skip to Main Content
9 de março de 2021 | 07:01 am

VIOLÊNCIA NO SÁBADO À NOITE: CANTOR DE SOFRÊNCIA E MOTORISTA DE APLICATIVOS ENTRE OS MORTOS

VIOLÊNCIA NO SÁBADO À NOITE: CANTOR DE SOFRÊNCIA E MOTORISTA DE APLICATIVOS ENTRE OS MORTOS
Tempo de leitura: 2 minutos

A violência sem tréguas fez novas vítimas na noite de sábado, dia 19, em Itabuna, Camacan e Pau Brasil.

O motorista de aplicativo Julian Mendonça foi assassinado em frente ao colégio municipal, na Rua Bandeirantes, no bairro Ferradas em Itabuna, na noite deste sábado, dia 19, por volta das 23 horas. Ele seria residente no bairro de Fátima.

Antes, a vítima estava consumindo bebidas alcoólicas em um bar próximo ao local onde foi morto. Quando entrou no carro de placas JRG-6528, licenciado em Porto Seguro, para ir embora, Julian foi retirado por um grupo de homens.

Ele foi espancado, apedrejado e assassinado com requintes de crueldade. Seu rosto teria ficado desfigurado, tal a brutalidade do crime.

A Polícia Militar foi chamada, isolou a área do crime e acionou o Departamento de Polícia Técnica para o levantamento cadavérico. O fato será investigado pela Polícia Civil.

Em Jacareci, distrito de Camacan, o cantor Igor Santana Santos, foi assassinado a tiros por dois homens que estavam a bordo de uma moto.

A vítima bebia em um bar de propriedade do sogro, quando foi atacada com vários disparos de arma de fogo.

Igor ainda conseguiu correr por cerca de 40 metros, mais caiu em frente a uma padaria, foi alvejado novamente pelos atiradores.

Há um ano, em 13 de dezembro de 2019, Igor foi preso em Itabuna com arma, drogas e um veículo que teria sido utilizado na morte de um adolescente no bairro Conceição.

O corpo de Igor foi removido do distrito de Camacan por peritos criminais para o Departamento de Polícia Técnica de Itabuna, onde será feita a necropsia com a emissão de laudo cadavérico que será anexado ao inquérito aberto pela Polícia Civil de Camacan.

Na BA-120, que Pau Brasil a Itaju do Colônia, Vanilson dos Santos Silva, 27 anos, foi morto com um tiro na cabeça. O corpo da vítima foi encontrado no Km 6. Um irmão e um primo de Vanilson, estiveram no local e disseram para Polícia que a vítima não tinha envolvimento com a criminalidade.

Vanilson portava mochila com alguns objetos pessoais e documento de identificação. Peritos fizeram o levantamento cadavérico fazendo traslado do corpo para o Departamento de Polícia Técnica de Itabuna para os procedimentos criminais..

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top