skip to Main Content
27 de fevereiro de 2021 | 05:51 pm

SUL DA BAHIA TERÁ COMITÊ INTERINSTITUCIONAL DE RECUPERAÇÃO DE ATIVOS

SUL DA BAHIA TERÁ COMITÊ INTERINSTITUCIONAL DE RECUPERAÇÃO DE ATIVOS
Tempo de leitura: 2 minutos

O sul da Bahia ganhará, neste ano, uma unidade do Comitê Interinstitucional de Recuperação de Ativos (Cira). A instalação do comitê no município de Itabuna foi anunciada na quarta-feira (7), durante reunião realizada por meio de videoconferência com a participação da procuradora-geral de Justiça Norma Cavalcanti, dos secretários da Fazenda, Manoel Vitório, e de Administração, Edelvino Goes, dos desembargadores Lidivaldo Reaiche Britto e Maria de Lourdes Medauar e do procurador-geral do Estado Paulo Moreno.

Na reunião também foram debatidos assuntos como o planejamento do Cira para 2020 e os resultados alcançados no ano de 2019 pela força-tarefa e pelo grupo operacional cível. Segundo o coordenador Grupo de Atuação Especial de Combate à Sonegação Fiscal e aos Crimes contra a Ordem Tributária, Econômica, as Relações de Consumo, a Economia Popular e os Conexos (Gaesf), promotor de Justiça Hugo Casciano de Sant’Anna, a perspectiva de recuperação de ativos para os cofres públicos baianos neste ano é de R$ 195 milhões.

Além de secretários estaduais, procuradora-geral de justiça,participaram da reunião a procuradora-geral de Justiça Adjunta para Assuntos Jurídicos, Wanda Valbiraci; os promotores de Justiça Pedro Maia, chefe de Gabinete do MP-BA; Luís Alberto Vasconcelos, coordenador do Centro de Apoio Operacional de Segurança Pública e Defesa Social (Ceosp) e secretário-geral do Cira; Vanezza Rossi, Regional de Combate à Sonegação Fiscal de Camaçari; Cláudio Jenner, Feira de Santana; e Anderson Cerqueira, Vitória da Conquista.

Também participaram os promotores de justiça  Inocêncio Santana, Itabuna; Alex Santana Neves, Barreiras; o superintendente de Administração Tributária da Sefaz, José Luiz Santos Souza; Sheilla Meirelles, inspetora Fazendária da Sefaz; Fabio Alexsandro Bastos, assessor Especial da 2ª Vice-presidência do TJ;  Bianca Henkes, secretária Judiciária do TJ;  Leoncio Dacal, procurador do Estado; Nilton Gonçalves Filho, procurador do Estado; Gabriela Macedo, representante da Secretaria de Seguranla Pública (SSP); e Carollina Aragão Binda, analista Técnico-Jurídica do MP-BA.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top