skip to Main Content
29 de setembro de 2020 | 01:22 pm

ITABUNA: JUSTIÇA ATENDE MP-BA E DETERMINA FECHAMENTO DE COMÉRCIO NÃO ESSENCIAL

ITABUNA: JUSTIÇA ATENDE MP-BA E DETERMINA FECHAMENTO DE COMÉRCIO NÃO ESSENCIAL
Tempo de leitura: < 1 minuto

O juiz da Vara da Fazenda Pública de Itabuna, Ulisses Maynard, determinou o fechamento do comércio não essencial do município, a partir desta terça-feira (28), quando o município completa 110 anos. O magistrado atendeu a pedido do Ministério Público Estadual (MP-BA), que cobra apresentação do plano de reabertura e aponta manutenção do ritmo de crescimento dos casos de covid-19 e de mortes provocadas pela doença.

A reabertura, conforme a decisão, somente poderá ocorrer quando a média dos últimos 14 dias apontarem queda do número de óbitos e queda dos casos de covid-19 no somatório de 21 dias. Nos últimos dias, o município tem ficado com, no máximo, dois leitos de UTI disponíveis para vítimas da doença.

Pela decisão, as igrejas e templos religiosos não poderão reunir mais que 50 pessoas, independente do espaço. O comércio considerado não essencial reabriu no último dia 9.

Este post tem um comentário
  1. Acredito que não seria necessário o fechamento do comércio porque sabemos que irá continuar funcionando clandestinamente, como sempre, por falta de fiscalização. O que me preocupa é o avanço para a dita fase 3 com reabertura das academias, bares e restaurantes.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top