skip to Main Content
21 de janeiro de 2021 | 05:30 pm

ACIDENTE COM DOIS VEÍCULOS CAUSA TRÊS MORTES NA BA-001

Acidente ocorreu no trecho de Belmonte da BA-001
Tempo de leitura: < 1 minuto

Três pessoas morreram em um acidente envolvendo dois carros no km 690 da BA-001, no trecho da cidade de Belmonte, no extremo-sul da Bahia. Eles estavam no mesmo veículo. O acidente aconteceu por volta das 15h20, na terça-feira (12).

De acordo com a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), os dois veículos bateram de frente. A PRE não detalhou se um deles tentava fazer ultrapassagem na pista, antes do acidente. Duas pessoas também ficaram feridas.

As vítimas foram identificadas como Alvacir Ferreira, de 55 anos, Maria Helena da Rocha Andrade, 54, e o idoso Sérgio Rodrigues dos Passos, 71. Os corpos foram removidos pelo Departamento de Polícia Técnica (DPT) e levados para o Instituto Médico Legal (IML) de Itamaraju.

Os feridos foram identificados como Vilma de Souza Rocha, que não teve idade revelada e também estava no veículo com as vítimas que morreram, além de Izaque Oliveira de Souza Chaves, de 42 anos, que estava sozinho no outro carro.

Vilma e Izaque foram socorridos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levados para o Hospital Municipal de Alcobaça. Não há detalhes sobre o estado de saúde dos dois.

Os carros foram removidos da pista por volta das 19h30min e o trânsito na região foi desviado até esse horário. Os veículos foram levados para a delegacia da região. Informações do G1-BA.

MAIS VINTE APROVADOS EM CONCURSO PARA AUDITOR FISCAL DA SEFAZ SÃO NOMEADOS

Aprovados em concurso da Sefaz serão nomeados nesta quarta-feira
Tempo de leitura: < 1 minuto

A nomeação de mais 20 aprovados no concurso público para auditor fiscal, convocados em março do ano passado, será publicada no Diário Oficial do Estado desta quarta-feira (13). O anúncio foi feito pelo governador Rui Costa, por meio das redes sociais.

As nomeações incluem oito candidatos para a área de Administração, Finanças e Controle Interno; seis candidatos para o setor de Tecnologia da Informação; e outros seis candidatos para atuar na Administração Tributária. O decreto de nomeação também estará disponível no Portal do Servidor.

Esta é a segunda nomeação para o concurso, promovido pelas secretarias da Administração (Saeb) e da Fazenda (Sefaz-BA). Lançado em fevereiro de 2019, sob a organização da Fundação Carlos Chagas (FCC), o concurso teve a oferta de 60 vagas para as três áreas.

O resultado final e a homologação do certame foram divulgados no dia 17 de dezembro do mesmo ano. O concurso público tem validade de um ano, podendo ser renovado por igual período.

FUNDAÇÃO ABRE 121 VAGAS DE EMPREGO NO HOSPITAL DA CHAPADA

Vagas são para profissionais de saúde. Inscrições vão até sexta-feira (15)
Tempo de leitura: < 1 minuto

A Fundação Fabamed iniciou processo seletivo para preencher 121 vagas do Hospital Regional da Chapada, em Seabra, município da região central da Bahia. As oportunidades são para profissionais de saúde: técnicos de enfermagem, enfermeiros, fisioterapeutas, farmacêuticos, psicólogos, fonoaudiólogos, nutricionistas, assistentes sociais, biomédicos e técnicos de laboratório.

Responsável pela administração do hospital público, a Fabamed vai realizar as contratações por meio do regime celetista, com salários de até R$ 3 mil. Interessados devem enviar currículos para o seguinte e-mail: recrutamento.fabamed@gmail.com, até sexta-feira (15).

Além de Seabra, o Hospital Regional da Chapada é a unidade de referência para os municípios de Abaíra, Boninal, Ibitiara, Iraquara, Lençóis, Mucugê, Novo Horizonte, Palmeiras, Piatã, Souto Soares, Oliveira dos Brejinhos e Brotas de Macaúbas.

ITABUNA RECOLHE MAIS DE 400 TONELADAS DE ENTULHO E LANÇARÁ CAMPANHA

Homens fazem desinfecção do Centro Comercial, em Itabuna || Foto Divulgação
Tempo de leitura: < 1 minuto

Balanço da Superintendência de Serviços Públicos, da Secretaria de Infraestrutura e Urbanismo de Itabuna, aponta que na primeira semana de janeiro mais de 400 toneladas de entulhos, resíduos e detritos foram recolhidos em vários no centro e bairros de Itabuna. Devido à grande quantidade de entulhos retirados das ruas, a Prefeitura anunciou campanha de orientação à população.

De acordo com o superintendente de Serviços Públicos, Francisco de Sousa Lino Filho, a campanha buscará informar sobre o cronograma, com dias e horários de recolhimento de materiais inservíveis que algumas pessoas descartam em locais inadequados, a exemplo de calçadas, leito dos canais e artérias e praças públicas. “Também vamos criar uma linha direta para receber denúncias sobre locais de descarte e mesmo sobre quem faz isto. A princípio, vamos fazer campanha educativa”, esclarece.

A Superintendência de Serviços Públicos identificou 46 pontos de lixo em locais inadequados em diversos bairros da cidade em um levantamento preliminar. Segundo o órgão, o trabalho será ampliado para que a prática seja coibida com ações educativas. “As pessoas precisam cooperar com o esforço do poder público em manter a cidade limpa com benefícios para a saúde de todos”, reforça Sousa Lino.

PROJETO ABRE INSCRIÇÕES PARA OFICINA GRATUITA DE DANÇA DE SALÃO EM ITABUNA

Projeto abre inscrições para oficina de dança em Itabuna
Tempo de leitura: < 1 minuto

O projeto “Dançando com Aldenor Garcia” está com inscrições abertas, em Itabuna, para Oficina de Dança de Salão, com oferta de 40 vagas gratuitas para jovens, adultos e idosos. A atividade será realizada no Stúdio K3CA, na Rua do Paty, 663, no bairro São Caetano. As inscrições vão até o dia 18 e os interessados precisam somente preencher a ficha no local ou enviar e-mail para aldenorgarcia1@gmail.com, com assunto “Oficina Dança de Salão”.

A Oficina de Dança ocorrerá no período de 19 a 31 de Janeiro, sempre das 16h às 17h30min. De acordo com os organizadores, o evento respeitará todas as regras de segurança e combate a proliferação do vírus, como uso obrigatório de máscara, disponibilização de álcool em gel, sabão e água para higienização das mãos.

O projeto tem apoio financeiro da Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania, por meio do edital 008/2020, via Lei Aldir Blanc, que é direcionada pela Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo. A realização do projeto é reflexo do trabalho que o coreógrafo, ator e professor de dança de salão Aldenor Garcia desenvolve desde 1989 em municípios como Itabuna, Ilhéus, Buerarema, Pau Brasil, Coaraci e Ipiaú. Mais informações pelo telefone (73) 98835-8243.

ITABUNA JÁ REGISTRA 17,2 MIL CASOS DE COVID-19

Itabuna registra 149 casos de Covid-19 em 24 horas || Foto José Nazal
Tempo de leitura: < 1 minuto

O número de casos de novo coronavírus não para de crescer em Itabuna.  O município do sul da Bahia contabilizou mais 149 pessoas positivadas nas últimas 24 horas. O número total de infectados pelo vírus subiu de 17.064, ontem, para 17.213 nesta segunda-feira (11).

A quantidade de casos ativos de Covid-19 (pessoas doentes se recuperando) caiu nas últimas horas. Baixou de 897, ontem, para 810 hoje, conforme boletim epidemiológico da Secretaria Municipal de Saúde (SMS).  São 87 casos ativos a menos nesse período.

Itabuna tem 39 pacientes internados, sendo que 23 em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Os outros 16 pacientes estão em leitos clínicos (enfermaria). Existem 16.035 pessoas recuperadas da doença.  A Covid-19 já causou 368 óbitos no município.

ILHÉUS: GRUPOS CULTURAIS DENUNCIAM EXECUÇÃO DA LEI ALDIR BLANC AO MPF

Secretaria de Cultura e Turismo de Ilhéus é alvo de representação feita ao MPF
Tempo de leitura: 2 minutos

Em nota enviada à imprensa nessa segunda-feira (11), o professor e produtor cultural Edson Ramos informa que a execução dos recursos da Lei Aldir Blanc (LAB) em Ilhéus é objeto de representação feita hoje ao Ministério Público Federal (MPF) e ao Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA). O texto aponta possíveis “ilegalidades” na distribuição dos recursos emergenciais da cultura, que cabe à gestão municipal.

A LAB (Lei nº 14.017/2020) destinou R$ 1.206.000,00 para o Fundo Municipal de Cultura de Ilhéus. Desse total, R$ 666.000,00 vão pagar os subsídios dos grupos e espaços culturais impactados pela pandemia de Covid-19. Já o edital Arte-livre vai distribuir R$ 540.000,00 entre projetos de intervenção artística que serão executados a partir de fevereiro de 2021.

De acordo com Edson, no caso dos subsídios, os critérios “confusos” de habilitação adotados pela Secretaria de Cultura e Turismo excluíram entidades que têm o direito de receber os recursos, que variam de R$ 3 mil a R$ 10 mil. Enquanto a legislação nacional previa um credenciamento simples, a prefeitura criou parâmetros “caóticos e incoerentes com a natureza da lei”, escreveu Ramos, num artigo publicado em agosto de 2020.

Também critica o conteúdo do edital Arte-livre, que “não publicou os critérios de análise” dos projetos enviados. “A comissão de análise”, continua o professor, “não contou com a participação de especialistas com conhecimento na área, não houve a participação do Conselho Municipal de Cultura ou da Sociedade Civil, não houve a publicação das pontuações, classificações, justificativas ou pareceres de análise das propostas”.

Ainda segundo o professor, o princípio da impessoalidade pode ter sido ignorado na execução do edital Arte-livre. “Muitas propostas selecionadas são em nome de figuras direta ou indiretamente ligadas à comissão de implementação da LAB, ou ao funcionalismo público ou seus parentes”.

OUTRO LADO

Ouvido pelo PIMENTA na tarde de hoje (11), o secretário de Cultura e Turismo de Ilhéus, Fábio Júnior, destacou que a comissão responsável pelo edital Arte-livre conta com membros capacitados tecnicamente.

Para Fábio, Edson age em busca de holofotes. Também lamentou que a comissão não tenha sido procurada por Ramos no prazo devido para a apresentação de contestações formais. “Depois que não foi contemplado, ele achou tudo isso que tem divulgado”.

Conforme o secretário, outras denúncias sobre os subsídios e o edital – feitas no âmbito administrativo – estão sendo averiguadas, e eventual irregularidade será sanada.

MEC PUBLICA NOVAS DIRETRIZES GERAIS PARA EDUCAÇÃO BÁSICA

Documento regulamenta novo Sistema de Avaliação da Educação Básica (SAEB) ||Foto Marcelo Camargo/Agência Brasil
Tempo de leitura: 2 minutos

O Ministério da Educação (MEC) publicou hoje (11), no Diário Oficial da União (DOU), uma portaria com diretrizes gerais para a implementação do novo Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb). O texto especifica alguns pontos de outra portaria a pasta, publicada em maio de 2020, que determinou que o Saeb será anual e que os resultados do exame também poderão ser usados para ingresso no ensino superior.

O Saeb é um conjunto de instrumentos que permite a produção e a disseminação de evidências, estatísticas, avaliações, exames e estudos a respeito da qualidade das etapas que compõem a educação básica, que engloba a Educação Infantil, o Ensino Fundamental obrigatório de nove anos e o Ensino Médio.

Atualmente a avaliação é aplicada de dois em dois anos a estudantes dos 2º, 5º e 9º anos do ensino fundamental e da 3ª série do ensino médio. A portaria publicada em maio, diz que, a partir de 2021, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) passará a avaliar os estudantes todos os anos, a partir do 2º ano do ensino fundamental até o final do ensino médio.

Entre outros pontos, a portaria publicada nesta segunda-feira diz que deverão ser formulados novos objetivos para a avaliação dos estudantes do Ensino Médio, que ocorrerá de maneira seriada e será um exame alternativo de ingresso ao ensino superior.

O texto também diz que a Educação Infantil (de 0 a 5 anos) será avaliada a cada dois anos exclusivamente pela aplicação de questionários eletrônicos de natureza não cognitiva.

De acordo com a portaria, o Inep também deve realizar em parceria com estados e municípios, um Saeb censitário, anual e para as quatro áreas do conhecimento da educação básica; ampliar de forma gradativa a população de referência da avaliação e das condições de acessibilidade dos testes e dos questionários, com progressiva aplicação eletrônica dos exames.

As alterações visam ajustar o Saeb às mudanças na Base Nacional Comum Curricular observadas as Diretrizes Curriculares Nacionais, na Política Nacional de Alfabetização e o novo Ensino Médio.

O Inep deverá formar uma comissão especial, formada por representantes do órgão, do MEC, do Conselho Nacional de Secretários de Educação, União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação, além de pesquisadores para assessorar “técnica e pedagogicamente na formulação dos instrumentos de avaliação e na progressiva ampliação da população de referência do Saeb”. Informações da Agência Brasil.

AULÃO VIRTUAL DO 100% ENEM ABORDARÁ MATEMÁTICA NESTA TERÇA (12)

Tempo de leitura: < 1 minuto

Matemática será o destaque do aulão virtual do projeto ENEM 100%, nesta terça-feira (12), às 16h. A atividade, que contará com a participação do professor Rodrigo Ribeiro, é promovida pela Secretaria da Educação do Estado (SEC), sendo transmitida, ao vivo, pelo canal do Youtube da Educação Bahia (https://bit.ly/2G2kOpt).

A ação pedagógica busca auxiliar os estudantes na preparação para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020, cujas provas, na versão impressa, serão aplicadas nos dias 17 e 24 de janeiro de 2021 e, na versão digital, em 31 de janeiro e 7 de fevereiro.

Os aulões virtuais do projeto ENEM 100% ocorrem às terças e sextas-feiras, sempre das 16h às 17h, envolvendo diferentes componentes curriculares, e fazem parte de uma série de atividades lançada pela SEC para fortalecer a aprendizagem dos estudantes que irão prestar o ENEM.

Leia Mais

ENEM TERÁ REGRAS PARA TENTAR EVITAR CONTÁGIO PELO CORONAVÍRUS; VEJA

Tempo de leitura: 4 minutos

Os participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 devem estar atentos às regras para evitar o contágio pelo novo coronavírus. As medidas que devem ser adotadas tanto na aplicação do Enem impresso quanto do Enem digital estão previstas nos editais dos exames, e o descumprimento poderá levar inclusive à eliminação dos candidatos.

A máscara de proteção facial será item obrigatório nesta edição do Enem. Além de precisar apresentar um documento oficial original com foto e de ter uma caneta esferográfica de tinta preta, fabricada em material transparente, quem não estiver de máscara não poderá fazer a prova.

Dentro de sala, os estudantes deverão permanecer com a máscara durante toda a realização do exame. O edital prevê que a máscara deve ser usada da maneira correta, cobrindo o nariz e a boca. Caso isso não seja feito, o participante será eliminado. Os candidatos poderão levar máscaras para trocar durante a aplicação, seguindo a recomendação de especialistas da área de saúde.

O equipamento de proteção poderá ser retirado apenas para a identificação dos participantes, para comer e beber. Toda vez que retirarem a máscara, os participantes não devem tocar na parte frontal dela, e devem, em seguida, higienizar as mãos com álcool em gel próprio ou fornecido pelo aplicador. As mãos devem ser higienizadas também quando os participantes forem ao banheiro e no decorrer do exame.

Outra regra é o distanciamento social. As salas, de acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), estarão dispostas de forma a assegurar a distância entre os participantes.

Quem for diagnosticado com covid-19 ou apresentar sintomas da doença, ou de outra infectocontagiosa até a realização do exame deve comunicar o Inep pela Página do Participante e pelo telefone 0800 616161. Esses candidatos terão direito de participar da reaplicação do Enem nos dias 23 e 24 de fevereiro.

PANDEMIA

A realização das provas em um momento de aumento de dos casos e das mortes por covid-19 em todo o país preocupa professores, estudantes, autoridades e especialistas. “É um risco grande mobilizar milhões de pessoas em um momento desses”, diz o professor titular de epidemiologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro, Roberto Medronho. Em todo o país, cerca de 5,8 milhões de estudantes estão inscritos para fazer o Enem, de acordo com o Inep.

Segundo Medronho, as medidas anunciadas ajudam a controlar a transmissão, mas não há um cenário completamente seguro. “Garantia não há. O ideal é suspender o exame. Mas, posso dizer que vai minimizar de forma razoável o risco”, diz.

De acordo com Medronho, os participantes podem também se proteger evitando aglomerações nos portões do local exame, mantendo um distanciamento de pelo menos 1,5 metro das pessoas ao redor, mesmo antes de entrar na prova. Devem também, mesmo que não seja obrigatório, levar máscaras para trocar ao longo do exame. “Recomendo que levem duas máscaras e que na metade da prova troque pela máscara nova. Com isso, estarão protegendo a si mesmos e protegendo os colegas”, orienta.

PEDIDOS DE ADIAMENTO

Com o agravamento da pandemia, surgiu nas redes sociais um novo movimento pedindo o adiamento do Enem. O Brasil bateu a marca de 200 mil pessoas mortas pela covid-19. O número diário de óbitos ultrapassou a marca de 1 mil por dia.

Leia Mais
Back To Top