skip to Main Content
24 de maio de 2020 | 07:06 pm

SEBRAE OFERECE CONSULTORIA FINANCEIRA GRATUITA A EMPRESAS NO SUL DA BAHIA

Consultoria online é ofertada gratuitamente pelo Sebrae no sul da Bahia || Foto Divulgação/Sebrae
Tempo de leitura: 2 minutos

Os micro e pequenos empresários do sul da Bahia podem contar com assessoria financeira gratuita do Sebrae. A consultoria online Presença Financeira tem sido bastante procurada por empresários que buscam orientações em meio à crise gerada pela pandemia de covid-19, segundo o escritório do Sebrae em Ilhéus, que atende a região sul. O serviço já registrou mais de 200 agendamentos para consultoria financeira e digital.

Os atendimentos são feitos por um consultor especialista e um analista do Sebrae. Os clientes podem sanar dúvidas ou até mesmo aprender como melhorar a gestão de contas e equilibrar dívidas e tributos, além de entender se este é um momento propício para compras ou de focar no estoque.

A gerente regional do Sebrae em Ilhéus, Claudiana Figueiredo, destaca que os clientes atendidos com as soluções desenhadas pelo Sebrae Bahia, neste cenário de desafios ocasionados pela pandemia, “têm sinalizado uma grande percepção de valor e aplicabilidade das recomendações recebidas”.

– Diariamente, estamos atendendo as demandas espontâneas, mas também estamos em contato através de ligações e outros meios para saber como os nossos clientes estão, quais as dificuldades e, a partir de uma escuta empática e ativa, ofertamos a solução mais convergente com a necessidade apresentada – explica Claudiana Figueiredo.

Embora o momento seja de dificuldades, Fernanda Sepúlveda, proprietária da loja de moda fitness Body de Luxo, em Itabuna, considera que este é o momento para encarar as oportunidades e enxergar melhoria os negócios. “A consultoria me trouxe vários benefícios e informações que eu desconhecia e já fiquei com o meu ‘dever de casa’”, frisa a empresária que participou da consultoria Presença Financeira.

A receptividade dos empresários baianos tem sido positiva. “Isso mostra que estamos no caminho certo e ofertando o que é mais adequado para o momento. Entretanto, estamos atentos também às necessidades futuras no processo de recuperação desses empresários” aponta a gerente da Unidade de Atendimento Coletivo, Célia Fernandes.

Leia Mais

MEGA-SENA ACUMULA E PRÊMIO SOBE PARA R$ 42 MILHÕES

Mega-Sena deve pagar R$ 47 milhões
Tempo de leitura: < 1 minuto

A Mega-Sena acumulou mais uma vez. Os números sorteados, na noite de sábado (25), no Espaço Loterias Caixa, no terminal Rodoviário Tietê, em São Paulo, foram 15 – 20 – 39 – 41 – 49 – 57. O prêmio estimado para o próximo sorteio é de R$ 42 milhões para o acertador das seis dezenas.

No sorteio de ontem,  25 apostas acertaram cinco números e cada um receberá R$ 93.534,52.  Já os 2.144 ganhadores da quadra receberão o prêmio individual de R$ 1.558,07. O próximo sorteio da Mega-Sena será na quarta-feira (29).

As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília) do dia do sorteio em lotéricas ou pela internet. A aposta com seis dezenas custa R$4,50. Mas o apostador pode pagar mais para marcar uma quantidade maior de número.

SORTEIO DE R$ 30 MILHÕES DA DUPLA SENA DE PÁSCOA SERÁ NESTE SÁBADO

Sorteio especial será daqui a pouco
Tempo de leitura: < 1 minuto

A Dupla Sena de Páscoa, concurso especial 2.070, será neste sábado (25), com prêmio estimado em R$ 30 milhões. O sorteio será às 20h, no Espaço Loterias Caixa Econômica Federal, em São Paulo.

As apostas podem ser feitas até às 19h nas lotéricas de todo o país, pelo portal Loterias e pelo app Loterias Caixa, disponível para usuários da plataforma iOS.

A Dupla de Páscoa não acumula. Se não houver ganhadores na faixa principal, o prêmio será dividido entre os acertadores da quina, quadra ou terno. Com apenas uma aposta simples, com seis números, no valor de R$ 2,50, o apostador tem o dobro de chances de ganhar.

São dois sorteios por concurso e ganha quem acertar 3, 4, 5 ou 6 números, tanto no primeiro quanto no segundo sorteio. Basta escolher de 6 a 15 números dentre os 50 disponíveis. Também é possível deixar que o sistema automaticamente escolha os números (Surpresinha).

O ganhador que optar por aplicar os R$ 30 milhões do prêmio na Poupança da Caixa receberá um rendimento mensal de quase R$ 65 mil. Ou, se preferir investir em bens, poderá comprar 75 carros de luxo, no valor de R$ 400 mil cada.

CAIXA ABRIRÁ AGÊNCIAS NESTE SÁBADO PARA ATENDIMENTO A SERVIÇOS ESSENCIAIS

Caixa abrirá agências para pagar benefícios
Tempo de leitura: < 1 minuto

A Caixa Econômica Federal abrirá, neste sábado (25), das 8h às 12h, 799 agências para atendimento de serviços essenciais à população. Poderão ser sacados benefício do INSS, Seguro Desemprego/Defeso,  Bolsa Família e outros benefícios sociais sem cartão e senha, Abono Salarial e FGTS, conta salário e desbloqueio de cartão e senha de contas.

As unidades terão fluxo de clientes controlado e nas salas de autoatendimento será permitida a entrada de um ou dois clientes por máquina, de acordo com o espaço físico disponível. Tais medidas visam manter o distanciamento mínimo de um metro entre as pessoas. Além disso, está sendo efetuada sinalização para delimitação nos pisos externos das agências para manutenção do afastamento social.

De acordo com a Caixa, uma série de medidas sendo adotadas para reduzir o impacto das filas. Desde quarta-feira (22), 1.102 agências pelo país passaram a abrir com 2 horas de antecedência para atendimento de serviços essenciais, funcionando das 8h às 14h.. Acesse aqui e veja as agências que vão funcionar neste sábado.

Leia Mais

ROGÉRIO SALUME, DA WINE, FALA SOBRE E-COMMERCE PARA EMPRESÁRIOS DE ITABUNA

Salume, da Wine, fará palestra online na próxima terça (28)
Tempo de leitura: < 1 minuto

Dos principais nomes do e-commerce brasileiro, Rogério Salume, da Wine, será o palestrante do I SOS Empresarial – E-commerce na contramão da crise, organizado pela Associação Comercial e Empresarial de Itabuna (ACI). A palestra online será na próxima terça (28), às 19h. Salume, que é itabunense e um dos fundadores da Wine, trará informações do varejo online e apresentará estratégias para que empreendedores driblem a crise e vendam mais.

A ação é do Programa de Qualificação Social, Núcleo de Jovens Empreendedores da Associação Comercial e Empresarial de Itabuna e do Movimento Empresarial Sul da Bahia em Ação. A palestra online será transmitida, via Zoom, com o investimento no valor de R$ 20,00.

A taxa será revertida em mantimentos e distribuída para as pessoas pobres. Para participar é necessário apenas fazer o cadastro pelo link: https://www.sympla.com.br/sos-empresarial__838966, baixar o aplicativo ZOOM, e no dia e horário do evento realizar o acesso ao site do Sympla, na aba “Meus Ingressos”.

PESQUISA DO SEBRAE APONTA MAIOR ADESÃO DAS EMPRESAS AO ATENDIMENTO NA BAHIA

Tempo de leitura: 2 minutos

Pesquisa Sebrae feita no período de 13 a 16 de abril apontou que 49% dos entrevistados estão com seus negócios atendendo remotamente e 20% deles iniciaram o atendimento remoto na pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Dos negócios que iniciaram o atendimento remoto após a pandemia, apenas 3% tiveram aumento das vendas. Para 14%, o faturamento não sofreu mudanças e outros 26% sofreram queda na receita.

Dentre os que atendem remotamente, as principais dificuldades encontradas com esta nova forma de atender foram falta de estrutura logística para entrega (43%), falta de tecnologia adequada ao seu negócio (36%), além de falta de produtos/embalagens para entrega (19%) e de funcionários para a operação (16%).

Outros obstáculos encontrados pelos empreendedores foram a falta de clientes (12%) e de espaço físico para a manutenção do estoque (9%). Após o fim da pandemia 71% dos entrevistados disseram que pretendem incluir o atendimento online no seu empreendimento, demonstrando um crescimento desta modalidade de serviço depois da crise.

Outro dado levantado pela pesquisa foram as formas que os empreendedores estão buscando orientações para gerir o negócio. Dos entrevistados, 45% dos que estão procurando ajuda do Sebrae Bahia preferem que o atendimento seja feito por e-mail, com envio de conteúdos especializados, e 34% por aplicativos de mensagens. Marketing Digital, empreendedorismo e finanças são os assuntos que mais geram interesse para 40% dos empresários.

A PESQUISA

O levantamento do Sebrae Bahia teve como objetivo identificar como os pequenos negócios baianos estão sendo afetados e reagindo aos efeitos de restrição e isolamento causados pelo COVID-19. A amostra teve a participação 358 empreendedores que integram o cadastro do Sebrae Bahia.

Quanto ao porte dos negócios que participaram da pesquisa, 37% são de Microempreendedores Individuais (MEI), 35% são Microempresa e 8% estão enquadradas como Empresa de Pequeno Porte.

Dos entrevistados, 54% são do sexo masculino e 46% são mulheres. A idade média dos empreendedores ouvidos é de 43 anos, com incidência maior na faixa etária de 36 a 45 anos. 56% do público ouvido possui pós-graduação.

Quanto aos setores de atuação, 35% são do serviço, outros 35% são do comércio e 9% da indústria. O tempo médio de atividade dos participantes no mercado é de 9 anos. A pesquisa completa pode ser consultada neste link.

GOVERNO ADIA ANTECIPAÇÃO DA 2ª PARCELA DO AUXÍLIO DE R$ 600; CONFIRA NOTA

Governo vai adiar pagamento da segunda parcela do auxílio emergencial
Tempo de leitura: 3 minutos

Por meio de nota emitida nesta quarta (22), o Ministério da Cidadania confirmou que adiará o pagamento da segunda parcela do auxílio emergencial de R$ 600,00. Pagamento estava prometido para ocorrer a partir da próxima segunda (27).

Segundo o Ministério da Cidadania, o valor disponível para cada uma das parcelas é R$ 32,7 bilhões, dos quais R$ 31,3 bilhões já transferidos relativos à primeira parcela. Segundo a nota, 12 milhões de cadastros ainda estão sendo avaliados para a primeira parcela.

De acordo com o Ministério da Cidadania, o adiamento do pagamento da segunda parcela atende a recomendação da Controladoria-Geral da União (CGU). “Por essa razão, o Ministério da Cidadania produziu nesta data uma nota técnica e já solicitou ao Ministério da Economia a previsão para uma suplementação orçamentaria o mais rápido possível. Em virtude disso, por fatores legais e orçamentários, pelo alto número de requerentes que ainda estão em análise, estamos impedidos legalmente de fazer a antecipação da segunda parcela do Auxílio-Emergencial”.

Confira a íntegra da nota abaixo:

Leia Mais

SENADO APROVA AMPLIAÇÃO DO AUXÍLIO DE R$ 600 PARA MAIS 20 CATEGORIAS

Senador amplia benefício de R$ 600 para mais 20 categotias
Tempo de leitura: < 1 minuto

O Senado aprovou, nesta quarta-feira (22), a proposta (PL 873/2020) que amplia a lista das pessoas que podem receber R$ 600, durante três meses, por causa da pandemia do novo coronavírus.Agora,  o projeto precisa ser sancionado pelo presidente Jair Bolsonaro.

Com a decisão de hoje, mais de 20 categorias devem ser incluídas na lista do benefício, entre eles extrativistas, assentados da reforma agrária, artesãos, profissionais da beleza (como cabeleireiros e manicures), ambulantes que comercializem alimentos, diaristas, garçons, motoristas de aplicativos, taxistas ,catadores de recicláveis e pescadores artesanais que não recebam seguro-defeso.

O substitutivo proíbe a recusa de concessão do auxílio emergencial a trabalhador civilmente identificado sem CPF ou título de eleitor regularizado e estabelece, também, mecanismos de regularização do CPF.

O projeto original é do senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) e foi aprovado na casa por unanimidade. A proposta foi alterada na Câmara dos Deputados e, por isso, o texto substitutivo teve que voltar à apreciação do Senado.

CRESCE EM 98% NÚMERO DE DENÚNCIAS AO MPT-BA APÓS A COVID-19

Luís Carneiro, do MPT, fala sobre trabalho da instituição na pandemia
Tempo de leitura: 2 minutos

O número de denúncias recebidas pelo Ministério Público do Trabalho (MPT) na Bahia cresceu 98% desde que foram iniciadas as medidas de restrição à circulação de pessoas para prevenir a aceleração da pandemia no estado. Os dados integram levantamento realizado pelo órgão responsável pela proteção da legislação nas relações trabalhistas, que aponta ainda aumento significativo em quase todos os indicadores de produtividade.

Além das denúncias, cresceu exponencialmente o número de inquéritos instaurados (165%), subindo de 63 para 167, e de recomendações enviadas, que saltou de três para 1.848. Os percentuais se referem à comparação dos 30 dias após o início da pandemia com a média dos dois primeiros meses do ano.

“Em momentos como o que estamos vivendo, a atuação de instituições que regulam as relações torna-se ainda mais importante. O MPT tem registrado volumes recordes de demandas apresentadas pela sociedade e está respondendo também com ampliação de sua atuação”, avaliou o procurador-chefe do órgão no estado, Luís Carneiro. Ele destaca o Plano Estratégico traçado assim que a crise se instalou no país, que privilegia as recomendações e orientações a trabalhadores e empregadores, mas não deixa de lado a possibilidade de atuação judicial em caso de descumprimento do que diz a lei.

O número de denúncias recebidas por meio do portal do MPT na Bahia (prt5.mpt.mp.br) chegou a 564 no período de 15 de março a 14 de abril, superando em 98% a média registrada nos períodos de 30 dias de 15 de janeiro a 14 de fevereiro e no período de 15 de fevereiro a 14 de março deste ano. Além de reflexos da pandemia, as denúncias também apresentam situações como trabalho escravo, descumprimento de cotas e outras irregularidades trabalhistas não relacionadas aos efeitos do covid-19.

Leia Mais

QUEM TEM AUXÍLIO DE R$ 600 NEGADO PODE FAZER NOVA SOLICITAÇÃO

Senador amplia benefício de R$ 600 para mais 20 categotias
Tempo de leitura: 2 minutos

O cidadão que tiver o auxílio emergencial de R$ 600,00 negado pode agora contestar o resultado da análise e pedir novamente o benefício diretamente pelo aplicativo ou site do programa. A atualização nas plataformas foi feita a partir desta segunda-feira (20), informou a Caixa Econômica Federal.

No aplicativo ou no site, quem receber o aviso de “benefício não aprovado” pode verificar o motivo e fazer uma contestação. Se o aviso for de “dados inconclusivos”, o solicitante pode fazer logo a correção das informações e entrar com nova solicitação, de acordo com a Caixa.

A responsável por informar o motivo do auxílio emergencial não ter sido aprovado é a Dataprev, estatal federal de tecnologia que analisa os dados informados pelo solicitante. O resultado é depois homologado pelo Ministério da Cidadania.

Para ter direito ao auxílio é preciso atender aos critérios estabelecidos pela legislação, como não ter emprego formal, não receber outro benefício do governo (com exceção do Bolsa Família), ter renda familiar mensal maior que R$ 3.135,00 ou R$ 522,50 per capita (por pessoa), entre outros. As condições completas são descritas no site do programa (https://auxilio.caixa.gov.br/#/inicio ).

Segundo a Caixa, responsável pelos pagamentos, as principais inconsistências nos dados informados pelos solicitantes são:

• marcação como chefe de família sem indicação de nenhum membro;

• falta de inserção da informação de sexo;

• inserção incorreta de dados de membro da família, tais como CPF e data de nascimento;

• divergência de cadastramento entre membros da mesma família;

• inclusão de alguma pessoa da família com indicativo de óbito.
CadÚnico

Os trabalhadores informais que possuem Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal, o CadÚnico, tem sua elegibilidade para receber o auxílio emergencial analisada automaticamente pela Dataprev.

Nesse caso, se tiver o auxílio negado mesmo acreditando ter direito ao benefício, o trabalhador também pode recorrer diretamente no aplicativo do auxílio emergencial ou no site do programa, informou a Caixa. Da Agência Brasil.

Back To Top