skip to Main Content
15 de maio de 2021 | 11:53 pm

RUI ANUNCIA SISTEMA DE RECONHECIMENTO FACIAL EM MAIS 77 CIDADES

Tempo de leitura: 2 minutos

Governador leu mensagem do Executivo durante abertura dos trabalhos da Alba

Durante a abertura dos trabalhos da Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), nesta segunda (3), o governador Rui Costa destacou série de investimentos realizados pela gestão estadual no último ano. Na mensagem, o gestor mencionou R$ 5,4 bilhões aplicados na área de segurança pública em 2019. O recurso foi utilizado para modernizar e melhor equipar as polícias, além da realização de concursos para contratação de novos policiais. Rui ainda pontuou que está em fase de publicação um edital para implantação do sistema de reconhecimento facial em 77 cidades baianas. Hoje, o sistema funciona em Salvador.

A descentralização e regionalização dos serviços de saúde foi outro ponto ressaltado. A previsão é de que, até o primeiro semestre de 2021, 25 policlínicas regionais de saúde estejam em funcionamento no estado. No início do próximo ano também será inaugurado o Hospital Metropolitano de Lauro de Freitas, que envolve um investimento de R$ 185 milhões.

Na área da educação, o governador enfatizou o investimento de R$ 464 milhões para reforma, construção e intervenções em mais de 150 escolas. Segundo ele, 60 novas unidades serão entregues até o fim do mandato. “O mesmo investimento arrojado que fizemos e estamos fazendo na saúde, nós estamos propondo fazer agora na educação. Por isso, no sábado [8], lançamos R$ 464 milhões em obras de escolas novas e ampliação e requalificação das escolas existentes”, disse Rui.

O presidente da Alba, Nelson Leal, destacou o compromisso do Poder Legislativo para mais um ano de trabalho. “A ideia é continuar com o ritmo intenso de trabalho e batendo todos os recordes de produção. Ano passado votamos 2,5 mil proposições e queremos que a Assembleia continue sendo a casa do povo. Para isso, trazemos o debate de todas as questões que atingem e afligem o povo baiano. E, além disso, vamos priorizar a votação de projetos oriundos dos parlamentares da Casa”.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top