skip to Main Content
11 de maio de 2021 | 05:22 pm

PROFESSOR DA UESC É SELECIONADO MENTOR DA WORLD TRIATHLON

PROFESSOR DA UESC É SELECIONADO MENTOR DA WORLD TRIATHLON
Tempo de leitura: < 1 minuto

O professor Alberto Kruschewsky, da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), em Ilhéus, foi novamente selecionado para mentor da World Triathlon. Lotado no Departamento de Ciências da Saúde, curso de Educação Física, o professor é oficial técnico de Triathlon.

Alberto vai se juntar a Rodrigo Milazzo, gerente do Alto Rendimento Triathlon Brasil, em um trabalho voluntário a fim de promover o desenvolvimento dos profissionais do esporte. A mentoria busca o desenvolvimento e capacitação de pessoas que possam transformar o esporte mundialmente.

“Com certeza, o fato de ter sido contemplado com outros quatro Oficiais Técnicos selecionados, entre os 10 brasileiros que atuaram na última Olimpíada e Paralimpíada, a nossa atuação não deve ter passado em branco”, disse “Beto” Kruschewsky.

“Estamos muito contentes em constatar que o professor Beto, valorizado pelo Triathlon Brasil no desenvolvimento interno da modalidade, através de capacitação de recursos humanos, está sendo reconhecido pela maior entidade do Triathlon mundial”, reconhecem diretores do World Triathlon.

O Programa Mundial de Mentoria de Triathlon foi elaborado para aumentar e manter o número de mulheres e pessoas com deficiência em funções de liderança em coaching, arbitragem técnica e governança no triathlon. Também busca desenvolver as habilidades de treinadores masculinos e femininos, oficiais técnicos e administradores/líderes com real potencial para fazer uma diferença significativa no triatlo em suas próprias federações e continentes.

O programa opera nas cinco Confederações Continentais preparando um grupo de mentores voluntários treinados para apoiar indivíduos que mostraram potencial real para serem a próxima geração de líderes do esporte. A Mentoria é propositadamente desenhada para aumentar os grupos sub-representados no triathlon, nomeadamente mulheres, pessoas com deficiência e as de federações nacionais em desenvolvimento

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top