skip to Main Content
30 de novembro de 2020 | 01:39 pm

HRCC REFORÇA AS AÇÕES CONTRA A DISSEMINAÇÃO DO NOVO CORONAVÍRUS

HRCC REFORÇA AS AÇÕES CONTRA A DISSEMINAÇÃO DO NOVO CORONAVÍRUS
Tempo de leitura: 2 minutos

Com o objetivo de detalhar o atual panorama do novo coronavírus (COVID-19) no estado e repassar informações sobre cuidados e prevenção contra a doença, o Núcleo Hospitalar Epidemiologia (NHE) do Hospital Regional Costa do Cacau (HRCC), em Ilhéus,  intensificou as atividades periódicas para pacientes e acompanhantes, no Setor de Emergência.

Durante os encontros, os profissionais reforçam a importância da adoção das medidas de isolamento social e da manutenção do hábitos de higiene para reduzir a velocidade da disseminação do vírus. Além disso, são repassadas informações atualizadas sobre o número de casos confirmados na Bahia e os municípios que apresentam registros positivos para o novo coronavírus.

Os especialistas do NHE também aproveitam os encontros para explicar que a família do coronavírus já era conhecida dos cientistas, a exemplo do SARS-CoV e MERS-CoV. Eles lembram,  porém, que  o COVID-19 é uma nova variação notificada em 31 de dezembro passado pela Organização Mundial de Saúde (OMS) na China.

Outra informação repassada é que ninguém tem imunidade ao COVID-19 e todos devem tomar os devidos cuidados. Os profissionais de saúde destacam que os estudos de uma vacina para imunização contra a doença ainda está em fase de pesquisa pela área científica, em diversos países do mundo.

MEDIDAS PARA DIMINUIR O RISCO DE CONTÁGIO

De acordo com a enfermeira Indira Borges, coordenadora do NHE, orientações sobre uso de máscaras e quem deve usá-las são repassadas para as pessoas. “Explico que um dos usos mais adequados é colocar a máscara no paciente suspeito, assim diminuímos o risco de contágio gerado por gotículas”, conta.

Outra questão evidenciada por Indira Borges é o uso racional dos Equipamentos de Proteção Individual (EPIs). “Pelo aumento da procura desses insumos, existe a dificuldade para a aquisição. Uma máscara de fundamental proteção para profissionais de saúde, como a N95, não pode faltar, porque protege aquele que vai entubar um paciente em estado grave”, destaca.

Para o médico Almir Gonçalves, diretor assistencial do HRCC, o momento é de mobilização de forças contra o novo coronavírus. “Aqui no hospital, além de organizarmos estratégias, reforçamos higienização e adotarmos outros procedimentos para combater o COVID-19, cumprimos a missão de orientar pessoas para cuidados e prevenção contra a doença”, conclui.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top