reais do dia a dia de trabalho de uma indústria.

Alunos desenvolvem projetos com simulação e programas de ponta || Foto Marcelo Gandra/Coperphoto/Sistema FIEB

JORNADA DE INOVAÇÃO

A partir de 2020, o SENAI-BA aposta no fortalecimento das atividades voltadas ao desenvolvimento da inovação e empreendedorismo em seus cursos, com a utilização de novas tecnologias, entre as quais Realidade Virtual e Realidade Aumentada. A instituição também está implantando laboratórios maker e investe em diversas atividades que estimulam, entre os estudantes, a resolução de problemas reais, como o Grand Prix de Inovação e Desafio SENAI de projetos Integradores, além de competições voltadas ao reconhecimento dos projetos desenvolvidos pelos alunos, como o Prêmio Theoprax.

A metodologia Theoprax, adotada do Instituto Fraunhofer, da Alemanha, pelo SEBAI-BA, há mais de dez anos, representa mais um diferencial na execução de soluções de alunos aplicadas na indústria. Ao caminhar junto com o avanço das tecnologias na área educacional, o SENAI passará a adotar, em seus cursos profissionalizantes, uma plataforma on-line de ensino que permite acompanhamento individualizado. O primeiro curso a ser oferecido de forma piloto por meio da ferramenta é o Técnico em Mecânica, com conteúdo desenvolvido pela Unidade de Inovação e Tecnologias Educacionais – ITED, do SENAI Bahia.

A tecnologia desenvolvida aqui será aplicada em outros estados. “Com este passo, o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial será a primeira instituição de educação profissional do país a utilizar uma plataforma de ensino adaptativo”, revela Rodrigo Vasconcelos, diretor do SENAI-BA.

Daniela Carneiro, do Senai, conquista medalha na Rússia || Foto José Paulo Lacerda

DE OLHO NA CHINA

Apaixonado por carros desde criança, Alexandre se encontrou com sua vocação profissional no Curso de Manutenção Automotiva, e já trabalha na sua área de interesse. A motivação o impulsionou a se “aplicar” nas disciplinas e, depois de uma bateria de avaliações, ele foi escolhido para representar a Bahia na seletiva nacional que definirá os competidores que vão representar o Brasil na WorldSkills 2021, torneio que acontecerá em Shangai, China. “É uma oportunidade imperdível! ”, comemora.

Na competição realizada este ano, em Kazan, na Rússia, os estudantes do SENAI-BA Daniela Carneiro, Ítalo Gonçalves e Edmilson Souza conquistaram a medalha de bronze nas ocupações em que competiram (Química e Mecatrônica, respectivamente). Foi a primeira participação da Bahia no torneio mundial de educação profissional e o aproveitamento foi total.

O Brasil fez bonito, mais uma vez, e ficou entre os países com a melhor educação profissional do mundo. A delegação brasileira de 63 jovens conquistou o terceiro lugar no ranking geral de pontos da WorldSkills, a olimpíada mundial de profissões técnicas.

Se não tivesse optado por um curso técnico no SENAI, Daniela, não teria alcançado esta vitória. Ela iniciou a graduação em Química numa instituição pública, mas sentiu necessidade de migrar para o Técnico em Química, para ter uma base prática mais sólida antes de começar a atuar no campo de trabalho. “E vejam onde cheguei. Treinamos muito para conquistar o pódio, e valeu a pena!”, celebra, orgulhosa.

FLEXIBILIDADE PARA SE FORMAR

Neste processo de inscrições para os cursos técnicos, são oferecidas 4.653 vagas, em 17 cursos diferentes, nas modalidades presencial e semipresencial. “Nesta segunda opção, o aluno pode acompanhar todo o curso num ambiente virtual de aprendizagem que dispõe de todos os recursos necessários, precisando comparecer à unidade escolhida uma vez por semana para fazer as aulas práticas”, explica a gerente de Educação Profissional do SENAI-BA, Patrícia Evangelista.

Outra novidade é o CREDItec – crédito educacional para os alunos dos cursos técnicos. Por meio da parceria com a Fundacred, o aluno paga 50% da mensalidade enquanto estuda. Já os outros 50% ele começa a pagar após a conclusão do curso, diretamente para a Fundacred. O estudante pode escolher quantos semestres ele quer contratar, de uma instituição com uma das mais baixas taxas de crédito educacional do país. ‘É mais uma forma de viabilizar a formação profissional e aumentar a competitividade dos alunos no mercado de trabalho”, afirma Rodrigo Vasconcelos.

Há vagas nos municípios de Alagoinhas, Barreiras, Camaçari, Feira de Santana, Ilhéus, Juazeiro, Lauro de Freitas, Luís Eduardo Magalhães, Salvador (Unidades: CIMATEC e Dendezeiros), Teixeira de Freitas, Serrinha e Vitória da Conquista. O edital com a lista completa de cursos, vagas disponíveis, valores das mensalidades para cada município e descontos, dentre outras informações, está disponível no site www.tecnicosenai.com.br.

Informe

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top