skip to Main Content
7 de junho de 2020 | 06:56 am

APOSTA FEITA NO SUL DA BAHIA LEVA PRÊMIO DE R$ 10 MILHÕES DA LOTOMANIA

Aposta vencedora foi feita nesta lotérica|| Foto Giro Ipiaú
Tempo de leitura: < 1 minuto

Uma aposta simples feita na lotérica Quina de Ouro, no município de Ipiaú, sul da Bahia, venceu o concurso da Lotomania realizado na última terça-feira (26) e faturou R$ 10.207.815,43. Este é o maior prêmio pago para uma aposta realizada nesta lotérica.

“Anima mais os apostadores, porque, neste período, [as apostas] estavam em baixa. Sempre que sai prêmio assim, as pessoas se motivam mais. Nunca tinha saído aqui. Há um ano, premiamos com R$ 97 mil a Quina. Esse prêmio acima de um milhão nunca teve”, relata Mário Gonçalves, proprietário da lotérica Quinta de Ouro.

Ele acredita que o prêmio pode provocar aumento no movimento da lotérica, que registrou queda arrecadação desde o início da pandemia do coronavírus.

“A arrecadação de jogos em todo Brasil diminuiu, principalmente na região nossa. O pessoal evita estar jogando, porque não sabe se vai precisar do dinheiro, segura mais um pouco. E a gente teve uma queda de 40%, 50% nos jogos [feitos]. Esperamos que, com esse ganhador, as pessoas possam jogar normalmente”, conta.

MUDANÇA DE VIDA

Não se sabe quem é o vencedor nem se o valor já foi sacado. Os premiados que ganham mais de R$ 1,3 mil devem sacar as quantias em outras unidades ou na própria Caixa Econômica Federal.
Além da possibilidade de aumentar o fluxo de apostadores na lotérica, Mário comemora o prêmio para o apostador como uma possibilidade de mudança de vida.

“Fica muito feliz, porque as pessoas acreditam numa vida melhor. Imagino a emoção dessa pessoa. Independentemente se a pessoa tem necessidade ou não, mereceu [o prêmio] porque acreditou. A gente está feliz, independentemente de quem seja”, conclui. Do G1.

VITÓRIA DA CONQUISTA REABRE COMÉRCIO A PARTIR DA PRÓXIMA SEMANA

Vitória da Conquista anuncia reabertura do comércio
Tempo de leitura: < 1 minuto

A Prefeitura de Vitória da Conquista anunciou, nesta quarta-feira (27), a reabertura do comércio. O protocolo para o reinício das atividades no município do sudoeste da Bahia foi apresentado pelo secretário de Administração, Kairan Rocha, aos representantes do Comitê de Representação Civil e Institucional.

A prefeitura informou que, após três meses de trabalho de prevenção, controle e combate à Covid-19, com a estruturação para o atendimento médico e com as medidas restritivas de circulação, Vitória da Conquista possui o número de casos confirmados menor do que outros municípios baianos de mesmo porte. Disse ainda que, atualmente, a taxa de ocupação de leitos clínicos é de 7,8% e de leitos de UTI 38%.

A reabertura do comércio será iniciada a partir do dia 1º de junho. “As atividades econômicas de Vitória da Conquista vão ser retomadas de forma gradual, organizada e coordenada, seguindo critérios de segurança máxima”, explica o secretário, Kairan Rocha.

O secretário informou ainda que a manutenção do funcionamento do comércio está vinculada diretamente ao monitoramento do crescimento dos casos de coronavírus no município. A reabertura avança ou retrocede de acordo a taxa de incidência/crescimento de novos casos de coronavírus e a taxa de Ocupação de UTI e/ou Leito Clínico.

Ele informou que, caso haja aumento fora dos parâmetros de segurança, imediatamente a Prefeitura vai revogar a decisão e definir pelo fechamento do comércio não essencial mais uma vez. O município tem 117 infectados e cinco mortos pelo novo coronavírus.

BAHIA: JUSTIÇA INTERDITA NATULAB APÓS SURTO DE COVID-19 EM FÁBRICA

Fábrica da Natulab na Bahia é interditada
Tempo de leitura: 3 minutos

A fábrica da Natulab Laboratório S.A., em Santo Antônio de Jesus, no recôncavo baiano, deverá ficar fechada até apresentar plano para conter o surto de covid-19. A decisão, com data desta quarta (27), é da Justiça do Trabalho, que atende pedido do Ministério Público do Trabalho (MPT), após sete empregados da Natulab testarem positivo para a doença.

A Natulab tem 930 empregados na unidade e ainda não comprovou a adoção de medidas que possam garantir a operação segura de sua produção. A empresa deve cumprir a decisão assim que for notificada, sob pena de multa diária deR$50 mil.

A decisão liminar foi proferida pela juíza da Vara do Trabalho de Santo Antônio de Jesus, Cristina Oliveira de Azevedo, durante o plantão do Judiciário trabalhista em atendimento a pedido feito pelo MPT em ação civil pública ajuizada ontem, também durante o plantão instituído pelo órgão na Bahia.

A procuradora Juliana Corbal, autora da ação, solicitou urgência na apreciação da liminar porque a empresa havia anunciado a reabertura para esta quarta-feira após período em que permaneceu interditada. Mas a reabertura foi programada sem que a indústria comprovasse a adoção de medidas que possam prevenir o contágio generalizado entre seus empregados. Agora, os 22 itens apontados pela fiscalização estadual deverão ser atendidos antes que a unidade volte a receber trabalhadores.

“A Natulab está com surto da doença, com transmissão local e sustentada, com necessidade de implantação de isolamento e quarentena de seus trabalhadores confirmados com a covid-19 e todos aqueles que tiveram contato próximo com eles”, afirmou a procuradora Juliana Corbal. São sete casos, mas a empresa não testou os demais nem comprovou que dispõe de um ambiente seguro.

“Não estamos pedindo apenas atenção ao ambiente físico da empresa como meio de contágio, mas, também, buscamos garantir que, ainda que um trabalhador tenha se contaminado externamente, existam, na empresa, medidas para que os demais não sejam contaminados, evitando, assim, a propagação do vírus”, defendeu.

A fábrica chegou a ser interditada pela Secretaria Municipal de Saúde e Vigilância Sanitária dia 18 de maio. A medida, prevista inicialmente para durar 14 dias, foi relaxada, com a apresentação de argumentos da empresa. Após os feriados de segunda e terça, a Natulab programou para esta quarta-feira (27) a reabertura, apresentando apenas um plano de enfrentamento para a área de produção.

Leia Mais

GOVERNO BAIANO ANTECIPA PAGAMENTO DE APOSENTADOS E PENSIONISTAS

Tempo de leitura: < 1 minuto

O governo baiano anunciou nesta segunda (25), que irá antecipar a liberação do pagamento de aposentados e pensionistas estaduais em um dia. Os recursos estarão disponíveis para os cerca de 130 mil beneficiários do Estado nesta quinta-feira (28). A iniciativa visa evitar a formação de filas e aglomerações nos postos e agências bancárias, como parte das medidas adotadas para contenção da disseminação do coronavírus no Estado.

Já os servidores ativos receberão os valores relativos ao mês de maio na sexta-feira (29), conforme o calendário de pagamento divulgado em janeiro e que pode ser consultado por meio do Portal do Servidor. Mensalmente, o governo baiano desembolsa aproximadamente R$ 1,6 bilhão com o pagamento da folha de 280 mil pessoas, entre servidores ativos, aposentados e pensionistas.

CONSULTA AO PRIMEIRO LOTE DE RESTITUIÇÃO DO IMPOSTO DE RENDA SERÁ LIBERADA NESTA SEXTA

Receita libera consulta ao lote do imposto de renda
Tempo de leitura: 2 minutos

A Receita Federal libera, partir das 9h desta sexta-feira (22), a consulta ao primeiro lote de restituição do imposto de renda. O pagamento do primeiro lote está programado para o dia 29 de maio, com o último lote previsto para 30 de setembro.

O crédito bancário para 901.077 contribuintes será realizado no próximo dia 29, totalizando o valor de R$ 2 bilhões. Este primeiro lote contempla contribuintes que tem prioridade legal, sendo 133.171 contribuintes idosos acima de 80 anos, 710.275 contribuintes entre 60 e 79 anos e 57.631 contribuintes com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave.

Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte deverá acessar a página da Receita na Internet (http://idg.receita.fazenda.gov.br). Na consulta à página da Receita, serviço e-CAC, é possível acessar o extrato da declaração e ver se há inconsistências de dados identificadas pelo processamento. Nesta hipótese, o contribuinte pode avaliar as inconsistências e fazer a autorregularização, mediante entrega de declaração retificadora.

Leia Mais

CAIXA REGISTRA LUCRO SUPERIOR A R$ 3 BILHÕES NO PRIMEIRO TRIMESTRE

Caixa Econômica registra lucro superior a R$ 3 bilhões no primeiro trimestre
Tempo de leitura: 2 minutos

A Caixa Econômica Federal registrou lucro líquido de R$ 3,049 bilhões no primeiro trimestre deste ano, queda de 37,8% em relação ao quarto trimestre de 2019. Na comparação com igual período de 2019, a queda chegou a 22,2%.

No caso do lucro líquido recorrente, que desconsidera efeitos extraordinários, houve crescimento de 21,2% sobre o quarto trimestre de 2019. Em relação ao primeiro trimestre de 2019, foi registrada queda de 7,5%.

As receitas com prestação de serviços e tarifas bancárias totalizaram R$ 5,8 bilhões no primeiro trimestre deste ano, estáveis frente ao apurado em igual período de 2019. As despesas administrativas totalizaram R$ 7,9 bilhões, redução de 1,7%.

O Índice de Basileia atingiu 18,7%, sendo superior em 7,7 pontos percentuais ao mínimo exigido de 11%. Esse percentual indica a capacidade do banco de emprestar, levando em consideração os recursos próprios e a ponderação de riscos de perdas. O índice é um conceito internacional definido pelo Comitê de Basileia.

CRÉDITO 

A carteira de crédito ampla (empréstimos mais as operações com títulos, valores mobiliários privados e garantias) da Caixa fechou com saldo de R$ 699,6 bilhões em março de 2020. Segundo a Caixa, essa carteira reverteu o movimento de queda e apresentou crescimento de 2% em relação ao primeiro trimestre de 2019, influenciado principalmente pelo crescimento de 5,2% em habitação, de 1,2% em saneamento e infraestrutura e de 1,8% em crédito comercial para pessoa física, compensado pela redução de 17,1% na carteira comercial de empresas.

CRÉDITO IMOBILIÁRIO

Segundo a Caixa, a participação do banco no crédito imobiliário do país é de 69,1%. A Caixa tem a liderança na liderança da contratação com recursos do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimos.

O saldo da carteira de crédito habitacional cresceu 5,2% em 12 meses e chegou a R$ 470,4 bilhões em março de 2020, dos quais R$ 293,1 bilhões foram concedidos com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e R$ 177,4 bilhões com recursos do banco.

No primeiro trimestre de 2020, foram contratados na Caixa R$ 7,4 bilhões no Programa Minha Casa Minha Vida, o equivalente a 66,5 mil unidades habitacionais.

No primeiro trimestre de 2020, foram firmados um total de 9,7 mil contratos das novas modalidades de crédito imobiliários da Caixa (empréstimos indexados ao IPCA e prefixados), totalizando R$ 2,5 bilhões.

INADIMPLÊNCIA

O índice de inadimplência totalizou 3,14%, aumento de 0,68 ponto percentual em 12 meses, impactado, principalmente, pela inadimplência de habitação. Segundo o banco, o indicador ficou abaixo da média do mercado de 3,17%. A carteira habitacional apresentou inadimplência de 2,86% no primeiro trimestre de 2020, apresentando crescimento de 1,05 ponto percentual em 12 meses.

O banco informou que não houve alterações no processo de apuração da provisão, recursos reservados para o caso de inadimplência, “bem como a constituição de provisão prudencial, considerando as características das operações da Caixa que são concentradas em operações de longo prazo, com garantias reais e com mais de 90% das operações classificadas em níveis de riscos entre AA e C [os mais elevados]. A Caixa continuará acompanhando as operações de crédito em relação a evolução da pandemia de covid-19”.

As despesas com provisão atingiram R$ 2 bilhões no primeiro trimestre, redução de 28,8% em relação ao mesmo período do ano passado. O saldo de provisão correspondeu a 5% do total da carteira de crédito, semelhante aos níveis apresentados nos períodos anteriores.

EM PALESTRA, ROTARY ABORDA IMPACTOS ECONÔMICOS DA COVID-19 EM ITABUNA

Tempo de leitura: < 1 minuto

O fechamento de nove lojas na região central de Itabuna está entre os impactos da pandemia na economia do município, apontou o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas local, Carlos Leahy, em palestra virtual do Rotary Club Itabuna.

– Os desafios tem sido enormes. Os prejuízos econômicos e sociais são difíceis de mensurar, pois ainda não sabemos até quando essa pandemia irá durar – disse Leahy, que apontou criação de comitê de enfrentamento à Covid-19 para mitigar aos efeitos negativos da pandemia, dentre eles a criação de protocolos de segurança para funcionamento do comércio.

De acordo com Leahy, a maior dificuldade está no atraso do poder público em criar estrutura organizada nos hospitais com UTIs e enfermarias para prestar atendimento à população com a consistência e a urgência que a situação exige.

Enquanto isso, o grupo mantém-se buscando alternativas a curto e longo prazo e conta com o apoio de instituições como a UFSB e a UESC, que se aliam à comissão de combate ao COVID-19 no município para construir um plano bem elaborado a fim de tirá-lo o quanto antes da paralisia generalizada causada pela pandemia.

PREFEITURA AUTORIZA VENDAS EM SISTEMA DRIVE THRU NO SHOPPING JEQUITIBÁ

Lojas poderão funcionar, mas apenas em sistema drive thru
Tempo de leitura: < 1 minuto

Num decreto publicado no Diário Oficial do Município nesta segunda-feira (18), a Prefeitura de Itabuna estabeleceu regras para o funcionamento de shopping center no município. De acordo com a publicação, o município autorizou o funcionamento em sistema de venda eletrônica, com a possibilidade de pagamento e entrega do produto em guichê instalado no estacionamento (drive thru).

Para poder funcionar neste sistema, o Shopping Jequitibá deverá cumprir uma série de exigências para evitar aglomerações e garantir a segurança aos funcionários e clientes.

Com essa possibilidade, o shopping poderá ter até 15 guichês de, no máximo 3 metros quadrados, distanciando-se, pelo menos, por dois metros um do outro. De acordo com o decreto, só será permitido um funcionário em cada guichê, e o mesmo deverá usar máscaras, luvas e álcool em gel, além de não poder ser do grupo considerado de risco à Covid-19. Os pontos de coleta não poderão ter exposição, estocagem ou armazenamento de produtos, nem oferta de outros itens, além dos previamente ajustados pelos consumidores.

Ainda segundo o decreto, somente veículos automotores terão acesso ao estacionamento, sem a permissão de desembarque dos veículos. Cada cliente deverá utilizar máscara de proteção facial e não poderá permanecer mais que 15 minutos dentro do estacionamento. O decreto está disponível no site da Prefeitura.

CAIXA COMEÇA A PAGAR HOJE NOVA PARCELA DO AUXÍLIO DE R$ 600,00; VEJA CALENDÁRIO

Tempo de leitura: 2 minutos

A Caixa Econômica Federal começará a pagar a segunda parcela do auxílio emergencial de R$ 600,00 a partir de hoje (18). Ao todo, cerca de 50 milhões de pessoas estão inscritas no programa. O benefício é pago para trabalhadores informais e pessoas de baixa renda, inscritos do cadastro social do governo e no Bolsa Família.

O calendário está dividido conforme as datas habituais de pagamento para quem integra o Programa Bolsa Família e de acordo com o mês de nascimento para as demais pessoas que têm direito a receber o benefício.

Os primeiros a receber são os beneficiários do Programa Bolsa Família com Número de Inscrição Social (NIS) final 1. Amanhã será a vez dos beneficiários com NIS final 2. O crédito segue sendo feito nessa ordem, de um NIS por dia, menos no fim de semana, até o número zero, que será pago no dia 29 deste mês. São 1,9 milhão de pessoas recebendo o auxílio diariamente e podendo sacar o benefício pelo cartão do Bolsa Família, segundo o Ministério da Cidadania.

A partir da próxima quarta-feira (20), começa o crédito nas contas sociais digitais da Caixa para as pessoas que nasceram nos meses de janeiro e fevereiro e que não estão no grupo do Bolsa Família. No dia seguinte, o pagamento será para quem nasceu em março e abril, e assim por diante, saltando o domingo (24).

SAQUES

O calendário para saques da segunda parcela é diferente do calendário do crédito nas contas digitais e tem início em 30 de maio (um sábado) para os nascidos em janeiro. No dia 1º de junho, os saques serão permitidos para quem nasceu em fevereiro, seguindo nessa ordem até 13 de junho para os nascidos em dezembro. No dia 7 de junho (domingo) não há saques.

VEJA CALENDÁRIOS DE PAGAMENTO

Veja o calendário de depósitos para beneficiários do Bolsa Família

Último dígito do NIS: Data do crédito:
1 18 de maio
2 19 de maio
3 20 de maio
4 21 de maio
5 22 de maio
6 25 de maio
7 26 de maio
8 27 de maio
9 28 de maio
0 29 de maio

Veja o calendário para depósito em poupança social

Nascidos em: Dia de recebimento do benefício:
janeiro e fevereiro 20 de maio
março e abril 21 de maio
maio e junho 22 de maio
julho e agosto 23 de maio
setembro e outubro 25 de maio
novembro e dezembro 26 de maio

Veja o calendário para saque e transferência da poupança social

Nascidos em: Liberado em:
janeiro 30 de maio
fevereiro 1 de junho
março 2 de junho
abril 3 de junho
maio 4 de junho
junho 5 de junho
julho 6 de junho
agosto 8 de junho
setembro 9 de junho
outubro 10 de junho
novembro 12 de junho
dezembro 13 de junho

BAHIA CACAU MUDA PRODUÇÃO E SISTEMA DE VENDAS DURANTE A PANDEMIA

Tempo de leitura: 2 minutos

As empresas estão tendo que usar a criatividade para vender em meio às mudanças impostas pela pandemia da covid-19. No sul do estado, a Bahia Cacau manteve a produção de chocolates e adota sistema delivery de vendas e promoções em datas comemorativas.

“Vivemos um momento muito preocupante para as pequenas indústrias e principalmente para a Bahia Cacau, que é uma cooperativa de pequenos produtores, com a redução grande das vendas”, afirmou Osaná Crisóstomo do Nascimento, presidente da Bahia Cacau/Coopfesba.

A empresa é a primeira agroindústria da agricultura familiar de chocolate de alto teor de cacau no Brasil. Segundo Osaná, todos foram pegos de surpresa com o bloqueio das vendas e o isolamento social, frustrando as perspectivas de todos os negócios no mundo inteiro.

INOVAÇÃO

Apesar das dificuldades, os dirigentes e seus colaboradores da fábrica não desanimam. “Temos feito os novos modelos de vendas como delivery e buscado novas alternativas para obter receitas e sair da crise. Fizemos promoções especiais nas datas comemorativas da Páscoa e agora com os kits no Dia das Mães, onde tivemos bons resultados” contou Osaná.

Ainda segundo o diretor, a Bahia Cacau definiu planejamento para manter a marca no mercado, fomentar a produção de cacau dos cooperados e manter a produção de chocolate de qualidade para os clientes e apreciadores. “Apesar de estarmos distanciados da forma física, estamos unidos para vencer essa pandemia e os obstáculos”, diz ele.

ATENDIMENTO

A fábrica está funcionando em dias alternados durante a pandemia. A produção ocorre às segundas, quartas e sextas-feiras e a loja da fábrica, numa das margens da BR-415, em Ibicaraí, trabalha em forma de delivery. Em Salvador, além das vendas de chocolate para outros empreendimentos mesmo em quantidades menores, tem o serviço de venda delivery.

Os canais de vendas são pelo Instagram (@bahiacacau), email (vendasbahiacacau@hotmail.com) e telefones 73 99967-6790 (Ibicaraí e sul do Estado) e 73 98136-7935 (para Salvador e outros Estado do país).

Back To Top