skip to Main Content
19 de abril de 2021 | 02:53 am

RUI ANUNCIA TOQUE DE RECOLHER NA BAHIA PARA TENTAR REDUZIR CONTAMINAÇÃO

RUI ANUNCIA TOQUE DE RECOLHER NA BAHIA PARA TENTAR REDUZIR CONTAMINAÇÃO
Tempo de leitura: 2 minutos

Numa tentativa de reduzir a velocidade de transmissão do novo coronavírus,  o governador Rui Costa anunciou, nesta terça-feira (16),  adoção de toque de recolher na Bahia a partir da próxima sexta-feira (19). Inicialmente, a medida valerá das 22h às 5h da manhã, durante sete dias, e deixa de fora apenas as regiões de Jacobina, Irecê e oeste, que  que apresentam os três menores índices de ocupação de leitos de UTI para Covid-19.

De acordo com o governador, o toque de recolher visa evitar aglomerações  em bares, restaurantes, casas de eventos, paredões ou qualquer outro tipo de festa que reúna muitas pessoas.  Essas aglomerações foram registradas nos últimos dias em cidades como Ilhéus, Itacaré, Porto Seguro, Salvador e Feira de Santana.

Rui afirmou que, com essas medidas, espera salvar vidas e contar com um número maior de leitos para pacientes. “Precisamos conter a taxa de crescimento de contaminação. Quero fazer um apelo especial a todos os prefeitos e prefeitas para que nos ajudem nessa mobilização. Precisamos de toda a sociedade mobilizada para que a gente consiga conter o avanço do coronavírus e suas novas variantes no estado da Bahia”.

Rui afirmou ainda que, para a volta às aulas, três critérios precisam ser obedecidos: a redução do número de casos ativos, a diminuição do número de óbitos e a queda das taxas de ocupação de leitos. “Definimos que esses critérios são os requisitos mínimos necessários para que possamos ter um retorno sem colocar em risco a vida de nossos professores, pais, alunos e todos os seus familiares”, concluiu.

A declaração do governador seguiu uma apresentação de técnicos da Sesab mostrando que a Bahia alcançou uma taxa de 74% de ocupação dos leitos de UTI dedicados para atender pacientes com casos mais graves de Covid-19.

“Os dados indicam um risco real de colapso do sistema de saúde e consequente aumento na mortalidade. Nesse momento, apenas medidas de distanciamento social mais severas minimizarão as altas taxas de transmissão do vírus”, explicou o secretário da Saúde, Fábio Vilas-Boas. Atualizado às 19h31.

Este post tem um comentário
  1. Otima decisão, mas creio que será necessário medidas mais duras, a partir das 19 horas seria o ideal, demorou muito para publicar medidas, creio que a vida está acima de qualquer fator econômico.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top