SEM PEDÁGIO

Tempo de leitura: < 1 minuto

Agulhão não quer saber de BR-101 privatizada.
“Tome imposto, tome taxa”,
o fisco nos atarracha!…
“Tome juros, tome mora”,
nos fustiga com espora!…
Nós já pagamos o pato,
pagamos a patacoada,
pagamos o peculato
e vamos pagar a estrada…
Pra alimentar essa laia,
pagamos o IPVA,
só falta mesmo pagar
para frequentar a praia!…

EX-COMANDANTE DA PM É PRESO QUANDO RECEBIA PROPINA

Tempo de leitura: < 1 minuto

O coronel Jorge Ribeiro Santana, que comandou a Polícia Militar baiana até o ano passado, foi preso hoje à tarde, quando recebia uma propina de R$ 26 mil. O dinheiro era uma contraprestação a Santana, pelo favorecimento a uma empresa que tinha um contrato de locação de 201 viaturas com a corporação. A empresa pertence ao grupo Júlio Simões, baseado na cidade paulista de Mogi das Cruzes.
De acordo com informações da Secretaria Estadual da Segurança Pública, as denúncias que levaram à prisão do coronel chegaram ao governador Jaques Wagner no ano passado e este teria ordenado a imediata investigação do caso.
O contrato da empresa com a Secretaria de Segurança Pública, firmado em 2008, foi no valor de R$ 25.119.977,00, posteriormente aditado em R$ 6.454.994,25.
Além de Santana, foram presos outros dois coronéis e mais oito militares. A quadrilha vinha sendo acompanhada há cinco meses.
COM INFORMAÇÕES DO SITE BAHIA NOTÍCIAS

DESATENÇÃO

Tempo de leitura: < 1 minuto

Dois vereadores de Itabuna não indicaram ninguém para receber a comenda Otaciana Pinto, honraria outorgada anualmente pela Câmara local, prestigiando mulheres com relevantes serviços prestados à comunidade. Pelo regimento interno do legislativo, que prevê a comenda, cada parlamentar deve apresentar uma homenageada.
Dez vereadores e a vereadora Rose Castro estarão na sessão desta sexta-feira (06), a partir das 19 horas, no plenário Raymundo Lima, prestando o seu reconhecimento a 11 mulheres ilustres.
Já os vereadores Didi do INSS e Raimundo Pólvora não se lembraram de nenhuma mulher para homenagear. Que coisa!

VEREADORES CRITICAM EXONERAÇÃO DE SECRETÁRIO

Tempo de leitura: < 1 minuto

O prefeito Capitão Azevedo (DEM) conseguiu a unanimidade dos vereadores na Câmara – mas contra si – no episódio da exoneração do secretário interino de esporte, recreação e cidadania, Alcântara Pellegrini.
Um dos que levantaram a voz contra o prefeito, e da forma como ocorreu a exoneração, foi o vereador Roberto de Souza, que considerou o episódio, “uma falta de respeito com o ser humano Alcântara Pellegrini”, resumiu.
Roberto foi seguido nas críticas por Milton Cerqueira, autor da indicação de Pellegrini, Wenceslau Júnior, Ricardo Bacellar e o governista Gérson Nascimento.
Pellegrini afirmou ao Pimenta, ontem, que estava no cargo como voluntário, a pedido do prefeito, mas a sua saída fora ordenada por Azevedo ao secretário de administração, Gilson Nascimento.
E foi por Gilson que o ex-secretário ficou sabendo do “descarte”. O ex-secretário estava no grupo que enfrentou o ex-prefeito Fernando Gomes e defendeu o nome de Azevedo quando o agora prefeito figurava abaixo de dois dígitos na pesquisa.
Milton Cerqueira pertence ao mesmo partido de Azevedo e se disse magoado com a atitude do prefeito. “Alcântara era uma indicação minha e eu tive o cuidado de escolher uma pessoa íntegra, que conheço há 20 anos”.
Milton endureceu o discurso contra Azevedo. “Espero que (Azevedo) tenha a hombridade de me procurar para dar uma satisfação”.

DENGUE: SETE MUNICÍPIOS EM SITUAÇÃO DE EMERGÊNCIA

Tempo de leitura: < 1 minuto

O governador Jaques Wagner (PT) decretou, nesta manhã, situação de emergência em sete cidades da Bahia que tiveram aumento no número de casos de dengue do tipo clássica e hemorrágica. São listados os municípios de Itabuna, Ilhéus, Ipiaú, Irecê, Jacobina, Jequié e Porto Seguro.
Com exceção de Itabuna, todos ficam em estado de alerta por até seis meses, enquanto os órgãos públicos de saúde se mobilizam para conter o avanço do mosquito transmissor da doença, o aedes aegypti.
No caso de Itabuna, a situação de emergência vale por três meses. Desde o dia 17 de fevereiro, um decreto municipal já declarava a situação de emergência. Nesta quarta-feira, foi registrada a 9ª morte na cidade por causa da dengue. A vítima foi a dona-de-casa Cosmira Santos, 27, que deu entrada no Hospital de Base com sintomas graves de dengue hemorrágica e faleceu duas horas depois.
O decreto que declara a situação de emergência nas sete cidades está publicado na edição desta quinta do Diário Oficial do Estado. Na prática, a situação de emergência significa que o poder público municipal perdeu o controle sobre a situação e precisa de ajuda dos governos estadual e federal.
No texto do Diário Oficial, o governador afirma que o avanço da doença exige esforços não apenas da Secretaria de Saúde do Estado (Sesab), como também da Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde e da Coordenação de Defesa Civil do Estado (Cordec). 
Leia mais em A Tarde

REUNIÃO

Tempo de leitura: < 1 minuto

Classificados no concurso do Banco do Brasil se reúnem hoje, às 18 horas, no Sindicato dos Bancários de Itabuna, para discutir um plano de mobilização pelas nomeações.
O grupo justifica que existem 32 candidatos aptos a ser convocados somente no sul da Bahia, mas o banco já prepara um novo concurso, estando o último ainda em plena vigência.

CONTRA O PEDÁGIO

Tempo de leitura: < 1 minuto

Um grupo formado basicamente por estudantes e sindicalistas realiza, neste momento, no centro de Itabuna, um protesto contra a privatização do trecho da BR-101 que corta a Bahia (790 quilômetros) e o Espírito Santo (458 quilômetros). A manifestação se concentra na Praça Adami.
O governo federal pretende leiloar a rodovia, mas os manifestantes indagam se isso será bom para a sociedade.

CLIMA DE TERROR NO EXTREMO-SUL

Tempo de leitura: < 1 minuto

Até mesmo do judiciário estariam amedrontadas com o clima de terror que se instalou no extremo-sul do Estado, após o assassinato de Regina Cotrim, viúva do ex-deputado estadual Maurício Cotrim. Ela foi morta com cinco tiros após sair de uma pizzaria em Teixeira de Freitas, na noite do último sábado (28). O ex-deputado foi executado igualmente com cinco tiros, no dia 14 de setembro de 2007, em Itamaraju.
Em matéria publicada na edição desta quinta-feira (05), do jornal A TARDE, o deputado federal Uldurico Pinto e o estadual Getúlio Ubiratan, ambos do PMN, dizem que também estão marcados para morrer. Além deles, a lista negra da pistolagem no extremo-sul incluiria o bispo de Teixeira de Freitas, Carlos Alberto dos  Santos.
Os parlamentares desconfiam da atuação da polícia local e querem pedir intervenção federal no caso. Uldurico Pinto afirma que vai solicitar audiência com o ministro da Justiça, Tarso Genro, para tratar do assunto.
O coordenador da polícia civil em Teixeira de Freitas, delegado Nélis Araújo, foi procurado pela reportagem, mas não quis dar declarações. Na noite de terça-feira (03), na Câmara de Vereadores de Teixeira, Nélis teria afirmado que  as mortes relacionadas ao caso Cotrim  “têm raízes nas falhas do Estado a partir de 2007, com a morte do ex-deputado, ocasião em que meu trabalho foi gratuitamente impedido de ser realizado, no momento em que eu tinha elementos e convicção nas investigações”.

DALILA

Tempo de leitura: < 1 minuto

A música “Cadê Dalila?” não virou apenas sinônimo de “pó-delivery” no carnaval baiano.
Dalila é também o nome da mais nova virose que surgiu no Estado e que apresenta alguns sintomas semelhantes aos da dengue, principalmente febre e dores pelo corpo.
E, como você já deve ter deduzido,a doença chega de supetão e derruba a vítima ligeiro, ligeiro, ligeiro…

ITABUNA VOLTA À GESTÃO PLENA EM 90 DIAS, DIZ DEPUTADO

Tempo de leitura: < 1 minuto
.

Responsável pela audiência do prefeito Capitão Azevedo (DEM) com o governador Jaques Wagner, nesta quinta, às 11h, o deputado federal Roberto Brito (PP) disse que Itabuna poderá voltar à gestão plena da saúde em até 90 dias.
Segundo ele, as conversações fluem nesse sentido e já no início do segundo semestre a cidade poderá gerir os recursos da média e alta complexidade em saúde. “Só depende do município”, diz Brito.
No contato com o Pimenta, o deputado enfatizou os esforços do secretário estadual de saúde, Jorge Solla, para que o município volte a gerir a média e alta complexidade. A primeira medida do município é “fazer o dever de casa”, com a reestruturação da Atenção Básica.
Itabuna foi descredenciado da gestão plena no ano passado, quando foram comprovadas irregularidades na aplicação de recursos da saúde no governo Fernando Gomes. A Pasta era comandada pelo contabilista Jesuíno Oliveira.
Brito também informou que o governador Jaques Wagner assina amanhã a liberação de recursos para o combate à dengue em Itabuna  e disponibiliza um helicóptero ao município para o trabalho de identificação de focos do mosquito transmissor da doença, o Aedes aegypti.
A liberação ocorre durante audiência na governadoria. Antes, Roberto Brito, Capitão Azevedo e o secretário de saúde, Antônio Vieira, acompanham o governador numa solenidade no Instituto Anísio Teixeira, às 9h30min.