skip to Main Content
28 de novembro de 2020 | 02:45 am

GESTORES TÊM ATÉ O DIA 20 DESTE MÊS PARA ENVIAR INFORMAÇÕES PARA O CENSO ESCOLAR

GESTORES TÊM ATÉ O DIA 20 DESTE MÊS PARA ENVIAR INFORMAÇÕES PARA O CENSO ESCOLAR
Tempo de leitura: 2 minutos

Encerra-se no próximo dia 20 o prazo para as escolas enviarem as informações sobre a aprovação, reprovação e abandono escolar dos alunos da educação básica. Escolas públicas e privadas, que já participaram da primeira etapa, devem informar os dados sobre os alunos para o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável por coordenar o levantamento.

Essa etapa da coleta de dados é chamada “Situação do Aluno”. Além das informações de rendimento dos estudantes, as unidades também devem encaminhar a movimentação dos alunos, isto é, se foram transferidos, deixaram de frequentar a escola ou faleceram, por exemplo.

O envio das informações é importante para o cálculo das taxas de rendimento dos alunos e do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), um dos instrumentos usados para acompanhar o cumprimento das metas do Plano Nacional de Educação (PNE). Os dados são, portanto, fundamentais para subsidiar a formulação de políticas públicas educacionais.

Para encaminhas as informações, o gestor responsável por cada escola deve acessar o Sistema Educacenso com a mesma senha utilizada na primeira fase do levantamento. Os dados devem considerar o relatado na primeira etapa da coleta do Censo Escolar em relação ao final do ano letivo de 2019.

A primeira etapa da coleta de dados é denominada “Matrícula Inicial”, em que são declaradas informações sobre escolas, gestores, turmas, alunos e profissionais escolares em sala de aula com base na realidade escolar do dia 29 de maio de 2019 (data de referência do Censo Escolar).

O Censo Escolar é o principal instrumento de coleta de informações da educação básica e o mais importante levantamento estatístico educacional brasileiro na área. O estudo é realizado em parceria com as secretarias estaduais e municipais de educação e com a participação de todas as escolas públicas e privadas do país. A pesquisa é indispensável para o acompanhamento da efetividade das políticas públicas.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top