skip to Main Content
7 de março de 2021 | 09:15 am

SÉRIE B: VITÓRIA PERDE PARA O CSA E FICA PERTO DA ZONA DE REBAIXAMENTO

SÉRIE B: VITÓRIA PERDE PARA O CSA E FICA PERTO DA ZONA DE REBAIXAMENTO
Tempo de leitura: 2 minutos

Jogando na noite desta terça-feira (22), em Alagoas, pela série B do Campeonato Brasileiro, o Vitória foi presa fácil para o CSA, que venceu a partida por 3 a 0. O  jogo foi válido pela 31ª rodada da competição. O resultado deixou o rubro-negro baiano com 36 pontos, quatro a mais que o Paraná Clube, que fecha a zona de rebaixamento.

Para complicar ainda a vida do Vitória, o time paranaense ainda entrará em campo pela rodada. A partida está marcada para a próxima segunda-feira (28), contra a líder Chapecoense, na Arena Condá. A Chape tem 57 pontos e está cada vez mais perto da primeira divisão.

O CSA precisou de apenas uma chance para abrir o placar no Rei Pelé. Logo aos quatro minutos, Rodrigo Pimpão fez o levantamento e achou Rafael Bilu livre, na segunda trave. O atacante dominou bonito e bateu para o fundo das redes. Dez minutos depois, o time da casa teve a chance do segundo com Paulo Sérgio.

AMPLIOU AINDA NO PRIMEIRO TEMPO

A resposta do Vitória veio em chute de fora da área de Dudu, que percebendo o goleiro adiantado mandou para o gol, mas viu a bola passar rente ao travessão. Na sequência, o time alagoano voltou a assustar, em duas finalizações de Rodrigo Pimpão. Mas foi Rodolfo Filemon, aos 43, que ampliou a contagem. Nadson cobrou escanteio fechado, Yuri fez a defesa parcial e o zagueiro chegou para completar.

Na volta do intervalo, o CSA marcou o terceiro, aos 14 minutos. Nadson aproveitou uma bobeira da defesa adversária, deixou a marcação para trás e chutou colocado sem chances para o goleiro. Com o domínio das ações, a equipe alagoana por pouco não fez mais um com Paulo Sérgio e Yago.

O primeiro acertou o travessão, enquanto o segundo passou perto. Correndo atrás do prejuízo, o Leão tentou com Léo Ceará, Rafael Carioca e Thiago Lopes, mas não conseguiu tirar o zero do marcador.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top