skip to Main Content
3 de julho de 2020 | 11:52 am

OPERAÇÃO NA BAHIA DESMONTA BUNKER COM R$ 7,5 MILHÕES EM COCAÍNA

Carga de cocaína foi avaliada em R$ 7,5 milhões
Tempo de leitura: < 1 minuto

Um bunker (esconderijo subterrâneo) com R$ 7,5 milhões em cocaína foi desmontado, na quinta-feira (23), durante operação conjunta envolvendo forças estaduais da Bahia e de Goiás, além das polícias Federal e Rodoviária Federal. O flagrante aconteceu no município de Luís Eduardo Magalhães, na região Oeste do estado.

Meia tonelada de cocaína encontrada enterrada pertencia a uma organização internacional de tráfico de drogas. O material ilícito seria enviado, segundo informações preliminares, para Europa.

Droga estava escondida em um buraco em um terreno baldio

Equipes da Cipe Cerrado, representando a polícia baiana, juntamente com as outras forças de segurança localizaram o bunker em um imóvel, no bairro Jardim Paraíso. Assim que os primeiros agentes entraram na casa, um traficante atirou e acabou ferido no confronto. Mesmo socorrido, o homem não resistiu. Com ele foram apreendidos uma pistola calibre 40, carregador e munições.

Após a resistência com o criminoso apontado como “homem de confiança” da quadrilha, os policiais iniciaram as varreduras à procura de entorpecentes. Perto da piscina, nos fundos do imóvel, as equipes desconfiaram da tonalidade de uma parte do gramado. Durante escavação foram encontrados, em uma espécie de cofre, 500 tabletes de cocaína.

JORNALISTA DE ITABUNA TEM WHATSAPP CLONADO; BANDIDOS TENTAM APLICAR GOLPE

Bandidos usam aplicativo de jornalista para aplicar golpes
Tempo de leitura: < 1 minuto

O jornalista e radialista Oziel Aragão, da Rádio Interativa FM, de Itabuna, informou há pouco que teve o WhatsApp clonado e bandidos estão enviando mensagens informando sobre uma falsa dificuldade encontrada para fazer transação bancária por meio do aplicativo. Cuidado, pois na verdade, os criminosos estão usado, indevidamente, o nome do profissional.

Como se fosse Oziel Aragão, os bandidos alegam, nas mensagens, que estão precisando fazer um pagamento via transferência, mas o aplicativo está dando erro. Eles perguntam se tem como os contatos do jornalista fazerem a operação bancária, que devolverão os valores amanhã. Não faça qualquer transferência, pois é golpe.

Quem entra em contato com o WhatsApp do jornalista, logo recebe mensagem de ajuda. Algumas das pessoas receberam pedido para que fizesse transferências sempre em valor alto, variando de R$ 900 a R$ 1,3 mil.

BANDIDOS INVADEM ESCOLA EM ILHÉUS E LEVAM FARDOS DE ALIMENTOS DAS CRIANÇAS

Escola em Ilhéus é alvo de bandidos pela terceira vez neste ano
Tempo de leitura: < 1 minuto

A  Escola Municipal de Vila Nazaré, da rede municipal de Ilhéus,  foi furtada pela terceira vez este ano. De acordo com a Secretaria de Educação de Ilhéus, 90 alunos de 6 a 12 anos serão diretamente prejudicados com o ato criminoso, que contou ainda com ações de vandalismo. A escola está situada no Teotônio Vilela.

“Nesta sexta-feira quebraram a grade lateral da Escola, levaram o único televisor que os alunos usavam, de quarenta e duas polegadas, uma tela de computador, um teclado, um mouse, dois micro systems, os fardos de arroz e feijão e inclusive pratos da alimentação escolar”, explicou a diretora da  Escola Municipal de Vila Nazaré, Janaína Sacramento.

A professora informa que esta é a terceira vez que furtam equipamentos de educação dos alunos, tendo sido esta a vez em que houve mais estragos. “Como eles deixaram a escola, é de uma tristeza muito grande. Quebraram e destruíram tudo”, lamentou.

Nas outras ocasiões, sendo a primeira no mês de fevereiro, e a outra no último dia 3 de abril, os criminosos furtaram o roteador e equipamentos eletrônicos como três telas de computador, três teclados e três mouses foram furtados. “A escola está sem internet e equipamentos”, disse a professora.

“Pedimos às pessoas da comunidade do Teotônio Vilela, que sabem da importância da educação para os seus filhos, que denunciem para possamos proteger a nossa escola. Fazemos tudo com tanto amor, para uma situação dessa estar acontecendo. Os maiores prejudicados são os alunos, que ficam sem uma estrutura escolar adequada”, disse a secretária Eliane Oliveira.

POLÍCIA PRENDE ACUSADO DE EXECUTAR EMPRESÁRIO EM VALENÇA

Assassinato de Buiu teve participação da esposa, Mariele de Jesus
Tempo de leitura: < 1 minuto

A polícia anunciou, nesta quinta (16), a prisão de mais um envolvido na morte do empresário Liel de Jesus Santos, o Buiu, assassinado em setembro de 2019, em Valença. A prisão ocorreu ontem (15), durante uma operação das delegacias territoriais (DTs) de Valença e de Rafael Jambeiro.

O criminoso, acusado de participar da execução do empresário, tinha um mandado de prisão em aberto e estava escondido no distrito de Maracanã, zona rural de Rafael Jambeiro.

A companheira de Liel, Mariele de Jesus Santos, de 33 anos, foi presa logo após o crime, suspeita de ordenar a morte do marido. Ela está no sistema prisional, aguardando julgamento.

O preso foi conduzido à DT de Valença, onde foi cumprida a ordem de prisão, e seguiu para o Conjunto Penal de Valença. Com a prisão do executor, a polícia espera obter mais detalhes da dinâmica do crime.

JUSTIÇA MANDA DE VOLTA PARA A PRISÃO ACUSADO DE CHEFIAR FACÇÃO CRIMINOSA NO SUL DA BAHIA

Desembargadora do TJ-BA manda acuado de volta para a prisão
Tempo de leitura: 2 minutos

Tribunal de Justiça da Bahia estabeleceu a prisão preventiva de Marcelo Araújo da Silva que havia sido convertida em prisão domiciliar por decisão de primeira instância em Gandu. O mandado de prisão foi cumprido na terça-feira (14). O TJ-BA  acatou um recurso apresentado pela promotora de Justiça Maria Anita Correa.

Proferida pela desembargadora Soraya Moradillo Pinto, a determinação acolheu o argumento do Ministério Público da Bahia de que havia uma inadequação da prisão domiciliar em relação às medidas recomendadas pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) para custodiados durante a pandemia da Covid-19, e de que se tratava de uma pessoa perigosa, considerada líder de uma organização criminosa de tráfico de drogas.

“No caso em exame, ficou efetivamente demonstrada a excepcional necessidade da prisão cautelar, pois a substituição do encarceramento preventivo pelo domiciliar não resguarda o interesse público, afinal é ele apontado como o líder da associação criminosa e, uma vez em prisão domiciliar, tudo indica que continuará a praticar crimes”, disse a desembargadora na decisão.

No documento, a magistrada também afirmou que, como mostrou o MP-BA, Marcelo Silva não se encontra “no rol dos pacientes de risco seja pelo critério etário, seja por não haver provas de ser ele portador de doença crônica previamente estabelecida”.

RECOMENDAÇÃO DO CNJ

A magistrada apontou ainda que o CNJ recomendou, durante a quarentena, a reavaliação das prisões provisórias, com prioridade a mulheres gestantes, pessoas presas em estabelecimentos com superlotação e prisões preventivas que tenham excedido o prazo de 90 dias ou que estejam relacionadas a crimes praticados sem violência. Segundo a desembargadora, não há comprovação de que a unidade carcerária onde Marcelo Silva estava custodiado esteja superlotada.

A decisão de primeira instância foi proferida durante mutirão carcerário realizado no último dia 25 de março, contemplando todos os custodiados de Gandu, sob o argumento da situação de emergência decorrente da pandemia do coronavírus e da precariedade da carceragem local. Marcelo Silva foi preso em flagrante em julho de 2019, por tráfico de drogas, como cocaína, e é apontado como chefe de facção criminosa local.

Conforme a decisão do TJ-BA, existem provas de interceptações telefônicas que mostram a atuação para controle da “distribuição, preço e qualidade das drogas”, além de ordens para execução de “possíveis homicídios”. Segundo a promotora de Justiça Maria Anita Correa, outros quatro presos que tiveram a prisão preventiva revogada no mutirão descumpriram regras da prisão domiciliar ou das cautelares diversas da prisão e retornaram ao presídio por determinação da Justiça de Gandu.

HÁ 60 DIAS, FAMÍLIA E AMIGOS PERGUNTAM: “ONDE ESTÁ CAROL?”

Caroline Fernandes desapareceu quando estava com o namorado Rafael Cruz
Tempo de leitura: < 1 minuto

Carolina Fernandes Miron, de 38 anos, desapareceu em 15 de fevereiro deste ano, na zona sul de Ilhéus. São 60 dias sem resposta para uma pergunta doída: Onde está Carol? Nas redes sociais, diariamente, amigos e familiares cobram por resposta da polícia. Carol tem duas filhas. A mais nova, de 15 anos, morava com ela.

Até aqui, ainda persiste a dúvida – e quase certeza – de que o namorado de Carol, Rafael Cruz, seria o responsável pelo desaparecimento. Mas ele também sumiu desde o dia 15 de fevereiro, quando o casal foi visto junto, pela última vez em Ilhéus, numa festa de pré-carnaval na cidade, no Pontal.

Durante as investigações, a polícia chegou a fazer buscas em uma propriedade de Rafael, porém nada foi encontrado por lá que ajudasse. Sobraram versões sobre o relacionamento do casal e do comportamento do namorado: ciumento, possessivo e, por vezes, conforme depoimentos, agressivo.

Poucos dias depois do desaparecimento de Carol Fernandes, documentos dela foram encontrados em Olivença por uma mulher que trabalha com material reciclável. Dias depois do desaparecimento de Carol, a família da moça recebeu mensagem dizendo que ela estava bem. A mensagem teria sido, supostamente, enviada pela vítima. A família não crê, pois o texto apresentava vários erros ortográficos.

POLICIAIS MILITARES ACUSADOS DE EXTORSÃO SÃO PRESOS EM FLAGRANTE

Dinheiro e armas são apreendidos com policiais acusados de extorsão
Tempo de leitura: < 1 minuto

Equipes do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco) e da 40ª Companhia Independente da Polícia Militar prenderam, na Avenida Pinto de Aguiar, em Salvador, dois policiais militares da Bahia por crime de extorsão. Os PMs, que não tiveram os nomes divulgados, foram detidos em flagrante, na tarde de segunda-feira (13).

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública da Bahia, os policiais exigiam uma quantia de um homem. Os acusados indicaram o local para que a vítima deixasse a quantia.  Após ter a exigência atendida, os dois PMs chegaram em uma motocicleta para retirar o dinheiro, momento em que receberam voz de prisão.

Com os suspeitos, foram foram encontrados três aparelhos celulares e duas pistolas, sendo uma calibre 380 e outra ponto 40, além da uma quantia em dinheiro. Eles acabaram se identificando como policiais militares lotados na 40ª CIPM.

Os dois militares, assim como todo material apreendido, foram apresentados na sede do Draco. Em seguida eles foram encaminhados à Corregedoria Geral da Policia Militar para adoção das medidas cabíveis e agora se encontram no Centro de Custódia Provisória, na Mata Escura, em Salvador, à disposição da Justiça.

MOTORISTA ACUSADO DE CAUSAR MORTE DE CASAL NA ILHÉUS-ITABUNA SERÁ INDICIADO

Valdeci Brito e Lidiane eram moradores de Itabuna
Tempo de leitura: < 1 minuto

O motorista acusado de provocar o acidente que causou duas mortes na BR-415, perto de Banco da Vitória, em Ilhéus, na noite de sábado (4), será indicado por homicídio culposo (quando não há intenção de matar). Edmilson Ramos dos Santos, de 42 anos, estava bêbado, segundo a Polícia Rodoviária Estadual (PRE).

De acordo com as investigações, Edmilson dos Santos dirigia o Fiat Uno, de placa 1712, que invadiu a pista contraria e atropelou a moto pilotada por Valdeci Brito Soares, de 41 anos. O motociclista estava acompanhado de Lidiane Batista Messias, 35.  O casal morava em Itabuna.

A mulher chegou a ser levada para o Hospital Costa do Cacau, em Ilhéus, mas não resistiu aos ferimentos graves. Já Valdeci Brito morreu no local. Com ferimentos leves, o motorista Edmilson dos Santos foi levado para o Costa do Cacau, onde ficou custodiado. Nesta segunda foi ouvido pela Polícia Civil.

SUSPEITOS DE HOMICÍDIOS MORREM EM CONFRONTO COM A POLÍCIA DE ITABUNA

Quatro suspeitos morrem em confronto com a polícia
Tempo de leitura: < 1 minuto

Uma ação de policiais militares do 15º Batalhão para prender acusados de vários crimes em municípios do sul da Bahia resultou em confronto, em Itabuna. Os PMs iniciaram a operação logo depois de informados que suspeitos de envolvimento em um assassinato em Jussari fugiram, em um carro, em direção a Itabuna.

Os policiais montaram uma barreira na entrada de Itabuna para tentar prender os acusados, que resistiram e passaram atirar. Quatro suspeitos foram atingidos e não resistiram aos ferimentos. Outros dois homens teriam conseguido fugir do cerco policial e estão sendo procurados.

Os mortos no confronto são acusados de crimes como homicídio, tráfico de droga, assaltos e roubos em vários municípios do sul da Bahia. Um dos assassinatos teria ocorrido em Jussari nesta segunda-feira. Eles são suspeitos de matar um homem e tentar assassinar  uma mulher, que foi levada para o Hospital de Base de Itabuna.

Com os suspeitos, os policiais apreenderam duas pistolas, dois revólveres 38, uma espada tipo “Samurai” e uma mochila com munições. Os acusados ainda não foram identificados.

ACUSADO DE HOMICÍDIO E TRÁFICO MORRE EM CONFRONTO COM A PM EM ITABUNA

Acusado morre em confronto com a polícia
Tempo de leitura: < 1 minuto

Um homem acusado de chefiar uma quadrilha de traficantes de drogas foi atingido durante uma operação de policiais militares, no loteamento Gegéu Rocha, no bairro Fonseca, em Itabuna. Arlen Barreto Clímaco Júnior chegou a ser socorrido para o Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães, mas não resistiu aos ferimentos.

O confronto ocorreu no final da tarde deste domingo (5). “Bochecha”, como era conhecido o suspeito, tinha várias passagens pela polícia. Ele era acusado de tráfico de drogas, assaltos e homicídio, segundo investigações da polícia.

Back To Top