skip to Main Content
24 de novembro de 2020 | 06:16 pm

EQUIPE DE HOSPITAL ITABUNENSE RELATA SUCESSO EM PARTO DE MULHER COM A COVID-19

EQUIPE DE HOSPITAL ITABUNENSE RELATA SUCESSO EM PARTO DE MULHER COM A COVID-19
Tempo de leitura: < 1 minuto

Uma equipe do Hospital Manoel Novaes realizou um parto que exigiu cuidados ainda maiores por causa da situação envolvendo a paciente, que testou positivo para o novo coronavírus. O procedimento foi realizado, com sucesso, na última sexta-feira (26) na unidade que é referência em ginecologia e obstetrícia, neonatologia de alto risco e pediatria cirúrgica.

Pesando 2 quilos e 860 gramas, a menina nasceu depois de uma cesariana que durou uma hora e meia, sem maiores complicações. Após a conclusão do procedimento, mãe e filha ficaram internadas em leito de isolamento Covid-19. A paciente, de 33 anos, do baixo-sul da Bahia, e a criança receberam alta no último domingo (28), e devem seguir as medidas de isolamento, conforme protocolo para casos covid-19.

O parto foi realizado pela equipe formada pelos médicos John Leahy Filho e Katiana Três, além do anestesista Zacarias Figueiredo, a instrumentadora Irenildes Batista (Dina), a enfermeira obstetra Renata Marques e as técnicas Pollyana Monção, Camila Silva e Milena Nascimento.

DESAFIO MAIOR

A diretora técnica do Hospital Manoel Novaes, a médica Fabiane Chávez, explica que, embora a unidade não tenha sido credenciada para parto de paciente positivada para o novo coronavírus, destinou leitos exclusivos para esse tipo de atendimento específico, desde que reguladas pela Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab). “Temos uma estrutura que possibilita a realização do atendimento com segurança”, afirma.

De acordo com a médica, a cirurgia cesariana é sempre desafiadora, mas os casos envolvendo pacientes com teste positivo para Covid-19 requerem um cuidado ainda maior. Mas, afirma, tudo ocorreu como planejado.

AMAMENTAÇÃO

A enfermeira obstetra Renata Marques destaca que, para evitar a contaminação dos recém-nascidos, em casos de pacientes que testam positivo, a amamentação só é autorizada depois de um rigoroso processo de higienização feita nas mães.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top