skip to Main Content
29 de novembro de 2020 | 01:08 am

BAHIA: GOVERNO IMPÕE TOQUE DE RECOLHER EM 14 MUNICÍPIOS

BAHIA: GOVERNO IMPÕE TOQUE DE RECOLHER EM 14 MUNICÍPIOS
Tempo de leitura: 2 minutos

Decretos publicados no Diário Oficial do Estado (DOE) deste sábado (4) estabelecem toque de recolher em mais 11 municípios baianos. Adotada pelo Governo do Estado, a medida busca conter o avanço da contaminação pelo novo coronavírus no interior da Bahia. Os 11 municípios somam-se a Itabuna, Itaberaba e Itapetinga, que estão sob restrição de locomoção desde as 18h de ontem (3).

Nos municípios de Camaçari, Candeias, Conde, Dias D’Ávila, Itaparica, Lauro de Freitas, Madre de Deus, São Francisco do Conde, São Sebastião do Passé e Simões Filho fica estabelecida a restrição de locomoção noturna, vedados a qualquer indivíduo a permanência e o trânsito em vias, equipamentos, locais e praças públicas, das 18h às 5h. O decreto passa a vigorar a partir do domingo (5) e tem validade até o dia 12 de julho.

Ainda nessas 9 cidades da Região Metropolitana de Salvador (RMS) e em Conde fica autorizado, das 5h às 17h, somente o funcionamento dos serviços essenciais e, em especial, as atividades relacionadas ao enfrentamento da pandemia, o transporte e o serviço de entrega de medicamentos e demais insumos necessários para manutenção das atividades de saúde, as obras em hospitais e a construção de unidades de saúde.

CORRENTINA

Já no município de Correntina, outro decreto estadual estabelece o toque de recolher a partir deste sábado (4) e tem validade até o dia 10 de julho. Na cidade do oeste baiano, a restrição também será entre 18h e 5h.

Tanto em Correntina quanto nas cidades da RMS ficam fora da vedação o deslocamento noturno para ida a serviços de saúde ou farmácia, para compra de medicamentos, ou situações em que fique comprovada a urgência.

A restrição não se aplica aos servidores, funcionários e colaboradores, no desempenho de suas funções, que atuam nas unidades públicas ou privadas de saúde. A Polícia Militar da Bahia (PM-BA) apoiará as medidas necessárias adotadas pelos municípios.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top