skip to Main Content
25 de fevereiro de 2021 | 12:38 pm

GERALDO CITA PARCERIA COM RUI COSTA PARA GERAR EMPREGO E RENDA EM ITABUNA

GERALDO CITA PARCERIA COM RUI COSTA PARA GERAR EMPREGO E RENDA EM ITABUNA
Tempo de leitura: 2 minutos

Geraldo, ao centro, com Sodré (à esquerda) e Jairo durante live

Geraldo Simões (PT) se comprometeu a implementar amplo programa de geração de emprego, com destaque para comércio, indústria e serviços, em Itabuna, caso eleito. A promessa foi feita durante live do candidato a prefeito de Itabuna com o secretário de Organização do Sindicato dos Trabalhadores na Indústria da Alimentação (SindAlimentação), Eduardo Sodré, nesta terça-feira (3).

Ressaltando a importância da parceria com o governador Rui Costa para geração de emprego e renda, Geraldo afirmou que já tem entendimentos com Governo Estadual para que Itabuna tenha uma compensação por causa da perda de indústrias no município. “As empresas querem isenção de impostos e é o governador quem escolhe as cidades aonde elas vão se instalar. Nós vamos colar em Rui Costa para que Itabuna seja candidata para receber essas indústrias”.

Geraldo afirma que vai utilizar as relações que tem com o senador Jaques Wagner e o governador Rui Costa, para trazer o Porto Seco, coletar 100% do esgoto e tratar 100% água e pavimentar as ruas com asfalto de qualidade. “Está na hora da gente reverter esse declínio e ajudar Itabuna a dar a volta por cima”, afirmou.

Para Jairo Araújo, candidato a vice-prefeito, Itabuna necessita de uma gestão que trate os problemas da cidade, que são muitos, mas que também construa oportunidades e alternativas de emprego e renda. Geraldo pontuou que Itabuna está com apenas 22% de trabalhadores com a carteira assinada, destacando que é 81ª cidade no estado da Bahia com trabalhadores registrados.

Ele criticou a desativação da fábrica da Nestlé na cidade e alertou que acarretará um aumento do número de desempregados com carteira assinada, próprios como também dos terceirizados. “Além do empobrecimento das pessoas, isso diminui a arrecadação da prefeitura”.

NESTLÉ

Eduardo Sodré detalhou a atual situação da indústria Nestlé e salientou a sua importância para o município. “A Nestlé foi instalada no ano de 1979, com uma planta de processamento de cacau e uma planta de processamento de leite em pó. As duas fábricas chegaram a absorver um contingente de 1.500 trabalhadores. Seu auge foi nos anos 80 e 90, com o processamento de um milhão de litros de leite por dia”.

Ele enfatiza que a fábrica foi desativada por conta da suspensão dos incentivos fiscais. “Acionamos o vereador Jairo Araújo, que nos ajudou com audiências junto às secretárias da Indústria e Comércio e do Emprego e Renda do Estado. Buscamos fazer com que a sociedade encampasse a luta #FicaNestle. Mas, infelizmente não tivemos apoio do prefeito”, concluiu.

Este post tem um comentário
  1. ANOTA AÍ: Geraldo não terá CINCO MIL votos nessas eleições.
    O povo itabunense já o conhece e nunca mais voltará a cair em suas lorotas.
    Ele já deve se dar por satisfeito, por ainda não ter sido preso.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top