skip to Main Content
11 de maio de 2021 | 04:23 pm

UBAITABA: JUSTIÇA SUSPENDE LIMINAR FAVORÁVEL A BÊDA

UBAITABA: JUSTIÇA SUSPENDE LIMINAR FAVORÁVEL A BÊDA
Tempo de leitura: < 1 minuto

Asclepíades de Almeida Queiroz, Bêda (MDB), sofreu derrota judicial, nesta segunda (21), que pode inviabilizar a sua candidatura a prefeito de Ubaitaba, no sul da Bahia. O juiz Antônio Carlos Rodrigues Moraes, da Comarca de Ubaitaba, suspendeu liminar que suspendia a rejeição de contas de 2014 do ex-prefeito.

As contas de Bêda relativas ao exercício de 2014 foram rejeitadas pela Câmara em 2017, mas o ex-prefeito havia conseguido suspender o decreto legislativo que o deixou inelegível. O teor da decisão foi publicado pelo site Políticos do Sul da Bahia. O juiz Antônio Carlos Rodrigues reforça ocorrência de fatos “estranhos” no processo. A liminar caiu depois de recurso do Ministério Público do Estado (MP-BA).

Ainda na decisão, o magistrado determina citação à Câmara de Vereadores, porém sem indicar o nome do presidente do legislativo, mas um substituto imediato, pois o vereador Ismaile Mota teve o nome homologado como candidato a vice-prefeito na chapa de Bêda em 2020.

BÊDA INTIMADO

A nova liminar que pode tirar Bêda do processo sai após o juiz Gustavo Teles Veras Nunes, da 73ª Zona Eleitoral, em Ubaitaba, intimar o ex-prefeito a apresentar toda a documentação exigida para registro de candidatura. O magistrado observou na intimação que Bêda apresentou documentação incompleta para registro de candidatura e deu prazo de 72 horas para suprir as falhas, a contar do último dia 16.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top