skip to Main Content
23 de junho de 2021 | 02:07 am

UFSB OBTÉM NOTA MÁXIMA NO IGC E UESC ATINGE CONCEITO 4

UFSB OBTÉM NOTA MÁXIMA NO IGC E UESC ATINGE CONCEITO 4
Tempo de leitura: < 1 minuto

As duas universidades públicas sul-baianas obtiveram bom desempenho no Índice Geral de Cursos (IGC) relativo ao período 2017 a 2019. O IGC é divulgado anualmente pelo Ministério da Educação, por meio do Instituto de Estudos e Pesquisas Anísio Teixeira. A Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB), fundada em 2014, obteve conceito máximo (5), enquanto a Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) atingiu 4 numa escala que vai de 0 a 5.

A avaliação considera a média do Conceito Preliminar de Curso (CPC) a cada triênio, a distribuição de alunos entre graduação e pós-graduação e as notas dos programas de pós-graduação de cada instituição. A nota de um curso no CPC representa o valor agregado pelo processo formativo e em insumos referentes às condições de oferta – corpo docente, infraestrutura e recursos didático-pedagógicos.

Além da UFSB, que tem reitoria em Itabuna, apenas outras 45 instituições obtiveram esse conceito máximo, com doze universidades federais nessa lista. Além de Itabuna, a instituição possui campi em Porto Seguro e Teixeira de Freitas.

Para a reitora, professora Joana Angélica Guimarães da Luz, o resultado mostra o valor do trabalho desenvolvido pelas equipes em cada campus e na reitoria. Segundo a gestora, a nota máxima do IGC representa a consolidação dos cursos, incluindo os de segundo ciclo que começaram a funcionar em 2018, além da tranquilidade institucional perante a legislação.

– Isso mostra para nós, da gestão, que estamos no caminho certo, na proposição e organização administrativa e acadêmica que estamos realizando. Quando você tem fluxos mais claros, isso dá mais tranquilidade para que a comunidade obtenha resultados como este – pondera a reitora.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top