skip to Main Content
2 de julho de 2020 | 12:21 pm

EMPRESA DE ÔNIBUS DEMITE CERCA DE 100 TRABALHADORES EM ILHÉUS

EMPRESA DE ÔNIBUS DEMITE CERCA  DE 100 TRABALHADORES EM ILHÉUS
Tempo de leitura: < 1 minuto

Na manhã desta terça-feira (24), quase 100 trabalhadores da empresa de ônibus Viametro foram surpreendidos com aviso de demissão. A viação, que opera o transporte coletivo de Ilhéus, alega que a medida drástica foi adotada por causa da crise causada pelo coronavírus.

Na noite de segunda-feira (23), motoristas e cobradores foram informados que deveriam comparecer à sede da empresa logo na manhã de hoje. Ao chegar, receberam um aviso com as explicações para o desligamento em massa.

No documento, a Viametro informa aos trabalhadores que, por motivos de força maior, alheios à vontade da empresa, e por causa das medidas restritivas impostas pelas autoridades que paralisaram o transporte público no município por conta da pandemia do coronavírus, estava encerrando os seus contratos.

Os trabalhadores ficaram ainda mais apreensivos porque a empresa informou que não pagará os 40% de FGTS a que eles têm direito. Os funcionários reclamam que as demissões vieram no momento em que mais precisam de recursos financeiros por causa da dificuldade gerada pelo coronavírus.

Esta publicação possui 3 comentários
  1. Exagero, em primeiro momento . Aqui em Salvador as primeiras medidas em uma das empresa que tem quase 5 mil funcionários a qual eu trabalho foi suspender o contrato de trabalho dos novatos e aposentados, pagando ticket alimentação, plano de saúde. Vejo a decisão como um grande oportunismo da empresa.

  2. A culpa não é da empresa, seu desinformado!!! Foi o governador quem proibiu os caras de trabalhar!!! Eles vão tirar dinheiro de onde pra pagar os funcionários?

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top