skip to Main Content
29 de março de 2020 | 09:44 pm

MULHER SOME EM ILHÉUS; FAMÍLIA SUSPEITA DE NAMORADO, QUE TAMBÉM DESAPARECEU

Carolina e Rafael estão desaparecidos em Ilhéus
Tempo de leitura: 2 minutos

Do Blog do Gusmão

O desaparecimento de Carolina Fernandes Miron, de 38 anos, desde o último sábado (15), tem causado muito sofrimento e apreensão em seus familiares, principalmente nas duas filhas, uma de 15 anos e outra de 18.

Carolina foi vista pela última vez no bloco “As Muringuetes”, que desfilou no bairro do Pontal. Ela nasceu no Rio Grande do Sul, mora em Ilhéus há oito anos e está separada há dois anos do pai de suas filhas.

Há pouco tempo iniciou um novo relacionamento com um homem conhecido pelo prenome Rafael. Os familiares dela têm poucas informações sobre o novo companheiro. Alguns sequer sabiam do namoro e outros afirmam que ele não tem parentes em Ilhéus.

Rafael é apontado pela família como ciumento

O temperamento introspectivo de Rafael, pouco comunicativo e fechado, tem gerado desconfianças. Um familiar disse em depoimento à Polícia Civil que o rapaz também é ciumento e agressivo, e que já teria agredido fisicamente Carolina. Não há registro de nenhum fato a esse respeito na delegacia.

O casal reside no Centro de Ilhéus nas proximidades do Supermercado Alana. Ela teve uma pequena padaria no Pontal e também labutou, durante certo tempo, na confecção de camisas e uniformes feitos sob encomenda.Comenta-se que o namorado possui um sítio em Acuípe, próximo de Olivença.

Carolina gosta de política, é militante do PT e das causas feministas. Tentou ser candidata a vereadora nas eleições de 2016 com o nome “Carol Ilhéus”, mas a candidatura não foi adiante, pois ela não cumpriu o prazo de mudança do domicílio eleitoral.

Ela também morava com a filha mais nova que no momento está muito abalada e torcendo para que a mãe seja encontrada em perfeitas condições.A família registrou um boletim de ocorrência na delegacia (7ª Coorpin).

CORPO DE ACUSADO DE CHEFIAR MILÍCIA É LIBERADO PARA SEPULTAMENTO

corpo de Adriano da Nóbrega é liberado para sepultamento
Tempo de leitura: < 1 minuto

O corpo de Adriano da Nóbrega, acusado de chefiar uma milícia no Rio de Janeiro, foi liberado para sepultamento nesta sexta-feira (21). A liberação do corpo do ex-policial militar ocorreu após a a segunda perícia, realizada na noite de quinta-feira (20), no Instituto Médico Legal do Rio de Janeiro (IML-RJ), por determinação da Justiça baiana. Ele foi morto durante uma operação policial na Bahia.

O novo exame não apontou sinais evidentes de tortura, segundo o médico legista Talvane de Moraes, que acompanhou a necrópsia como convidado dos legistas contratados pela família de Adriano, Francisco Moraes Silva e Ari Fontana, que vieram do Paraná.

Novos exames laboratoriais serão feitos para complementar o laudo, que deverá ser apresentado à Justiça baiana em 15 dias. Um representante do Ministério Público da Bahia também acompanhou o procedimento.

O novo exame foi determinado pelo juiz da comarca de Esplanada , Augusto Yuzo Jouti, que atendeu pedidos do MP-BA e de familiares do ex-policial, morto no último dia 9 deste mês em confronto com policiais militares baianos. Com informações da Agência Brasil.

STJ MANTÉM PRISÕES DE ACUSADOS DE GRILAGEM DE TERRAS NO INTERIOR DA BAHIA

STJ mantém prisão de acusados de esquema de grilagem de terras na Bahia
Tempo de leitura: 2 minutos

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) manteve as prisões preventivas de Adaílton Maturino do Santos e Márcio Duarte Miranda, investigados e já denunciados na Operação Faroeste, que revelou esquema de venda de sentenças no âmbito do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA). De acordo com as investigações, os dois agiam como operadores da organização criminosa, que tinha como propósito regularizar terras oriundas de grilagem localizadas no oeste do estado. O grupo é acusado de usar laranjas e empresas fictícias para dissimular os crimes cometidos.

Em agravos regimentais apresentados ao STJ, os denunciados alegaram ilegalidades nos requisitos para a prisão preventiva além de sustentar que o fato de estarem soltos não representaria risco à ordem pública. Também citaram excesso de prazo das prisões, ocorridas em 19 de novembro do ano passado, e afirmaram não haver fatos novos que pudessem ensejar a segregação cautelar. No fim, pediram a substituição das prisões por medidas cautelares menos gravosas.

Porém, para o STJ , medidas cautelares diversas da prisão preventiva não são suficientes para garantir a ordem pública e a integridade das investigações. Em seu voto, o relator, ministro Og Fernandes afirmou que “ao contrário do alegado pelo requerente, não houve modificação da conjuntura fático-jurídica e probatória apta a gerar qualquer alteração na decisão anteriormente proferida”.

Além disso, o ministro entendeu – assim como sustentou o Ministério Público Federal (MPF) – que não há excesso no prazo das prisões, uma vez que “prazos fixados na legislação para a prática de atos processuais consistem em parâmetros, não se podendo deduzir o excesso apenas em função de sua soma aritmética”.

Leia Mais

BAHIA: PRF INICIA A OPERAÇÃO CARNAVAL NESTA SEXTA-FEIRA

operação começa nesta sexta-feira (21)
Tempo de leitura: 2 minutos

A Polícia Rodoviária Federal inicia, nesta sexta-feira (21), nas estradas federais que cortam a Bahia, a Operação Carnaval 2020. As ações especiais prosseguem até 23h59min de quarta-feira (26). Nos seis dias de Operação, a PRF estará com o policiamento preventivo reforçado em locais e horários de maior incidência de acidentes graves e de criminalidade.

O período do Carnaval é época de festa, alegria, confete e fantasia, mas também é marcado pelo aumento do fluxo de veículos e usuários circulando pelas rodovias para os mais diversos destinos. Durante a folia, serão intensificadas as rondas ostensivas, com posicionamento estratégico das viaturas e policiais ao longo dos trechos mais movimentados e considerados pontos críticos na Bahia.

Outra preocupação é com os veículos de carga. Os acidentes envolvendo caminhões de carga geralmente têm maiores proporções e geram maior gravidade das lesões ou a morte dos envolvidos, o que faz com que haja uma maior preocupação com o estado de conservação destes veículos.

Durante as abordagens serão verificados o correto funcionamento do sistema de freios, o estado de conservação dos pneus e demais equipamentos obrigatórios, as condições de amarração das cargas e o cumprimento do tempo de direção do motorista profissional pelos condutores.

Em relação aos veículos de duas rodas (motocicletas e similares) será dada atenção especial a itens de segurança como o uso obrigatório do capacete para todos os ocupantes; uso correto dos retrovisores; sistema de iluminação e equipamentos obrigatórios.

Leia Mais

JUSTIÇA DETERMINA NOVA PERÍCIA NO CORPO DE MILICIANO MORTO NA BAHIA

corpo de Adriano da Nóbrega é liberado para sepultamento
Tempo de leitura: < 1 minuto

O corpo do acusado de comandar uma milícia, Adriano Magalhães da Nóbrega deverá ser submetido a perícia necroscópica complementar pelo IML do Rio de Janeiro e não poderá ser cremado até à realização do exame.O ex-policial do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) do Rio de Janeiro foi morto no interior da Bahia.

A decisão para realização de um nova perícia é do juiz da comarca de Esplanada, Augusto Yuzo Jouti, que atendeu pedidos cautelares de antecipação de provas formulados pelo Ministério Público da Bahia e por familiares de Adriano da Nóbrega, morto no último dia 9 de fevereiro durante diligência para cumprimento de mandado de busca e apreensão e mandado de prisão. O laudo do novo exame deve ser apresentado à Justiça baiana em 15 dias. Segundo a polícia, o miliciano reagiu a ordem de prisão.

Na decisão, o juiz também determinou que a Secretaria de Segurança Pública do Estado da Bahia  disponibilize as gravações dos rádios transmissores utilizados pelos agentes policiais no dia da operação policial e realize exame papiloscópico nas munições não deflagradas da pistola supostamente encontrada com Adriano. As provas deverão ser apresentadas no procedimento em trâmite no Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco), em Salvador.

JOVENS ESTÃO DESAPARECIDOS NO EXTREMO-SUL DA BAHIA

Jovens estão desaparecidos desde sexta-feira
Tempo de leitura: < 1 minuto

Hoje, terça-feira (18), completa quatro dias que dois jovens saíram do bairro Vivendas da Costa Azul, em Eunápolis, no extremo-sul da Bahia, e desapareceram. De acordo com familiares, Carlos Henrique Rosário Dias e Douglas de Souza Santana saíram dizendo que iriam para o município de Belmonte.

Os familiares contam que os rapazes chegaram a comprar as passagens de ônibus, na sexta-feira (14), mas desistiram de embarcar. Quem tiver informações sobre o paradeiro dos jovens pode informar pelos telefones 190, (9090) 98196-3666, (73) 99810-8212 e (73) 99914-5244.

PRESO EM CANAVIEIRAS MAIS UM SUSPEITO DE ENVOLVIMENTO NA MORTE DE COMERCIANTE

Bruno Loureiro foi morto após viajar a Itabuna, no início deste mês
Tempo de leitura: < 1 minuto

A Polícia Civil prendeu, nesta terça-feira (18), mais um suspeito de envolvimento no assassinato do comerciante Bruno Lino de Andrade Loureiro. O rapaz foi encontrado morto no dia 6 deste mês, na beira de uma praia de Canavieiras. Ele era gerente de uma pousada pertencente a uma empresária alemã, que estava em situação irregular no Brasil, segundo investigações. Por isso, teria dado uma procuração para Bruno resolver as tarefas burocráticas.

O suspeito detido hoje foi identificado como Jailson da Cruz que, segundo a polícia, já foi preso por tráfico de drogas. Outro suspeito é Erionaldo da Cruz dos Santos, o “Naldo”, que foi preso no dia 8 deste mês.”Naldo” era namorado da empresária e teria planejado o crime para assumir o controle da pousada. A polícia solicitou a prisão preventiva da empresária, mas a justiça negou. No último sábado, ela viajou para Alemanha. Jailson seria cunhado de Erionaldo.

Bruno Loureiro foi encontrado com as mãos amarradas e com um projétil alojado no crânio. A perícia constatou que a vítima foi atingida com um tiro na boca. A suspeita é é que, pelo menos, quatro pessoas estejam envolvidas no crime. A polícia ainda não informou quem seria essa quarta suspeita.

Na manhã desta terça amigos e parentes de Bruno Loureiro fizeram uma passeata no centro de Canavieiras para cobrar justiça. Eles também querem saber por que foi permitida a saída da empresária do Brasil, uma vez que ela é uma das suspeitas.

EX-SECRETÁRIO DE SAÚDE DO RIO DE JANEIRO É CONDENADO A 16 ANOS DE PRISÃO

Sérgio Côrtes é condenado por corrupção
Tempo de leitura: 2 minutos

O ex-secretário de Saúde do Rio Sérgio Côrtes foi condenado a 16 anos e 9 meses de prisão, por crimes de corrupção passiva, lavagem de capitais e evasão de divisas, quando era diretor do Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia (Into) e posteriormente na secretaria, durante o governo de Sérgio Cabral. A sentença foi assinada no dia 13 de fevereiro pelo juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal, e tornada pública nesta segunda-feira (17). Além de Côrtes, foram condenados sua esposa, Verônica Fernandes Vianna, e os empresários do setor médico Miguel Skin e Gustavo Estellita.

Em sua decisão, Bretas destacou que Côrtes detinha grande poder, tanto como diretor do Into quanto como secretário de Saúde do estado, o que tornava ainda maior seus crimes. Ele recebia, segundo a sentença, propinas milionárias dos dois empresários, para burlar licitações e promover compras de insumos e materiais médicos. O valor das propinas somaria US$ 2,4 milhões, depositados em banco no exterior.

“A culpabilidade do condenado Sérgio Côrtes deve ser valorada de modo extremamente negativo. Isso porque, ao tempo do crime, Côrtes, médico ortopedista de carreira, secretário estadual de Saúde e ex-diretor do Into, mostrava-se para a população como gestor implacável enquanto se valia da posição de poder alcançada para exponenciar os ganhos ilícitos da organização criminosa”, disse Bretas.

Leia Mais

SERVIDOR PÚBLICO É PRESO COM CARRO ROUBADO

Servidor público é preso com carro roubado
Tempo de leitura: < 1 minuto

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu no KM 876 da BR-101, em Teixeira de Freitas, no extremo-sul da Bahia, um servidor público dirigindo um carro roubado. O fato aconteceu na manhã desta segunda-feira (17). O funcionário público foi detido por suspeita de receptação. O carro estava com placas trocadas para tentar ludibriar fiscalizações da polícia.

O veículo apreendido é um Fiat Palio Fire, placa de São Paulo (SP). Durante a fiscalização, foram solicitados documentos pessoais do motorista e do veículo. O condutor, de 61 anos, disse que estava com a CNH vencida e também informou aos policiais que não portava o documento obrigatório do carro (CRLV).

Os policiais encontraram indícios de adulterações nos elementos identificadores. Com técnicas de identificação veicular, também perceberam elementos que indicavam outro veículo, da mesma marca e modelo. Após consulta ao sistema de dados, os agentes constataram se tratar de um Fiat Palio roubado em julho de 2015, no estado de São Paulo.

Questionado, o homem, que é servidor público, apresentou informações desencontradas. Sobre as irregularidades apresentadas, preferiu se manifestar na presença da autoridade policial. Ele foi encaminhado, juntamente com veículo apreendido, à Delegacia de Polícia Civil  de Teixeira de Freitas, para os procedimentos legais.

A PRF em 2019 recuperou quase 500 veículos furtados, roubados ou adulterados. Neste ano já foram recuperados mais de 50 veículos.

FAMÍLIA DO INTERIOR DA BAHIA SOFRE ATAQUE A TIROS NA FRANÇA; HOMEM ESTÁ NA UTI

Casal sofre ataque na França
Tempo de leitura: 2 minutos

Uma família que morava em Vitória da Conquista, no sudoeste da Bahia, foi vítima de um atentado a tiros na cidade de Toulon, na França.

Uma das vítimas, a jornalista Cristiane Tavares, de 36 anos, relatou o caso, ocorrido na última quinta-feira (13). Ela foi baleada nas costas e o marido no abdômen. O filho do casal, de quatro anos, não teve ferimentos.

Cristiane, que é servidora pública no setor de comunicação do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), conta que os disparos foram feitos por um vizinho. O homem foi preso no mesmo dia do ataque, dentro do imóvel onde morava.

A mulher se recupera bem, enquanto o marido, André Modenezi, de 39 anos, está na UTI de um hospital da cidade. Ele já foi submetido a duas cirurgias e, nesta segunda-feira (17), vai passar pelo terceiro procedimento cirúrgico. André está em coma induzido e estado de saúde estável.

Por meio de nota, o Itamaraty informou que as autoridades consulares do Brasil na França estão cientes do ocorrido e acompanham o caso junto com as autoridades francesas. O Itamaraty ainda destacou que não pode informar mais detalhes, em respeito à legislação vigente sobre privacidade individual.

Cristiane e André moram em Toulon há cerca de cinco meses. Eles se mudaram de Vitória da Conquista para a cidade francesa em setembro do ano passado. O objetivo da mudança foi estudar. Cristiane faz mestrado em comunicação. “A gente decidiu morar em Toulon porque é uma cidade considerada tranquila”, destaca.

TIRO NAS COSTAS

A jornalista disse que ocorreu quando ela saía de casa para a universidade. “Recebi um tiro nas costas. No primeiro momento pensei que se tratava de uma descarga elétrica porque teve um clarão muito forte. Mas eu senti como se tivesse um estado de choque no corpo. Não identifiquei como tiro porque teve um clarão. Aí eu entrei para casa, no apartamento que fica no segundo andar, em um bairro bem tranquilo daqui”, relata.

Leia Mais
Back To Top