skip to Main Content
26 de fevereiro de 2020 | 04:00 am

JOGADOR ITABUNENSE TEM MULTA DE R$ 210 MILHÕES EM NOVO CONTRATO COM O SANTOS

Tempo de leitura: < 1 minuto

Sandry assina o seu primeiro contrato profissional com o Santos|| Foto Ivan Storti/Santos FC

O jogador itabunense Sandry Roberto, de 16, anos, assinou renovação de contrato com o Santos por mais três temporadas, com multa rescisória em torno de R$ 210 milhões na cotação atual. A negociação entre os representantes do volante e a diretoria da equipe da Vila Belmiro foi tensa. Chegou-se a imaginar que o vínculo não seria estendido.

Sandry Roberto assinou contrato com validade de três anos, com opção de renovação por mais duas temporadas. O itabunense volta a treinar com a equipe principal do Santos já nesta terça-feira (6).  No início do ano, o volante chegou a atuar nos profissionais e encantou o treinador Jorge Sampaoli. Ele atuou contra Bragantino, pelo Paulistão, e Altos-PI, pela Copa do Brasil.

Mas, durante a discussão para a renovação de contrato, teria sido apresentada uma proposta que não agradou os representantes do atleta, que foi colocado para treinar em separado do restante do grupo. O itabunense Sadry Roberto começou na Escolinha de futsal do Colégio Ciso e passou pelo futebol de campo da Associação Atlética Banco do Brasil (AABB), em Itabuna.

(23h59min – A matéria foi alterada para correção do valor da multa rescisória. A correta é a publicada às 22h08min, pois o valor superior a R$ 400 milhões inclui a multa do jogador Tailson)

JACUIPENSE PERDE CHANCE DE DISPUTAR O TÍTULO DA SÉRIE D DO BRASILEIRO

Tempo de leitura: 2 minutos

Jacuipense deixa escapar classificação para a final da série D

O Manaus é o primeiro finalista da Série D 2019 do Campeonato Brasileiro. Na noite deste sábado (3), a equipe fez o dever de casa e, depois de empatar o primeiro jogo diante do Jacuipense em 1 a 1, na Bahia, conquistou uma vitória simples, mas suficiente para carimbar a vaga para a grande decisão da competição. Na Arena da Amazônia, Hamilton, de pênalti, garantiu o triunfo dos mandantes por 1 a 0.

Manaus e Jacuipense protagonizaram 45 minutos de de muita marcação e poucas chances. Jogando em casa, o time manauara teve as melhores oportunidades do primeiro tempo. Aos 28, Rossini cruzou na área, Hamilton escorou e Dolem finalizou para fora. Na marca dos 36, os baianos passaram a ter um jogador a menos em campo após expulsão de Nilson. O Manaus tentou se aproveitar da vantagem numérica e, já nos acréscimos, Derlan aproveitou escanteio e obrigou Jordan a fazer a defesa.

Na volta do intervalo, os donos da casa tomaram conta do jogo e quase abriram o placar depois de cobrança de falta de Negueba, aos três minutos. A pressão manauara seguiu e, aos 19 minutos, a arbitragem assinalou pênalti para o Manaus. Hamilton cobrou com segurança para fazer 1 a 0. Com a vantagem, o time do Norte controlou a partida até o apito final e saiu de campo classificado para final da Série D 2019.

O Manaus agora aguarda o classificado do duelo entre Ituano-SP e Brusque-SC, que se enfrentam neste domingo.Mesmo perdendo o jogo e deixando escapar a vaga na final da série D, o Jacuipense garantiu vaga na série C do Campeonato Brasileiro de 2020.

JOGADOR ITABUNENSE É CAMPEÃO NAS CATEGORIAS DE BASE DO PALMEIRAS

Tempo de leitura: < 1 minuto

Itabunense é campeão na base do Palmeira

Jogando pelo Palmeiras, o itabunense Daniel Prates, de 11 anos, conquistou o título da Copa de Futebol Infantil, no interior de São Paulo. Na final da competição, no domingo (28), no Estádio Municipal Bruno Lazzarinio, o time de Daniel derrotou o Athletico Paranaense, por 1 a 0, e ficou com o título inédito.

Time sub-11 do Palmeiras conquista título

Daniel Prates tem passagem com destaque pela Associação Atlética do Banco do Brasil de Itabuna (AABB), que revelou atletas que estão atuando em diversas equipes do país, principalmente na Região Sudeste. Um dos treinadores das equipes da base da AABB de Itabuna é conhecido professor Vladistone Menezes, um apaixonado pelos esportes.

A Copa de Futebol Infantil contou com a participação de grandes equipes do futebol brasileiro. Além de Palmeiras e Athletico-PR, a competição foi disputada por jogadores das categorias de base de Vasco, Fluminense, Coritiba, Grêmio, Atlético-MG, Red Bull Brasil, Santos, Coritiba e Escolinha de Leme.

JUDOCA DE ILHÉUS LUTA CONTRA FALTA DE APOIO E CONQUISTA MAIS UMA MEDALHA

Tempo de leitura: 2 minutos

Judoca conquista mais uma medalha|| Foto Lucas França

O judoca Hakson Andrade conquistou mais uma medalha para a sua coleção. Desta vez, o atleta de Ilhéus ficou com o bronze no Campeonato Brasileiro de Judô Veteranos, em Natal (RN). Ele subiu ao pódio pela segunda vez em menos de 30 dias. No início do mês, foi ouro na 5ª etapa do Circuito Baiano de Judô, em Simões Filho.

O atleta soma mais de três mil medalhas conquistadas em sua carreira. Mesmo com essa trajetória vitoriosa,  Hakson Andrande enfrenta dificuldades para participar das competições porque não conta com patrocinador oficial. Além dos treinamentos, o desafio do atleta é manter o alto rendimento, mesmo com poucas perspectivas de apoio oficial.

Lutando contra a essa dificuldade, o representante de Ilhéus é o primeiro dos rankings estadual e nacional na categoria M1-66kg – Veteranos. Ele relata que treinou bastante antes de viajar. Checou seu peso, quimono, passagens, e na bagagem, a esperança de vencer o maior dos desafios: representar Ilhéus, a Bahia e o Brasil em mais uma disputa internacional. Mas para isso, tinha mais esse desafio pela frente.

Leia Mais

JACUIPENSE CONQUISTA VAGA INÉDITA NA SÉRIE C DO CAMPEONATO BRASILEIRO

Tempo de leitura: < 1 minuto

Jacuipense conquista vaga na série C do Brasileiro || Foto Divulgação

O Jacuipense conquistou o acesso inédito para a Série C 2020. Na tarde deste domingo (21), em Riachão do Jacuípe, o time do Nordeste da Bahia venceu o Floresta-CE por 1 x 0, no duelo de volta das quartas de final da Série D 2019 e garantiu a classificação.

Após o empate em 2 a 2 no jogo de ida, a Jacuipense fez valer o fator casa e faturou a vaga na próxima edição da Série C. No estádio Eliel Martins, o único gol da partida saiu na etapa final. Aos 27 minutos, Eudair aproveitou cruzamento de Popó e decretou a classificação da equipe baiana.

O outro time baiano deixou escapar a vaga. O Juazeirense tinha a vantagem por ter vencido o primeiro confronto contra o Brusque por 1 a 0, mas foi goleado por 4 a 0 em Santa Catarina. Com gols de Júnior Pirambu (2), Fio (1) e Thiago Alagoano (1), o time catarinense garantiu retorno à Série C após 31 anos.

UBAITABA: RUINHA É CAMPEÃ DO INTERBAIRROS 2019

Tempo de leitura: 2 minutos

Jogadores recebem a taça do título do Interbairros 2019 das mãos da prefeita Suka Carneiro

Ao bater a equipe de Piraúna por 4 a 2, nos pênaltis, ao final da tarde deste domingo (14), no Estádio Felipe Miranda, a Ruinha sagrou-se campeã do Campeonato Interbairros 2019 e ganhou R$ 4 mil em dinheiro, enquanto a vice-campeã levou R$ 2 mil. No tempo normal de jogo, as duas equipes empataram em 2 a 2, brindando o público pagante de 618 torcedores com uma boa partida de futebol.

Na preliminar, às 13h30min, a equipe dos Melos venceu Maria Olímpia por 1 a 0 e conquistou o terceiro lugar da competição mais a premiação de R$ 1 mil. Também foram premiados melhor jogador, melhor artilheiro e goleiro menos vazado.

Além dos troféus, os atletas e técnicos receberam medalhas entregues pela prefeita de Ubaitaba, Suka Carneiro, pelos secretários municipais de Administração, Leilson Oliveira, e da Saúde, José Carlos Lona Almeida, e pelo presidente da promovido Liga Ubaitabense de Futebol, Everaldo Melo.

Leia Mais

ITABUNA: SUPER DESAFIO DO CACAU ESPERA MAIS DE MIL ATLETAS EM 2019

Tempo de leitura: 2 minutos

Super Desafio inclui prova de mountain bike entre as modalidades esportivas

Um das maiores competições esportivas do sul da Bahia, o Super Desafio do Cacau, abrirá inscrições na próxima segunda-feira (15), com a expectativa de reunir mais de mil atletas em novembro. O evento multidesportivo terá ciclismo – Mountain bike e Speed -, handebol, corrida de rua e kids (corrida e bike).

Será um final de semana intenso com atividades esportivas, de 8 a 9 de novembro, com promoção e organização do Pedal Bom. Segundo a organização, o evento é aberto e terá categorias especialmente preparadas para mulheres e crianças, além de inscrições subsidiadas para atletas de baixa renda, já o Super Desafio busca, também, promover a inclusão esportiva.

Organizadores do SD-2019 esperam cerca de mil participantes nesta edição

A competição que envolve atletismo, ciclismo e handebol promove qualidade de vida, sustentabilidade ambiental e conscientização para compartilhamento do espaço urbano e a inclusão das crianças na prática esportiva. O lançamento da edição 2019 ocorreu no último final de semana.

O Super Desafio busca firmar Itabuna como polo de prática esportiva e construção de uma cidadania mais digna. A competição de Mountain Bike, de acordo com a organização, já integra o calendário anual da Federação Baiana de Ciclismo.

BAIANA NOCAUTEIA NORTE-AMERICANA E MANTÉM CINTURÃO NO UFC

Tempo de leitura: < 1 minuto

Amanda segue imbatível no MMA|| Foto UFC

Amanda Nunes provou mais uma vez porque é considerada uma das melhores lutadoras de todos os tempos. Neste sábado (6), em 4min10s de luta no UFC 239, a baiana, de Pojuca, nocauteou a norte-americana  Holly Holm e manteve com sucesso o cinturão peso-galo.

A luta parecia parelha e ainda muito estudada, com Holm usando sua conhecida movimentação para tentar escapar dos golpes da brasileira. A norte-americana fintou um chute e, ali, Amanda enxergou a brecha para encaixar seu chute de perna direita na cabeça da desafiante. Holm caiu, e a campeã desferiu mais alguns golpes para encerrar de vez.

A adversária de ontem era a única ex-campeã da categoria que faltava na coleção de vitórias da baiana, que já tinha derrotado lutadoras como Miesha Tate e Ronda Rousey. Com a vitória, Amanda Nunes  se mantém como uma das melhores lutadoras de MMA da história do esporte.

FINAL DA COPA AMÉRICA COROA RENASCIMENTO DO FUTEBOL DO PERU

Tempo de leitura: 5 minutos

Peru enfrenta o Brasil longo mais, às 17 horas|| Foto Guilherme Hahn/AGI

A final da Copa América marcará o fim de um longe jejum para o Peru. Após um período de 44 anos, os alvirrubros voltaram à decisão do torneio sul-americano, do qual só foram campeões uma única vez, em 1975. A decisão neste domingo, às 17h, no Maracanã, coroa uma das melhores gerações da história da seleção peruana.

Uma série de fatores ajuda a explicar a ascensão de La Blanquirroja no cenário sul-americano. Do goleador Paolo Guerrero ao técnico Ricardo Gareca, passando pelo apoio incondicional da torcida peruana, tudo contribuiu um pouco para que o Peru fosse o finalista. A chance de título anima os peruanos e satisfaz uma geração carente de grandes momentos no futebol.

Quem tem até 40 anos não era nem nascido na última vez que o Peru foi à final da Copa América. Em 1975, o time comandado pelo ídolo Teófilo Cubillas conquistou o único título sul-americano da seleção. Na trajetória para o campeonato, o Peru derrotou o Brasil em dois jogos.

No Mineirão, a Seleção Brasileira foi surpreendida e perdeu por 3 a 1. A vitória do Brasil por 2 a 0 no jogo de volta, em Lima, levou a decisão para o cara ou coroa. E a sorte esteve ao lado dos peruanos. Na final, o Peru precisou de um terceiro jogo para despachar a Colômbia.

ÚLTIMO GRANDE TIME

Aquela geração, liderada por Cubillas, era o último grande time da seleção peruana. Boa parte daquele time, aliás, esteve em campo nos dois confrontos entre Brasil e Peru nas Copas do Mundo de 1970 e 1978. Nas duas ocasiões, a Seleção Brasileira se deu melhor: vitórias por 4 a 2 e 3 a 0, respectivamente.

Leia Mais

COPA AMÉRICA: PERU SURPREENDE O CHILE, FAZ 3 A 0 E ESTÁ NA FINAL CONTRA O BRASIL

Tempo de leitura: 2 minutos

Peru faz 3 a 0 e está na final contra o Brasil || Foto Diego Vara/Reuters-Agência Brasil

A seleção do Peru venceu hoje a equipe do Chile, por 3 a 0, e disputará a decisão da Copa América com o Brasil no próximo domingo no estádio do Maracanã. Será uma final inédita da competição.

Com a classificação de hoje, o Peru fará a uma final de Copa América depois de 44 anos. A última vez em que jogou uma decisão do torneio foi em 1975, quando levou o título. O jogo, na noite desta quarta (3), na Arena do Grêmio, em Porto Alegre, começou muito movimentado.

O primeiro gol saiu aos 20 minutos. Cueva recebe na ponta direita, cruza para a área, Carrillo escora de cabeça para Flores, batendo o goleiro Arias. Aos 37 minutos, ampliou após apagão chileno. Carrillo recebe lançamento livre na ponta direita, dribla o goleiro chileno e cruza para o meio da área. Yotún mata no peito e chuta para o gol vazio.

CHILE PRESSIONA, MAS…

O Chile começou o segundo tempo pressionando muito. Logo aos 5 minutos consegue uma boa chance. Aránguiz cobra falta e Alexis Sánchez finaliza de cabeça, mas a bola bate na trave do gol de Gallese, um dos destaques do jogo.

Já no finalzinho do jogo, aos 45 minutos da segunda etapa, Guerrero deixou o dele ao receber passe em profundidade de Tapia na entrada da área, dribla Arias e toca para o gol vazio. Com este gol Guerrero se torna o maior artilheiro em atividade da história da Copa América, com 13 gols.

FINAL

A final da Copa América será no próximo domingo, no estádio do Maracanã, a partir das 17h (horário de Brasília). O Brasil busca seu nono título na competição (a última conquista foi em 2007). Já a seleção do Peru busca seu terceiro título, após as conquistas de 1939 e 1975.

As seleções do  Brasil e Peru já se enfrentaram nesta edição da Copa América, com vitória de 5 a 0 da equipe brasileira em jogo válido pela 3ª rodada da fase de grupos da competição. Redação com Agência Brasil.

Back To Top