skip to Main Content
18 de maio de 2021 | 06:27 pm

PRESIDENTE DA ALBA DEFENDE VACINAÇÃO DE JORNALISTAS CONTRA A COVID-19

Campanha do Sinjorba por vacinação de profissionais de imprensa recebe apoio de Adolfo Menezes
Tempo de leitura: 2 minutos

O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), deputado Adolfo Menezes (PSD), defendeu hoje (18) que os jornalistas sejam incluídos na lista de grupos prioritários da vacinação contra a Covid-19.

Adolfo explica seu posicionamento. “Temos, na Casa, seis proposições de deputados incluindo os jornalistas entre os grupos prioritários da vacinação, como já aconteceu com os profissionais de saúde, limpeza urbana, professores, policiais e rodoviários. Repórteres, fotógrafos, produtores, designers gráficos e editores estão na linha de frente, nas ruas ou nas redações, atuando há mais de um ano, sem tréguas, contra a Covid-19. Sem a informação precisa e de qualidade, as dificuldades nesta guerra contra o vírus seriam ainda maiores”.

O chefe do Legislativo estadual apoia a posição do secretário de Saúde, Fábio Vilas-Boas, de levar o assunto para apreciação na próxima reunião da CIB (Comissão Intergestores Bipartite), marcada para quinta-feira (20).

Os autores das seis proposições que tramitam na Alba para vacinação dos profissionais de imprensa são dos deputados estaduais Marcelino Galo (PT), Carlos Geilson (PSDB), Bira Corôa (PT), Paulo Câmara (PSDB), Pastor Isidório Filho (Avante) e Capitão Alden (PSL).

SINJORBA

O Sindicato dos Jornalista da Bahia (Sinjorba), em iniciativa alinhada com o Sindicato dos Trabalhadores em Rádio e TV na Bahia (Sinterp) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI), promove campanha pela vacinação da categoria. Nesta quarta-feira (19), está marcado o “Dia Estadual de Luta pela Vacinação dos Profissionais de Imprensa”.  O sindicato pede que os apoiadores da causa se vistam de azul.

O Sinjorba também fez dois levantamentos entre os jornalistas: uma pesquisa para contabilizar todos os profissionais que adoeceram no estado, a fim de ter uma noção exata da situação de enfermidade e óbitos na categoria; e o cadastramento de todos os que estão em serviço presencial, seja em redações de rádio, TV, jornal e blogs ou em assessorias de comunicação.

BAHIA RECEBE MAIS 39.780 DOSES DA VACINA DA PFIZER CONTRA A COVID-19

Nova remessa da vacina chegou por volta das 16h15 no aeroporto de Salvador
Tempo de leitura: < 1 minuto

A Bahia recebeu nova remessa de vacinas contra Covid-19 produzida pela farmacêutica norte-americana Pfizer, em parceria com a empresa alemã BioNTech. O avião trazendo a carga com 39.780 doses pousou no aeroporto de Salvador por volta das 16h15 desta terça-feira (18). Com mais este envio, a Bahia ultrapassou a marca de 6 milhões de doses de vacina contra a Covid-19 recebidas. São 3.035.800 da Coronavac, 2.849.000 AstraZeneca/Oxford e 135.720 da Pfizer.

Conforme ficou definido na reunião da Comissão Intergestores Bipartite (CIB), instância deliberativa que reúne gestores de saúde dos 417 municípios e do Estado, as doses da Pfizer serão destinadas à capital (20% do total) e aos 12 municípios da Região Metropolitana de Salvador (80% do total). As Secretarias Municipais de Saúde farão a retirada gradual das vacinas na Central Estadual de Armazenamento e Distribuição de Imunobiológicos (CEADI), em Simões Filho, em virtude do prazo de aplicação de até cinco dias quando refrigerado em temperaturas de 2°C e 8°C.

O secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas, explica que isso não significará acréscimo na distribuição do total de doses para a capital e para os demais municípios da Região Metropolitana de Salvador. “Os 417 municípios baianos continuarão a receber equitativamente as vacinas, tendo como referência a quantidade de pessoas de cada público-alvo nas localidades”, explica.

ITABUNA: ABASTECIMENTO COMEÇA A SER NORMALIZADO, INFORMA EMASA

Abastecimento de água volta a ser normalizado em até 30 horas em Itabuna
Tempo de leitura: < 1 minuto

O rompimento de uma adutora na sexta-feira passada (14), no Bairro Nova Ferradas, ainda afeta o abastecimento de água em alguns pontos da cidade, segundo a Empresa Municipal de Águas e Saneamento (Emasa). A quebra na adutora foi reparada no sábado (15), quando também foi feita manutenção preventiva em equipamentos da Estação de Tratamento de Esgoto (ETA), no São Lourenço.

O gerente técnico da Emasa, João Bitencourt, observa que, gradativamente, o sistema de manobras está sendo regularizado e o abastecimento será normalizado nos próximos dias. “O serviço de manutenção preventiva já havia sido programado na ETA, que acarreta a redução no abastecimento. O rompimento da adutora em Nova Ferradas fez com que a programação de distribuição da água fosse alterada, prejudicando alguns bairros”, afirma Bitencourt.

Dentro da programação para normalizar o sistema de abastecimento de água, os bairros Pontalzinho (parte alta), Castália e Alto Maron, estão sendo abastecidos hoje (18). Nesta quarta (19), o fornecimento será para as localidades do São Pedro, Zizo, São Judas, Pedro Jerônimo (parte alta) e Conceição (parte alta). Também nesta quarta-feira, os bairros Santa Inês, Fátima e Califórnia (partes baixas) e o condomínio Itabuna Park terão o abastecimento de água normalizado.

O gerente técnico lembra que as equipes da Emasa centraram esforços para resolver o problema com a máxima brevidade. Ele pede que a população colabore fazendo uso racional no consumo e evitando o desperdício de água.

COMISSÃO DA CÂMARA ADIA VOTAÇÃO SOBRE USO MEDICINAL DA MACONHA

CBD, óleo extraído da planta, é um dos seus componentes com propriedades terapêuticas
Tempo de leitura: 2 minutos

A votação do Projeto de Lei (PL) 399/15 que regulamenta o plantio da maconha para fins medicinais e a comercialização de medicamentos que contenham extratos, substratos ou partes da Cannabis sativa foi adiada.

O presidente da comissão especial que analisa a proposta, deputado Paulo Teixeira (PT-SP), acatou um pedido do relator Luciano Ducci (PSB-PR), que disse que irá promover mudanças no texto. Ainda não há data para a nova reunião.

A proposta altera a Lei 11.343/06, que institui o Sistema Nacional de Políticas Públicas sobre Drogas e que autorizou o plantio de espécies como a Cannabis para fins científicos ou medicinais, em local e prazo determinado, mediante fiscalização.

Segundo o relator, o projeto apenas regulamenta a legislação vigente e vai ajudar as famílias de pacientes que fazem uso de derivados da Cannabis, por não terem respondido bem a outras terapias ou por terem efeitos colaterais aos medicamentos disponíveis no mercado.

USO

Estudos indicam que os derivados da planta podem ser utilizados no tratamento de doenças como Alzheimer, Parkinson, glaucoma, depressão, autismo e epilepsia. Além disso, já existem evidências conclusivas da eficácia dos canabinoides contra dores crônicas; no tratamento de câncer, apresentando efeitos antitumoral e também contra enjoos causados pela quimioterapia e no tratamento da espasticidade causada pela esclerose múltipla.

Os canabinoides também demonstraram evidências moderadas de que são efetivos para o tratamento da fibromialgia; dos distúrbios do sono, como para tratamento de síndrome da apneia obstrutiva do sono; para aumento do apetite e diminuição da perda de peso em pacientes com HIV; para a melhora nos sintomas da síndrome de Tourette; nos sintomas de ansiedade, e para a melhora nos sintomas de transtorno pós-traumático.

PARECER

Ducci (PSB-PR) deu parecer favorável ao projeto, que tramita em caráter conclusivo. Isto significa que o projeto não precisa ser votado pelo plenário, mas apenas pelas comissões designadas para analisá-lo. Se for aprovada na comissão especial, a matéria só será apreciada em plenário se houver recurso assinado por, no mínimo, 51 deputados.

A sessão desta terça-feira deveria discutir e votar o parecer de Ducci. Desde o início dos trabalhos, no entanto, deputados contrários ao projeto tentaram obstruir o funcionamento da comissão. Houve bate-boca e o presidente da comissão quase foi agredido, com um empurrão, pelo deputado Diego Garcia (Podemos-PR), após a votação de um requerimento para retirar a proposta da pauta.

Depois do episódio, Teixeira disse que ia pedir as imagens do circuito de segurança e que poderia acionar o Conselho de Ética e Decoro Parlamentar. Agência Brasil.

URUÇUCA RESTRINGE VENDA DE BEBIDAS ALCOÓLICAS PARA COMBATER A COVID-19

Até o momento, novo coronavírus tirou a vida de 58 moradores do município
Tempo de leitura: < 1 minuto

A Prefeitura anunciou nesta terça-feira (18) que vai intensificar as medidas contra a Covid-19 em Uruçuca. No final de semana, será proibida a venda de bebidas alcoólicas nas cabanas de praia de Serra Grande, distrito litorâneo do município.

No sábado (22) e domingo (23), a comercialização de bebidas alcoólicas poderá ocorrer apenas por meio de serviço de entrega a domicílio, em todo o território municipal, até as 20h30min.

Já os estabelecimentos que vendem comidas poderão funcionar com atendimento presencial até as 20h30min e manter o serviço de entrega a partir desse horário, com encerramento completo das atividades até meia-noite.

TOQUE DE RECOLHER E BARES

O município continua sob toque de recolher das 21h às 5h. Já os bares podem funcionar de segunda a sexta-feira até as 20h30min.

BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO

Uruçuca tem 30 casos ativos de Covid-19, aqueles identificados por testes do tipo RT-PCR nos últimos 14 dias, sendo que 10 pacientes estão internados em hospitais. Até esta segunda-feira (17), o novo coronavírus tirou a vida de 58 moradores do município.

RUI VAI ANUNCIAR 3 NOVOS SECRETÁRIOS NESTA TERÇA-FEIRA (18)

Governador divulgará nomes de gestores no Papo Correria, que será transmitido nas redes sociais, a partir das 18h30
Tempo de leitura: < 1 minuto

No Papo Correria desta terça-feira (18), ao vivo, a partir de 18h30, além de atualizar a população sobre as ações contra a pandemia da Covid-19 na Bahia, o governador Rui Costa (PT) vai anunciar mudanças na gestão pública, com três novos secretários de Estado.

Rui lançará também o novo edital da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), em parceria com a Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM), através da Fundação de Amparo à Pesquisa da Bahia (Fapesb), voltado para projetos de mulheres cientistas.

No programa, transmitido nos perfis do governador no Instagram, Facebook e Youtube, os internautas vão saber detalhes sobre períodos de inscrição, verba disponível e outras informações pertinentes para inscrever os projetos.

SERVIDOR AFASTADO DA PREFEITURA DE ILHÉUS MORRE DE COVID-19 EM ITABUNA

Daniel dos Santos não resistiu às complicações renais causadas pela doença e faleceu no Hospital Calixto Midlej Filho
Tempo de leitura: < 1 minuto

O guarda municipal Daniel dos Santos, servidor afastado da Prefeitura de Ilhéus, não resistiu às complicações renais provocadas pela Covid-19 e faleceu, aos 59 anos, na madrugada desta terça-feira (18), no Hospital Calixto Midlej Filho, em Itabuna. A informação é do Blog do Gusmão.

De acordo com o site, antes de ser afastado junto com outros 268 servidores do município, em janeiro de 2019, Daniel atuou na Secretaria Municipal de Meio Ambiente, onde foi reconhecido como um servidor exemplar. Depois do afastamento, para sustentar  a família, passou a trabalhar como motoboy. Ele deixou esposa e filha.

Até o momento, o novo coronavírus matou 446 moradores de Ilhéus, enquanto 17.377 pessoas tiveram contato comprovado com o vírus e 16.679 e se recuperaram da infecção.

FOTOLIVRO CONTA HISTÓRIAS E DESAFIOS DE MARISQUEIRAS DO SUL DA BAHIA

Live vai marcar lançamento da obra documental e artística nesta quinta-feira (20)
Tempo de leitura: 2 minutos

No coração da Mata Atlântica, no Sul da Bahia, cinco mulheres transformam suas vidas e os seus entornos por meio de relações de subsistência e de defesa da natureza. Angelina, Rita, Dulciene, Maria Raimunda e Eduarda são as marisqueiras que protagonizam Saberes: Flores e Frutos do mar, o primeiro fotolivro digital da série Raiz de MarÉ, da artista visual Mariana Cabral.

As artes da pesca e da mariscagem, na maioria das vezes transmitidas por suas mães e avós, trazem para essas mulheres a oportunidade de uma vida livre e a força para buscar os seus direitos. Seus corpos revelam suas histórias e exibem as marcas de um trabalho que exige esforço e acarreta riscos. Mas também são testemunho de dedicação a um lugar que lhes permite a necessária autonomia financeira para seguirem desafiando a violência doméstica e as ameaças externas, como empreendimentos empresariais e grandes obras que impactam nas águas do mar, do rio e nos mangues, transformando diretamente suas vidas e seus territórios.

Com foco na leitura visual de fotografias resultantes de vivências em março deste ano, na Aldeia Zabelê, no município de Una, e no entorno da Associação de Pescadores e Marisqueiras do Bairro São Miguel, no litoral norte de Ilhéus, Mariana Cabral mostra detalhes dessas mulheres e de suas histórias, quase sempre ocultadas pela invisibilidade social. Os textos da jornalista Aline Frazão trazem as vozes dessas mulheres e enriquecem a percepção sobre suas formas de ver e viver o mundo.

Para Mariana, que também concebeu a identidade gráfica do livro, é preciso criar mais espaços para a reflexão, a sensibilização e um posicionamento social que seja crítico e construtivo. “A fotografia está para além da estética, tem potencial transformador! Uma honra conhecer cada uma dessas mulheres e poder apresentar parte de suas histórias. Uma honra construir, junto a outras mulheres, essa travessia fotográfica de integração, diálogo e troca”, comemora. O fotolivro já está disponível está na plataforma digital do projeto.

Para compartilhar o processo de produção, conduzido em total conformidade com as orientações da Organização Mundial de Saúde (OMS) para a contenção da pandemia de Covid-19, a equipe realizará uma live com participação das cinco marisqueiras protagonistas e também da empreendedora social Ashoka, Maria do Socorro Mendonça, que partilhará informações acerca dos impactos ambientais nessas localidades. O bate-papo virtual será nesta quinta-feira (20), às 10h, no perfil @raizdemare, no Instagram.

Saberes: Flores e Frutos do Mar é um projeto produzido por uma equipe feminina, composta também por Naiara Gramacho e Potyratê Tê Tupinambá na produção; Marcela Bertelli na revisão; e Tacila Mendes na assessoria de comunicação. A iniciativa tem apoio financeiro do Estado da Bahia através da Secretaria de Cultura e da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Programa Aldir Blanc Bahia) via Lei Aldir Blanc, direcionada pela Secretaria Especial da Cultural do Ministério do Turismo, Governo Federal.

NA BAHIA, MAIS DE 3 MILHÕES JÁ RECEBERAM 1ª DOSE DE VACINA CONTRA COVID-19

Primeira dose: Bahia tem mais de 3 milhões de vacinados contra a covid-19
Tempo de leitura: < 1 minuto

Nesta terça-feira (18) a Bahia ultrapassou a marca de 3 milhões de baianos vacinados com a primeira dose da vacina contra o coronavírus (Covid-19). O secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas, destaca que a Bahia é o estado brasileiro com maior agilidade na aplicação da vacina. “Imunizamos 1 milhão de pessoas em 30 dias e poderíamos vacinar ainda mais se o Governo Federal enviasse doses em quantitativo suficiente para atender a demanda”, afirma.

O titular da pasta estadual da Saúde destaca ainda que “a partir de agora, cada baiano que somar-se a essa população já vacinada, estará reduzindo progressivamente e exponencialmente o risco da nossa população. É muito importante não esquecer de vacinar para a segunda dose, sendo 28 dias para a Coronavac e 12 semanas para a Astrazeneca/Oxford e Pfizer. Quero apelar aos municípios, aos prefeitos e secretários de saúde que reforcem as equipes de vacinação para que possamos continuar mantendo a Bahia como o estado que vacina mais rápido os seus habitantes”, afirma Vilas-Boas.

A Bahia é um dos estados do País com o maior número de imunizados, superando a marca de 20% da população vacinada com a primeira dose. A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) realiza o contato diário com as equipes de cada município a fim de aferir o quantitativo de doses aplicadas e disponibiliza as informações detalhadas no painel https://bi.saude.ba.gov.br/vacinacao/.

ITACARÉ FAZ CAMPANHA DE COMBATE AO ABUSO E EXPLORAÇÃO SEXUAL DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES

Tempo de leitura: 2 minutos

Conselho Tutelar e Prefeitura de Itacaré estão promovendo campanha de orientação à comunidade para que denuncie abusos e exploração sexual de crianças e adolescentes. A campanha foi deflagrada nesta terça (18), Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. As denúncias podem ser feitas por meio do serviço Disque 100, que é gratuito e sigiloso.

A secretária municipal de Desenvolvimento Social, Juliana Novaes, explica que neste ano, por causa da pandemia do coronavírus, não será possível promover grandes eventos nem atos públicos de grandes proporções contra os abusos, mas a data será lembrada com palestras setorizadas nas comunidades, panfletagem e também nas redes sociais e veículos de comunicação para alertar sobre a importância e o papel de cada um na luta contra esses crimes. “A proposta desse dia é destacar a data para mobilizar, sensibilizar, informar e convocar toda a sociedade a participar da luta em defesa dos direitos sexuais de crianças e adolescentes”, explicou Juliana Novaes.

CICLO DE PALESTRAS

Como parte das atividades de luta e conscientização, a Prefeitura de Itacaré estará realizando hoje (18) um ciclo de palestras com a comunidade da Camboinha. Na quarta-feira (19) será a vez da panfletagem no distrito de Taboquinhas, destacando a importância de denunciar os abusos. Já a quinta-feira (20) será a vez da atividade de conscientização em Itacaré, com uma panfletagem na praça do Fórum.

Juliana Novaes explica que a violência sexual contra meninos e meninas ocorre tanto por meio do abuso intrafamiliar ou interpessoal como na exploração sexual. Crianças e adolescentes vítimas de violência sexual, por estarem vulneráveis, podem se tornar mercadorias e assim serem utilizadas nas diversas formas de exploração sexual como: tráfico, pornografia, prostituição e exploração sexual no turismo. Daí a importância de todos denunciarem para evitar que esses crimes aconteçam ou fiquem impunes.

HISTÓRIA

O dia 18 de maio foi escolhido porque nessa data, em 1973, na cidade de Vitória, no Espírito Santo, um crime bárbaro chocou todo o país e ficou conhecido como o “Caso Araceli”. Esse era o nome de uma menina de apenas oito anos de idade, que teve todos os seus direitos humanos violados, foi raptada, estuprada e morta por jovens de classe média alta daquela cidade. O crime, apesar de sua natureza hedionda, até hoje está impune.

BAHIA: LÍDER DE ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA MORRE EM CONFRONTO

Tempo de leitura: < 1 minuto

Uma ação conjunta das polícias Civil e Militar localizou, na noite desta segunda-feira (17), o líder de uma organização criminosa de Candeias, na Região Metropolitana de Salvador. O traficante e homicida participou de, pelo menos, 10 homicídios em 2021, alguns deles com decapitações de rivais.

Após ações de inteligência do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), com apoios do COPPM, Rondesps RMS e BTS, além da 10ªCIPM, o criminoso foi encontrado, na localidade de Barra do Gil, município de Vera Cruz.

As equipes chegaram até a Rua João das Botas e, na tentativa de capturar o traficante, houve confronto. O criminoso acabou ferido, foi socorrido para o Hospital Geral de Itaparica, mas não resistiu. Com ele foram apreendidos uma pistola calibre 9mm, carregador, munições, dois celulares, R$ 173 e uma porção de maconha.

PARA JOVENS, EDUCAÇÃO FOI A ÁREA MAIS AFETADA DURANTE A PANDEMIA

Tempo de leitura: 3 minutos

Um estudo da organização não governamental (ONG) Plan International mostrou que 95% de meninas e jovens mulheres tiveram suas vidas afetadas de forma negativa pela pandemia de covid-19. Para as jovens, a educação foi a área mais atingida. O acesso limitado à tecnologia, o apoio insuficiente de escolas e faculdades e o espaço físico para estudar foram as principais dificuldades enfrentadas na educação em casa.

A pesquisa Vidas Interrompidas 2: em suas próprias vozes – O impacto da covid-19 na vida de meninas e jovens mulheres ouviu, nos meses de junho e julho de 2020, 7 mil mulheres de 15 a 24 anos sobre temas como educação, saúde e bem-estar, percepções sobre a vacina e o futuro.

O Brasil está entre os países que participaram do estudo, que também incluiu meninas da Austrália, do Egito, Equador, da Espanha, dos Estados Unidos, da Etiópia, França, de Gana, da Índia, de Moçambique, da Nicarágua, do Vietnã e de Zâmbia.

A solidão e as responsabilidades domésticas também interferiram na capacidade das meninas de acompanhar o ensino a distância enquanto as escolas e faculdades foram fechadas.

“O futuro das meninas e jovens mulheres está ameaçado no Brasil e no mundo. A pandemia aprofundou as desigualdades sociais, que já eram muito marcantes, e está está fazendo com que a gente dê vários passos para trás em conquistas importantes de direitos fundamentais para a igualdade de gênero e de oportunidades”, afirma Cynthia Betti, diretora executiva da Plan International Brasil.

Nas entrevistas, as jovens relataram dificuldades de concentração e foco ao estudar em casa. Elas também citaram a falta de dinheiro para planos de dados, telefones celulares e outros custos relacionados ao aprendizado online, além do fato de não ter ninguém para ajudar a explicar lições ou conceitos, como barreiras frequentes para aprender durante a pandemia.

“Na escola temos uma abordagem mais prática. Nas aulas online temos pouca oportunidade de tirar dúvidas, e os professores só dão a aula e não esclarecem nossas dúvidas. Minha casa está muito cheia e barulhenta. Não estou conseguindo acompanhar as aulas”, disse Bárbara, de 16 anos.

VIDAS INTERROMPIDAS

A primeira etapa da pesquisa Vidas Interrompidas, divulgada no ano passado, revelou que 19% das meninas em todo o mundo acreditam que a covid-19 as forçará a suspender temporariamente os estudos, enquanto 7% temem ter que abandonar a escola. No auge da primeira onda da pandemia, 1,5 bilhão de estudantes foram afetados pelo fechamento de escolas, que ocorreu em 194 países em quase toda a Europa, África, América Latina e Ásia.

“A covid-19 mudou profundamente nossas vidas no último ano. Mas seu impacto não é o mesmo para todas as pessoas, e a pandemia colocou em foco as desigualdades pré-existentes, seja entre ricos e pobres, jovens e idosos, homens e mulheres”, afirma Jacqui Gallinetti, diretora de Monitoramento, Avaliação, Pesquisa e Aprendizagem da Plan International.

BARREIRAS FINANCEIRAS

Para reduzir os impactos do cenário revelado pela pesquisa, a organização defende que os governos reúnam esforços para lidar com as barreiras financeiras impostas às meninas. Entre as medidas propostas na pesquisa estão o pagamento de vale-alimentação, merenda escolar e transferência de renda para incentivar as meninas a voltarem à escola, aliviando a carga sobre a renda familiar.

Leia Mais

MAURO RIBEIRO, DA BURITI, SE TORNA O MAIS JOVEM PRESIDENTE ELEITO DA ACI

Sérgio Velanes transmitirá cargo a Mauro Ribeiro no dia 14 de junho || Foto Divulgação
Tempo de leitura: 2 minutos

Com 34 anos, o empresário Mauro Ribeiro acaba de se tornar o mais jovem presidente eleito da história da Associação Comercial de Itabuna (ACI) em pleito nesta segunda (17). A posse da nova diretoria está marcada para 14 de junho, às 19h, no espaço de eventos Terceira Via Hall, quando Sérgio Velanes, após dois mandatos, transmitirá o cargo ao novo presidente.

Sócio-diretor da rede de lojas Buriti, do segmento de materiais de construção e acabamento, Mauro Ribeiro tem a expectativa de “fortalecer cada vez mais a ACI”, por meio do diálogo com o empresariado e defender os direitos da classe. Terá, ainda, o desafio de tornar a ACI inovadora e e mais representativa, atraindo novos associados.

– A Associação estará de portas abertas para todos os empresários, seja ele micro, pequeno e grande empresário, porque a Associação Comercial precisa estar a serviço das empresas, dos empresários e da população de Itabuna, para que juntos possamos desenvolver ainda mais toda essa cadeia produtiva que tem na nossa cidade e gerar mais empregos e renda – disse Mauro.

DIRETORIA E CONSELHOS

Com a eleição, também ficaram definidos diretoria e conselhos da instituição. A Assembleia Geral é composta por Luiz Sérgio Neto Velanes (presidente), Ronaldo Abude (1º secretário), Luiz Ribeiro (2º secretário). Mauro Ribeiro preside o conselho diretor tendo como vice presidentes Silvio Roberto Oliveira, Franklin Bastos, Rafle Salume, Eduardo Carqueja Júnior e Rafael Monteiro.

Integram o Conselho do Comércio Franklin Bastos, Vera Guimarães, Valdino Cunha e José Orleans Mendonça. No Conselho da Indústria, Eduardo Carqueja Júnior, Rogério Sbardelotto, Paulo Ganem e Jorge Luiz Pires. No Conselho de Prestação de Serviços, estão Rafle Salume, Tarik Vervloet Fontes, Ludmila Vieira e Vitor Borboun.

O Conselho de Comunicação é integrado por Sílvio Roberto, Sebastião Nunes Sampaio Barros, Nelson Báfica e Carolina Fajardo. Rafael Monteiro, Janilton Mascarenhas, Newton Isozaki e Jonh Nascimento compõem o Conselho de Agricultura e Pecuária. Já a Comissão de Contas I tem Jorge Luiz Pires, Tarik Vervloet Fontes e Viviane Fernandes. A Comissão de Contas II traz Luiz Marcel Silva Ribeiro, Wellington Ferraz e José Adauto.

FICC LANÇA PLATAFORMA PARA CADASTRAR ARTISTAS E PROFISSIONAIS DO TURISMO DE ITABUNA

Aldo Rebouças, presidente da FICC, explica cadastramento || Foto Lucas Matos
Tempo de leitura: < 1 minuto

A Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania (FICC) lançou, nesta segunda (17), uma plataforma para mapear artistas e profissionais do turismo que atuam no município sul-baiano, o CadCulti. O presidente da FICC, Aldo Rebouças, disse que o cadastro foi dividido em 10 categorias, dentre as quais Artes Cênicas – Dança, Circo e Teatro, Música, Artes Visuais, Humanidades, Audiovisual e Turismo.

O incentivo à classe artística dedicada ao turismo vai acontecer em três etapas, segundo o dirigente da FICC – cadastro, lançamento de edital e quantificação dos grupos. “Depois disso, será avaliado um auxílio financeiro, o fomento e a qualificação dessas categorias”, disse Aldo.

O presidente da FICC vê no CadCulti uma inovação. “É um projeto inovador na Bahia e uma marca do compromisso do prefeito Augusto Castro com a classe artística e os demais atores ligados ao turismo”, acrescenta Aldo. O cadastramento pode ser pelo site oficial do CadCulti, o cadculti.ficc.com.br ou pelo site da FICC (clique aqui).

O cadastramento também pode ser feito em dois pontos disponibilizados pela FICC, a Biblioteca Municipal Plínio de Almeida, no Espaço Cultural Josué Brandão, no bairro Conceição, de segunda a sexta, das 8h às 14h, e no estande da FICC montado no Shopping Jequitibá, de segunda a sexta, das 10h às 18h.

DÚVIDAS

A FICC também colocou à disposição das pessoas que devem se cadastrar no CadCult um telefone de contato para esclarecer dúvidas, o (73) 99862-1338, que também é whatsapp, com atendimento de segunda a sexta, das 8h às 18h.

ITABUNA: AUGUSTO CASTRO VISITA EMASA E DISCUTE PROJETOS DE SANEAMENTO BÁSICO

Técnicos apresentam projetos de saneamento ao prefeito Augusto Castro
Tempo de leitura: 2 minutos

O prefeito Augusto Castro (PSD) visitou, nesta segunda (17), a sede da Empresa Municipal de Águas e Saneamento (Emasa). A direção da empresa apresentou ao prefeito alguns projetos ligados à ampliação do sistema de abastecimento de água e de tratamento de esgoto.

Depois de ser recepcionado pelo presidente da empresa Raymundo Mendes Filhos e diretores, o prefeito conheceu os projetos de Ampliação do Sistema de Distribuição de Água, Diagnóstico do Sistema de Esgoto Sanitário e Captação e Tratamento de Esgoto em Tempo Seco. “Estava devendo essa visita à Emasa. O pessoal está muito bem instalado e há bons projetos na área de saneamento prontos para que a gente corra atrás dos recursos”, disse Augusto.

Ele conversou com dirigentes, técnicos e funcionários do escritório-sede. Depois, na sala do diretor de Planejamento, ouviu e avaliou os projetos. No Projeto de Ampliação do Sistema de Distribuição de Água, por exemplo, consta a construção de 7 Km de adutora ligando a Estação de Tratamento de Água (ETA), a dois reservatórios apoiados, sendo um no Bairro Jardim Cordier (Setor do Bairro São Caetano), com capacidade para armazenar cinco milhões de litros de água, e outro, no Bairro Novo Lomanto, para acumular três milhões de litros de água.

“Esses projeto irão beneficiar os moradores das zonas meio-oeste e sul da cidade contribuindo para o fim do sistema de manobras para essas duas regiões da cidade e ampliando a oferta de água para a população”, explicou o presidente Raymundo Mendes Filho.

Já o Projeto de Diagnóstico do Sistema de Esgoto Sanitário foi elaborado em 2010 e traça as diretrizes para a ampliação do sistema de esgotamento sanitário da cidade. Outro projeto, que chamou a atenção do prefeito Augusto Castro foi o de Captação em Tempo Seco, uma tecnologia de captação de dejetos que apresenta benefícios imediatos ao meio ambiente e à população.

Segundo o gerente de Planejamento e Expansão, Ângelo Lucena, o Projeto de Captação em Tempo Seco envolve a construção de três captações de esgoto à margem direita do Rio Cachoeira e outro no canal de macrodrenagem da Avenida Amélia Amado.

“A interceptação dos dejetos, presentes nas galerias de águas pluviais em tempos de estiagem, evita o lançamento do esgoto in natura no Rio Cachoeira, o que contribuirá para a redução dos efluentes através de águas pluviais”, afirmou Lucena.

Back To Top