skip to Main Content
14 de abril de 2021 | 12:50 am

ANO LETIVO 2020/2021 NAS ESCOLAS ESTADUAIS TERÁ TRÊS ETAPAS E SE ENCERRA EM DEZEMBRO

ANO LETIVO 2020/2021 NAS ESCOLAS ESTADUAIS TERÁ TRÊS ETAPAS E SE ENCERRA EM DEZEMBRO
Tempo de leitura: 2 minutos

A diretora do Núcleo Territorial de Educação (NTE 5), Rosilene Vila Nova Cavalcante (Leninha), detalhou, na noite desta quarta-feira (24), durante transmissão ao vivo para jornalistas e radialistas do sul da Bahia, o ano letivo 2020/2021. Os estudantes terão seis horas diárias de aula, de segunda a sábado. O ano letivo começa no dia 15 de março, inicialmente, na modalidade remota.

Leninha Vila Nova, diretora do NTE 5

Mas, de acordo com a diretora do NTE 5, além de conteúdos online, será disponibilizado material físico para os alunos sem condição de acesso à internet. Leninha esclareceu ao PIMENTA que os estudantes também poderão dirigir-se às escolas para impressão do material didático.

Os estudantes terão acesso a material composto por livros didáticos e cadernos de apoio à aprendizagem, que serão entregues nas escolas, em horário agendado para evitar aglomeração. O conteúdo virtual será disponibilizado no Educa Bahia, um novo canal da TV Educativa. Quem tem acesso à internet contará com aulas de reforço via Whatsapp e nas salas virtuais do Google.

Leninha explicou que os professores estão mobilizando os pais e/ou responsáveis para que 40 mil estudantes dos 26 municípios do Território de Identidade do Litoral Sul retornem às atividades. Ainda não foi definido de qual forma os estudantes da rede estadual terão o conhecimento avaliado.

TRÊS FASES NO ANO LETIVO 2020/2021

A Lei Federal 14.040 estabelece que os estudantes terão dois anos letivos contínuos. Até o dia 29 de dezembro, os anos de 2020 e 2021 serão realizados com 1.500 horas aula, num período de 228 dias letivos e aulas de segunda à sábado.

Serão três fases de atividades escolares. Após a etapa 100% remota, será a vez da fase híbrida, com três dias da semana de aulas remotas e outros três de aulas presenciais e, por fim, a retomada das aulas 100% presenciais.

A matrícula dos alunos que já fazem parte da rede estadual de ensino será automática, ou seja, não será preciso se dirigir às unidades escolares ou fazer atualização cadastral via internet. Para os estudantes que irão ingressar na rede estadual, uma pré-matrícula será feita a partir do dia 15 de abril, também de forma virtual. Um calendário específico está em fase de elaboração e será divulgado em breve, informou a Secretaria Estadual de Educação.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top