skip to Main Content
25 de fevereiro de 2021 | 07:31 pm

ITAPETINGA: MULHER MORRE DE COVID-19 SEIS DIAS DEPOIS DA MÃE; “DOR É DEVASTADORA”, AFIRMA IRMÃ

ITAPETINGA: MULHER MORRE DE COVID-19 SEIS DIAS DEPOIS DA MÃE; “DOR É DEVASTADORA”, AFIRMA IRMÃ
Tempo de leitura: 2 minutos

Uma servidora pública de 67 anos e a filha de 38 faleceram vítimas do novo coronavírus (Covid-19) em Itapetinga, no médio sudoeste da Bahia. Os óbitos ocorreram em um intervalo de apenas seis dias. “Essa dor é devastadora”, afirma uma das filhas de Maria da Glória Santos.

Maria da Glória foi servidora do município por 30 anos. Faleceu no último dia 3, cinco dias depois de ser internada no Hospital das Clínicas de Conquista (HCC), em Vitória da Conquista. De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde (Sesab), Maria da Glória tinha hipotireoidismo.

Seis dias depois, a família da servidora pública foi atingida por uma segunda perda. Lidiane Moreira estava internada desde o dia 25, também no HCC, após chegar à UPA de Itapetinga com dificuldades para respirar, febre, tosse, dor de garganta, fraqueza e perda de apetite.

“Os sintomas tinham começado no dia 18 e desde então a doença vinha se agravando”, informou a Prefeitura de Itapetinga, por meio de nota. O resultado do teste de Lidiane – positivo – saiu somente no dia 3, dia em que a mãe faleceu.

“FIQUEM EM CASA”

Ontem (90, seis dias após conhecido o resultado do teste, Lidiane faleceu. Por meio de uma rede social, uma das irmãs agradeceu as orações para Lidiane e para a mãe e deu um conselho a todos em comentário a uma nota do município no Instagram. “Praticamente em menos de uma semana perdi minha mãe e minha irmã. Obrigada pelas orações. Fiquem em casa. Essa dor é devastadora. Ainda não consigo acreditar”.

UTI

Município com população estimada em 76,1 mil habitantes, Itapetinga tem 31 casos confirmados do novo coronavírus, com 4 óbitos. Os quatro últimos registros ocorreram na segunda-feira passada.

Até agora, não conta com Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Os casos mais graves são encaminhados para Vitória da Conquista, a cerca de 100 quilômetros de distância. Há poucos dias, o município abriu uma unidade exclusiva para pacientes com sintomas da Covid-19.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top