skip to Main Content
16 de maio de 2021 | 12:00 am

MÉDICO ALERTA PARA SINTOMAS E DIAGNÓSTICO PRECOCE DE CÂNCER DE CABEÇA E PESCOÇO

MÉDICO ALERTA PARA SINTOMAS E DIAGNÓSTICO PRECOCE DE CÂNCER DE CABEÇA E PESCOÇO
Tempo de leitura: 2 minutos

De acordo com a Associação de Câncer de Boca e Garganta (ACBG), uma das dificuldades no tratamento de câncer de cabeça e pescoço é o diagnóstico tardio, que ocorre em 60% dos casos e pode comprometer a qualidade de vida do paciente. Especialista no assunto, o médico Lincoln Warley Ferreira, que integra a equipe da Santa Casa de Misericórdia de Itabuna, explica que quanto mais cedo a descoberta dos tumores, maiores são as chances de evitar sequelas funcionais e psicológicas.

O médico cirurgião de cabeça e pescoço é uma das referências na Bahia. Segundo ele, os estudos mostram que o consumo excessivo de álcool e o tabagismo são os maiores fatores de risco para o câncer de cabeça e pescoço. “O hábito de fumar e o uso excessivo de bebidas alcoólicas estão diretamente relacionados aos tumores de boca, faringe e laringe”, afirma.

Nos últimos anos, afirma Lincoln, houve aumento de casos também relacionados ao HPV (papilomavírus humano), doença transmitida na prática do sexo oral sem uso de preservativo. “O HPV é considerado um fator emergente em câncer de cabeça e pescoço, principalmente para tumores de faringe. Em países como os Estados Unidos, o HPV é o principal fator para surgimento do câncer de faringe. Mas aqui, no Brasil, os maiores causadores de cânceres ainda são o cigarro e o álcool”, explica.

SINAIS DE CÂNCER

Outro causador de câncer de cabeça e de pescoço é a exposição ao sol por muito tempo. Por isso, deve-se evitar a exposição, sobretudo no período das 10h às 16h. Independente do horário, a pessoa deve usar o filtro solar. Os sinais de câncer de cabeça e de pescoço são ferida na boca que demora a cicatrizar, rouquidão e nódulo no pescoço. “A pessoa com esses sintomas deve procurar um especialista para que os sinais sejam investigados o mais rápido possível”, orienta o médico.

Diagnóstico precoce é importante para sucesso no tratamento deste tipo de câncer

O médico esclarece que o primeiro exame para possível detecção da doença, sem dúvida, é o olhar de um profissional, principalmente se o paciente tiver uma ferida que persiste por mais de 15 dias. “Caso suspeite de que a lesão seja maligna, deve ser feita biópsia. Coleta-se um fragmento e envia para ser diagnosticado. Em laringe existe o indicativo da rouquidão por um período de 15 dias”, diz.

EVITE FUMAR

No caso do câncer de boca e área digestiva, assegura Lincoln, a melhor prevenção é não fumar nem consumir bebidas alcoólicas em excesso. Deve, ainda, ter uma alimentação saudável, rica em frutas e verduras, e praticar atividades físicas.

No sul da Bahia, a Santa Casa de Misericórdia de Itabuna é referência no tratamento de câncer, com oferta de serviços especializados em oncologia. A instituição disponibiliza serviços de radioterapia, quimioterapia, além de cirurgia oncológica.

Segundo o Instituto Nacional do Câncer (Inca), o Brasil registra cerca de 41 mil novos casos de câncer de cabeça e pescoço a cada ano. Na próxima segunda-feira (27) será celebrado o Dia Mundial de Prevenção do Câncer de Cabeça e Pescoço.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top