skip to Main Content
13 de maio de 2021 | 12:13 pm

PARA A SESAB, BAHIA JÁ TEM 165,9 MIL CURADOS DA COVID-19

PARA A SESAB, BAHIA JÁ TEM 165,9 MIL CURADOS DA COVID-19
Tempo de leitura: < 1 minuto

Com um critério que ignora o estado de saúde do paciente, mas o período de início de sintomas, a Secretaria Estadual de Saúde (Sesab) considera que a Bahia já possui 165.984 recuperados do novo coronavírus (Covid-19). O cálculo adotado pela Sesab considera curado o paciente que já esteja no 15º dia após início dos sintomas da doença.

Ainda pelos critérios da Sesab, existem apenas 13.917 pacientes em recuperação (casos ativos) no estado desde o início da pandemia. No período, 3.789 pessoas faleceram de covid-19, conforme o boletim divulgado por volta das 17h desta quarta (6).

O PIMENTA apontou ao secretário estadual da Saúde, Fábio Vilas-Boas, que essa metodologia da Sesab resulta em número de curados mais baixo que os divulgados pelos municípios, a exemplo de Itabuna. Ele reconheceu que há divergência:

– Tem havido divergências entre a metodologia de cálculo de recuperados definida pela Sesab e Ministério da Saúde, com as que são utilizadas por alguns municípios. Determinei ontem que a Divep alinhe com cada um deles para eliminar essa divergência – respondeu Vilas-Boas.

NAS ÚLTIMAS 24 HORAS

Conforme a Sesab, o estado confirmou 3.953 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +2,2%), 53 óbitos (+1,4%) e 3.146 curados (+1,9%). Os casos confirmados ocorreram em 411 dos 417 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (33,49%).

Os municípios com os maiores coeficientes de incidência da covid-19 por 100.000 habitantes foram Almadina (4.154,47%), Dário Meira (4.005,60%), Gandu (3.647,81%), Itajuípe (3.596,70%) e Ipiaú (3.333,12%). Os cinco municípios são do sul da Bahia.

boletim epidemiológico contabiliza ainda 360.125 casos descartados e 82.843 em investigação até as 17 horas desta quinta-feira (6). E subiu para 16.203 o total de profissionais da saúde confirmados com a Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top