ITAJUÍPE CONFIRMA 400 CASOS DE COVID-19 E SEIS MORTES

Número de casos de Covid-19 dispara em Itajuípe
Tempo de leitura: < 1 minuto

A disseminação do novo coronavírus ocorre numa velocidade assustadora em Itajuípe.  O número de pessoas que testaram positivo para a Covid-19 subiu para 404 nesta quarta-feira (1º). Nos últimos 10 dias, o município do sul da Bahia confirmou 147 novos casos da doença, conformem dados divulgados hoje pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS).

As localidades com maior quantidade de infectados em Itajuípe são Santo Antônio (129), centro (52),  José Anchieta (51), Santa Rica (46) e Acácio Almeida (40). Santo Antônio também é o bairro com maior número de pessoas que venceram a doença, com 118 curados; seguido do centro, que tem 50 recuperados.

O número de mortos em Itajuípe subiu 50%, passando de quatro para seis entre os dias 21 de junho e esta quarta-feira.  De acordo com a SMS, duas mortes de pessoas com sintomas da Covid-19 estão sendo investigadas. O município contabiliza 259 pessoas recuperadas.

VITÓRIA DA CONQUISTA REGISTRA 639 CASOS DE COVID-19 EM APENAS UM MÊS

Número de casos de Covid-19 dispara em Vitória da Conquista
Tempo de leitura: 2 minutos

O número de casos de Covid-19 em Vitória da Conquista, no sudoeste da Bahia, disparou entre o dia 1º de junho e esta quarta-feira (1º). Neste período, a quantidade de infectados passou de 159 para 798. São exatos 639 infectados a mais. Eram 5 óbitos há um mês e hoje são 16, 11 a mais.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, o número de pacientes recuperados passou de 494 para 523. Outros 259 ainda apresentam sintomas da infecção e seguem se recuperando (16 internados e 243 em tratamento domiciliar) e 16 pessoas residentes do município foram a óbito.

São 3.979 pessoas notificadas com a Síndrome Gripal/suspeita de Covid-19 e estão aguardando classificação final no e-SUS Notifica. Ainda 3.912 aguardam coleta para exame laboratorial ou possuem critérios para realização do Teste Rápido e outros 67 aguardam resultado laboratorial de exame RT-PCR.

Do total notificado, 3.296 já se recuperaram da Síndrome Gripal, 668 apresentam Síndrome Gripal leve e seguem em tratamento domiciliar e estão internados 14 pacientes que aguardam investigação laboratorial. Além disso, o caso de um paciente que foi a óbito em domicílio por suspeita de Covid-19 na última quinta-feira (25), ainda aguarda resultado laboratorial.

Leia Mais

RUI E O “GOVERNO DO ESTADO DE ILHÉUS”

Tempo de leitura: < 1 minuto

Ao inaugurar a nova ponte que ligará o centro e a zona sul de Ilhéus, nesta quarta (1°), Rui Costa não se conteve e, indiretamente, reverberou o que dizem os oposicionistas de Mário Alexandre (Marão):

– Rapaz eu tava olhando o balanço de investimento do Estado aqui em Ilhéus.. É quase Governo do Estado de Ilhéus… – constatou o governador ao lado de um Marão de sorriso amarelo.

O vídeo fez a alegria dos oposicionistas.

COM 76,4 MIL CASOS, BAHIA CONFIRMA COVID-19 EM 388 DOS 417 MUNICÍPIOS

Mais de 90% dos municípios da Bahia já registraram casos de covid-19
Tempo de leitura: 6 minutos

Com 3.178 novos casos confirmados do novo coronavírus (Covid-19), a Bahia chegou a total de 76.485 pessoas infectados pelo vírus que colocou o mundo em estado de pandemia. Destes, 50.924 estão curados, 23.659 ainda estão em isolamento ou hospitalizados e 1.902 não resistiram à doença. Apenas 29 municípios baianos ainda não registraram casos de coronavírus, segundo o boletim divulgado pela Sesab (Secretaria Estadual de Saúde).

Segundo a Sesab, nas últimas 24 horas, registraram-se 49 óbitos e total de 3.165 curados. Já o acumulado de confirmações desde o início da pandemia ocorreram em 388 municípios do estado, com maior proporção em Salvador (46,53%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram Itajuípe (1.932,56), Gandu (1.737,49), Ipiaú (1.536,85), Uruçuca (1.369,46) e Itabuna (1.236,73).

O boletim epidemiológico contabiliza 76.485 casos confirmados, 166.313 casos descartados e 78.797 em investigação. Até as 17h de hoje, subiu para 9.005 o número de profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19.

TAXA DE OCUPAÇÃO

Na Bahia, dos 2.284 leitos disponíveis do Sistema Único de Saúde (SUS) exclusivos para coronavírus, 1.427 possuem pacientes internados, o que representa uma taxa de ocupação de 62%. No que se refere aos leitos de UTI adulto e pediátrico, dos 916 leitos exclusivos para o coronavírus, 720 possuem pacientes internados, compreendendo uma taxa de ocupação de 79%.

ÓBITOS

A Sesab contabiliza 1.902 mortes pelo novo coronavírus. Destes, 49 foram registrados no boletim desta quarta. Abaixo, o histórico de todas as pessoas que não resistiram à doença e constam no boletim de hoje.

Leia Mais

PARA 49,7% DOS INSCRITOS, PROVAS DO ENEM DEVEM SER APLICADAS EM MAIO

Inscritos no Enem 2020 defendem que provas seja aplicadas no próximo ano
Tempo de leitura: 2 minutos

O Ministério da Educação (MEC) e o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgaram, hoje (1º), o resultado da enquete para a escolha do novo período de aplicação das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020. Para 49,7% dos estudantes, o Enem impresso deve ser aplicado em 2 e 9 de maio de 2021 e o Enem digital em 16 e 23 de maio.

As outras opções de data eram o Enem impresso em 6 e 13 de dezembro deste ano e Enem digital em 10 e 17 de janeiro de 2021, com 15% dos votos; e Enem impresso em 10 e 17 de janeiro de 2021 e Enem digital em 24 e 31 de janeiro, com 35,3% dos votos dos estudantes.

As provas, que aconteceriam em novembro deste ano, foram adiadas em função das medidas de enfrentamento à pandemia da covid-19.

A pesquisa com os estudantes foi aberta no dia 20 de junho na Página do Participante e 1,113 milhão de estudantes, que representam 19,3% dos inscritos no exame, responderam de forma voluntária. O Enem 2020 tem pouco mais de 5,7 milhões de inscritos.

DATA

De acordo com o presidente do Inep, Alexandre Lopes, a data escolhida pelos estudantes ainda não é a oficial, mas será levada em conta para a definição. “Mais de 80% pediram para fazer a prova no ano que vem. É uma opinião importante, mas não é a única fonte de decisão”, disse, ressaltando que poderá ser, inclusive, uma data diferente daquelas que foram colocadas na enquete.

Lopes explicou que o MEC e o Inep irão, agora, consultar o Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed), que estão tratando do cronograma das aulas no ensino médio, e as associações que representam as instituições de ensino superior, para saber quando pretendem começar o primeiro semestre ano que vem. “A data sairá desse processo de construção coletiva”, disse.

A expectativa é que a definição do período de aplicação da prova seja anunciado daqui duas ou três semanas. Segundo Lopes, independentemente da data, o governo está se preparando para garantir a segurança sanitária dos participantes e das pessoas que trabalham na aplicação do Enem, com a disponibilização de álcool em gel e máscaras, além de diminuir a quantidade de estudantes nas salas.

Para o secretário-executivo do MEC, Antonio Paulo Vogel, caso o Enem 2020 seja realizado em maio do ano que vem, isso prejudicaria o primeiro semestre letivo das universidades. “É uma variável que será levada em consideração no debate com as instituições”, explicou.

SISU E ENADE

Paulo Vogel disse que o portal do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) já está aberto para a consulta de vagas para ingresso no segundo semestre deste ano, nas universidades e institutos federais de ensino. As inscrições vão de 7 a 10 de julho.

O presidente do Inep, Alexandre Lopes, também anunciou que a prova do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) de 2020, que aconteceria em novembro, será adiada para 2021 em razão da pandemia da covid-19 e dos problemas para a conclusão do cronograma do segundo semestre letivo. A nova data ainda será definida. O Enade avalia o desempenho dos estudantes e dos cursos de ensino superior.

COM HOMENAGEM A OPERÁRIOS MORTOS, RUI COSTA ENTREGA NOVA PONTE DE ILHÉUS

Nova Ponte tornou-se novo cartão postal de Ilhéus || Foto Mateus Pereira/Govba
Tempo de leitura: 2 minutos

O governador Rui Costa entregou a Nova Ponte de Ilhéus, a primeira estaiada da Bahia, nesta quarta-feira (1º), com uma homenagem a trabalhadores e menção aos quatro operários que faleceram na execução de trabalhos de fundação da obra, em 2013.

– Aqui vai nossa homenagem aos trabalhadores que construíram a ponte e àqueles trabalhadores que, na balsa, perderam a vida ao fazer mergulho para fazer as estacas [de] fundação. Hoje a gente tem orgulho de entregar esse novo cartão postal de Ilhéus.

Os operários Carlos Augusto dos Santos Alves, Nelson Bispo dos Santos, Joel Araújo de Matos e Robson Sena Sampaio. A embarcação em que estavam ficou à deriva e naufragou. Dois colegas dos operários conseguiram nadar até a praia e se salvaram.

Ladeado por Marão e Nazal, Rui vistoria obra da nova ponte || Foto Mateus Pereira/GovBA

A vistoria da obra e abertura da ponte para o trânsito de veículos ocorreu ao final da manhã desta quarta. Na obra, foram investidos R$ 100 milhões e possui 533 metros de extensão e 25 metros de largura, com faixa para pedestre e ciclovia. Os acessos viários têm extensão de 2,7 quilômetros.

A obra foi entregue pelo governador com a presença de outras autoridades municipais – o prefeito Mário Alexandre e o vice-prefeito José Nazal -, os deputados Rosemberg Pinto (PT), Eduardo Salles (PP) e Paulo Magalhães (PSD), o suplente de senador Bebeto Galvão.

Nova Ponte liga centro e zona sul de Ilhéus || Foto Mateus Pereira/GovBA

AGLOMERAÇÃO

A entrega foi simbólica para evitar grandes aglomerações. Apesar disso, a Prefeitura de Ilhéus divulgou a visita do governador, descumprindo acordo feito com o estado, e uma multidão no lado sul do acesso viário à ponte.

COVID-19: PREFEITURAS DE IBICUÍ, IGUAÍ E NOVA CANAÃ DEVEM DIVULGAR GASTOS NA PANDEMIA

Ibicuí, no médio sudoeste baiano, deve divulgar gastos com a pandemia
Tempo de leitura: < 1 minuto

O Ministério Público estadual recomendou às gestões municipais de Ibicuí, Iguaí e Nova Canaã que deem ampla publicidade e transparência aos gastos públicos e medidas administrativas de assistência à saúde no enfrentamento da pandemia do coronavírus.

“As recentes flexibilizações legislativas em torno dos processos de aquisição e contratações para enfrentamento da pandemia exigem a adoção de redobradas cautelas com a gestão do patrimônio público, de modo a propiciar a ampla fiscalização social e pelos órgãos do sistema de controle formal”, destacou a promotora de Justiça Solange Anatólio do Espírito Santo, autora da recomendação.

No documento, o MP orientou que as administrações municipais divulguem e atualizem constantemente o Plano Municipal de Contingências, disponibilizando ao Poder Público e à sociedade diversas informações sanitárias, tais como, número de leitos disponíveis de enfermaria e de UTI disponíveis nos Municípios, ativos, em implantação ou interditados; número de casos de Covid-19 confirmados e suspeitos; quantitativo de testes realizados com os respectivos resultados; quantidade de amostras aguardando processamento; e o número de óbitos.

As prefeituras devem divulgar também, em prazo não superior a 15 dias úteis, informações atualizadas acerca dos recursos destinados ao enfrentamento da Covid-19 e informações sobre contratações e aquisições em períodos de emergência em formatos de dados abertos, garantindo sua acessibilidade para diferentes tipos de público.

O MP recomendou ainda que os Municípios publiquem informações acerca de contratações e aquisições públicas realizadas com base na Lei 13.979/2020, em site oficial específico e exclusivo, explicitando-se, dentre outros, o nome do contratado, o número da sua inscrição da Receita Federal do Brasil, o prazo contratual e o respectivo processo de contratação ou aquisição.

EQUIPE DE HOSPITAL ITABUNENSE RELATA SUCESSO EM PARTO DE MULHER COM A COVID-19

Paciente testou positivo para covid-19, mas cirurgia foi um sucesso || Foto Divulgação
Tempo de leitura: < 1 minuto

Uma equipe do Hospital Manoel Novaes realizou um parto que exigiu cuidados ainda maiores por causa da situação envolvendo a paciente, que testou positivo para o novo coronavírus. O procedimento foi realizado, com sucesso, na última sexta-feira (26) na unidade que é referência em ginecologia e obstetrícia, neonatologia de alto risco e pediatria cirúrgica.

Pesando 2 quilos e 860 gramas, a menina nasceu depois de uma cesariana que durou uma hora e meia, sem maiores complicações. Após a conclusão do procedimento, mãe e filha ficaram internadas em leito de isolamento Covid-19. A paciente, de 33 anos, do baixo-sul da Bahia, e a criança receberam alta no último domingo (28), e devem seguir as medidas de isolamento, conforme protocolo para casos covid-19.

O parto foi realizado pela equipe formada pelos médicos John Leahy Filho e Katiana Três, além do anestesista Zacarias Figueiredo, a instrumentadora Irenildes Batista (Dina), a enfermeira obstetra Renata Marques e as técnicas Pollyana Monção, Camila Silva e Milena Nascimento.

DESAFIO MAIOR

A diretora técnica do Hospital Manoel Novaes, a médica Fabiane Chávez, explica que, embora a unidade não tenha sido credenciada para parto de paciente positivada para o novo coronavírus, destinou leitos exclusivos para esse tipo de atendimento específico, desde que reguladas pela Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab). “Temos uma estrutura que possibilita a realização do atendimento com segurança”, afirma.

De acordo com a médica, a cirurgia cesariana é sempre desafiadora, mas os casos envolvendo pacientes com teste positivo para Covid-19 requerem um cuidado ainda maior. Mas, afirma, tudo ocorreu como planejado.

AMAMENTAÇÃO

A enfermeira obstetra Renata Marques destaca que, para evitar a contaminação dos recém-nascidos, em casos de pacientes que testam positivo, a amamentação só é autorizada depois de um rigoroso processo de higienização feita nas mães.

MAIS SETE MUNICÍPIOS BAIANOS TÊM TRANSPORTE SUSPENSO; TOTAL CHEGA A 348

Tempo de leitura: 3 minutos

O transporte intermunicipal será suspenso em Cotegipe, Igaporã, Itaguaçu da Bahia, Paramirim, Remanso, São José do Jacuípe e Wagner, a partir de quinta-feira (2). A decisão, que foi publicada em decreto no Diário Oficial do Estado (DOE) nesta quarta (1º), tem o objetivo de conter o avanço do coronavírus na população baiana.

Ficam proibidas nesses municípios a circulação, a saída e a chegada de qualquer transporte coletivo intermunicipal, público e privado, rodoviário e hidroviário, nas modalidades regular, fretamento, complementar, alternativo e de vans. Também continuam suspensas, até o dia 6 de julho, a circulação, a saída e a chegada de ônibus interestaduais no território baiano.

O decreto ainda autoriza a retomada do transporte intermunicipal em Ibiquera, Santana, São Domingos e São Gabriel, cidades com 14 dias ou mais sem novos casos de Covid-19. Clique em “leia mais” e confira todos os 348 municípios afetados pelo decreto.

Leia Mais

PARA AQUELES QUE DERAM SANGUE, SUOR E VIDA

Trabalhadores da obra de construção da nova ponte || Foto José Nazal
Tempo de leitura: 2 minutos

A eles, todo o meu respeito. Se eu pudesse, colocaria uma placa com seus nomes, para que nunca fossem esquecidos. Como não posso, estou trabalhando em um projeto para registrar as fases da construção da ponte, onde será citado o nome de cada uma das pessoas que trabalharam na obra. Deus permita que eu consiga dar conta de fazer.

 

José Nazal

Está quase chegando a hora da ponte ser entregue, depois da visita do governador Rui Costa, seguido da liberação para a abertura. Quero agradecer, em meu nome pessoal e dos meus familiares, ousando também agradecer em nome dos ilheenses e amigos que me seguiram no acompanhamento da obra pelas redes sociais, àqueles que são os verdadeiros heróis que trabalharam na obra, oferecendo cada um o seu saber, sua experiência, seu suor e sangue para que Dona Ponte pudesse se transformar de um projeto no papel na realidade que hoje vemos.

Quase seis centenas de homens e mulheres se dedicaram no trabalho da obra, estando representados nesse grupo que tive a honra de fotografar no dia 02 de dezembro de 2019.

Rendo minha homenagem a todos e todas, mas cito apenas o nome de quatro colaboradores que, mais do que suor e sangue, deram suas vidas no trabalho da obra: CARLOS AUGUSTO DOS SANTOS ALVES, NELSON BISPO DOS SANTOS, JOEL ARAÚJO DE MATOS e ROBSON SENA SAMPAIO.

Eles infelizmente perderam a vida num trágico naufrágio ocorrido no dia 19 de setembro de 2013.

A eles, todo o meu respeito. Se eu pudesse, colocaria uma placa com seus nomes, para que nunca fossem esquecidos. Como não posso, estou trabalhando em um projeto para registrar as fases da construção da ponte, onde será citado o nome de cada uma das pessoas que trabalharam na obra. Deus permita que eu consiga dar conta de fazer.

José Nazal é fotógrafo, memorialista, vice-prefeito de Ilhéus e autor de Minha Ilhéus – Fotografias do Século XX e um pouco de nossa História.