skip to Main Content
26 de novembro de 2020 | 01:21 am

SOLON DÁ OLÉ NO CORONEL SANTANA

Tempo de leitura: < 1 minuto

O coronel Gilberto Santana, pré-candidato a deputado estadual pelo PTN, sempre afirmou que teria o apoio do deputado federal ACM Neto (DEM). Não terá.

Nesta sexta-feira (19), sob as bênçãos de São José, Neto consolida em Itabuna sua dobradinha com o vereador tucano Solon Pinheiro. Os dois participam de evento às 19 horas, no plenário da Câmara de Vereadores, estando também anunciadas as presenças do deputado federal Jutahy Magalhães Júnior (PSDB) e do ex-governador Paulo Souto.

Ao ver que Neto lhe escapolia, Santana não perdeu tempo. Colou no pré-candidato a deputado federal Félix Mendonça Júnior (PDT), que também estará em Itabuna nesta sexta, para reunião com lideranças e a imprensa. O coronel quer, agora, formar dobradinha com o pedetista.

Só tem um problema: Félix Júnior estaria mais inclinado a fazer o seu baião-de-dois em Itabuna com o tucano Augusto Castro. Se isto se confirmar, a situação de Santana não será nada boa.

Quem também anunciou preferência por Solon foi o prefeito Capitão (Me pede que eu apoio) Azevedo. Nesta quinta-feira (18), em um café da manhã no Itabuna Palace Hotel, ele reuniu cargos de confiança de seu governo, como a procuradora-geral Juliana Burgos, e declarou que está com Solon.

Nesse caso, é bom o “menudo” ficar esperto, pois, em se tratando de apoio político, Azevedo está “dando mais do que chuchu na cerca”…

Azevedo declara apoio a Solon Pinheiro

ACM NETO LAMENTA AUSÊNCIA DO PT EM ANIVERSÁRIO

Tempo de leitura: < 1 minuto

ACM Neto chega aos 31 chorando ausência petista.

O deputado ACM Neto (DEM) não cabia em si (bom, pelo tamanho dele, isso não quer dizer muita coisa!) de contentamento com a festa de arromba que promoveu no hotel Bahia Fiesta, na quinta-feira, 28, quando completou 31 anos.

Por lá, passaram políticos dos diversos matizes. A lista começava com João Cavalcanti, o vice de Geddel, e terminava em João Durval e João Henrique.

Mas a festa não foi completa, segundo revelou o parlamentar federal, por meio de sua assessoria. “Faltou representante do PT”, constatou, choroso. Que o governador Jaques Wagner “ou qualquer um dos seus” se prepare. Em ano eleitoral, uma desfeita destas é imperdoável.

Bate (mais!) neles, Grampinho.

LULA, DILMA E O PT

Tempo de leitura: 2 minutos

Marco Wense

Dilma Roussef em visita ao estado (Foto Manu Dias).

Dilma Roussef em visita ao estado (Foto Manu Dias).

A prioridade do PT nacional, com o aval do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, é a eleição da ministra Dilma Rousseff para o cobiçado e disputadíssimo Palácio do Planalto.

O presidente Lula já bateu o martelo em relação aos palanques regionais: não vai participar de nenhum ato político nos Estados com dois ou três candidatos a governador da mesma base aliada.

Cabe ao PT, com a decisão do presidente Lula, não criar mais problemas para a difícil eleição de Dilma, que tem pela frente um bom e competitivo concorrente, o tucano José Serra, governador de São Paulo e pré-candidato do PSDB.

É bom lembrar que o lulismo é infinitamente mais forte do que o petismo. Os radicais de plantão devem ser afastados das negociações envolvendo a legenda, os partidos aliados e a sucessão estadual.

O PT, no entanto, não pode, em nome dessa prioridade para eleger a ministra Dilma Rousseff (Casa Civil), aceitar tudo. Não pode perder a compostura e, muito menos, a autoestima.

PMDB

Ministro Hélio Costa.

Ministro Hélio Costa.

Chega a ser constrangedor, quase que uma humilhação, a insistência de setores do PMDB com o nome do deputado Michel Temer (SP) para vice-presidente na chapa encabeçada pela petista Dilma Rousseff.

A lista tríplice sugerida pelo presidente Lula, para que Dilma escolha o seu vice – quem vai escolher é Lula –, é motivo mais do que suficiente para que o PMDB descarte o carrancudo Temer.

O presidente da Câmara dos Deputados, como vice de Dilma, não acrescenta nada. Nada mesmo. É como se a ministra estivesse sozinha. Aliás, o estilo fechado do parlamentar é muito parecido com o da petista.

O melhor companheiro de chapa para Dilma Rousseff é, sem dúvida, Hélio Costa, que é peemedebista e ministro das Comunicações. O licenciado senador mineiro ocupa a primeira posição nas pesquisas de intenção de voto para o governo de Minas.

DOBRADINHA

As chamadas dobradinhas, uma espécie de “Cosme e Damião” do processo político, estão cada vez mais aceleradas.

Aqui em Itabuna, a do vereador Solon Pinheiro com ACM Neto, respectivamente pré-candidato ao Parlamento estadual (PSDB) e a deputado federal (DEM-reeleição), é a mais comentada.

O democrata sempre foi bem votado em Itabuna, onde tem um eleitorado cativo, formado por históricos, enraizados e fiéis carlistas. O voto no parlamentar é uma forma de homenagear o falecido senador Antonio Carlos Magalhães.

Como é que ACM Neto vai “medir” o trabalho de Solon em Itabuna? Reunião com dezenas de pessoas, com a maioria aparecendo porque recebeu alguma contrapartida, não quer dizer nada. É só oba-oba.

SINAL VERMELHO

Tempo de leitura: 2 minutos

Marco Wense

.

A relação entre a Câmara de Vereadores e o prefeito, aí simbolizando os poderes Legislativo e Executivo, tem que ser assentada no respeito mútuo, na harmonia e imprescindível independência.

Quando os poderes começam a desprezar os elementares ensinamentos de uma boa convivência democrática, enveredando-se para a política do toma-lá-dá-cá, acende-se o sinal vermelho.

No frigir dos ovos, como sempre acontece, termina o eleitor-cidadão-contribuinte pagando um alto preço pela irresponsabilidade e a insensatez dos senhores homens públicos.

O mínimo que se pede ao prefeito de Itabuna, Capitão Azevedo, e ao vereador Clóvis Loiola, presidente do Parlamento municipal, é a compreensão de que o diálogo, o bom senso e a civilidade são ingredientes indispensáveis no relacionamento entre os poderes.

Que o ano de 2010 ilumine a consciência e o juízo dos políticos. Que seja um ano de política e não de politicagem.

PESQUISA

.

Uma pesquisa para deputado federal, na vizinha e irmã cidade de Ilhéus, realizada entre os dias 15 e 16 de dezembro de 2009, foi publicada pelo conceituado blog do Gusmão.

A surpresa ficou por conta de ACM Neto, que ficou na primeira colocação com 16,8%. “Para ele que não tem nenhum vínculo com a cidade, nenhum serviço prestado, realmente é uma surpresa”, diz o blog.

A votação de ACM Neto é a prova inconteste de que o carlismo está vivo. É uma forma de homenagear o ex-senador Antonio Carlos Magalhães através do voto. Não tem outra explicação.

Raimundo Veloso (PMDB) vem logo atrás com 14%. O ex-prefeito de Itabuna, Geraldo Simões (PT), é o terceiro colocado com 10,9%. Veloso e Simões são fortíssimos candidatos (reeleição).

O ex-presidente estadual do PT, Josias Gomes, aparece com apenas 0,6%. Uma lamentável surpresa, já que algumas lideranças do petismo de Ilhéus esperavam um resultado melhor, perto de cinco pontos percentuais.

ACM Neto na frente de Raimundo Veloso, como diz o ditado popular, é de “lascar o cano”. Raimundo Veloso é o mais legítimo e autêntico representante do povo de Ilhéus.

Marco Wense é articulista do Diário Bahia.

ACM NETO REBATE CRÍTICA DE RICARDO BOECHAT

Tempo de leitura: < 1 minuto

Mais cedo, o jornalista Ricardo Boechat desceu o sarrafo em ACM Neto (aquele do “Nunca é demais bater em Wagner”). O deputado não gostou do comentário de Boechat, principalmente quando o apresentador diz que deseja a morte do clã Magalhães.

Através de sua assessoria, o deputado baiano entrou em contato com o Pimenta e disse que encaminhou carta ao jornalista e ao diretor-geral da Band News, André Luiz Costa, cobrando “responsabilidade por parte do comunicador”.

Contumaz na prática de ofender (e ameaçar) os adversários, ACM Neto leva a acreditar que o jornalista conseguiu superá-lo nos golpes baixos:

– O senhor Ricardo Boechat ultrapassou os limites do bom senso e da civilidade. Nem os meus mais ferrenhos inimigos nunca desejaram a minha morte ou a de meus familiares.

Pois é, Boechat. Nos dias de hoje, pode-se ameaçar dar surra em presidente da República (reveja o caso), mas deve-se pegar leve nessas coisas de desejar a morte de outrem…

Clique na seta play e ouça o que deixou o deputado baiano revoltado:

SINCERIDADE ACIMA DE TUDO!

Tempo de leitura: < 1 minuto

ACM Neto deu entrevista ao Portal Terra, bateu, tripudiou do governo Wagner, pintou o diabo (clique aqui). Hoje, na Band News, o jornalista Ricardo Boechat disse o que pensa do moço. Transformou em palavras os pensamentos de muita gente (veja também no you tube).

É preciso coragem pra dizer o que disse. Mas deverá ter a compreensão da família Magalhães, especialmente de ACM Neto, que também costuma falar o que lhe vem à cabeça.

É o tal caso: quem diz o que quer…

PAULO SOUTO NÃO VIU PESQUISA DE ACM NETO

Tempo de leitura: < 1 minuto
Souto: pesquisa não é do DEM.

Souto: pesquisa não é do DEM.

O ex-governador Paulo Souto disse ontem à noite ao Pimenta que não tem conhecimento da pesquisa que o deputado federal ACM Neto divulgou esta semana. Segundo ele, nem mesmo a informação do instituto ao qual foi atribuída a autoria da consulta está correta (leia aqui).

“Aquilo foi um levantamento feito por um grupo independente, de São Paulo, que sai pelos estados fazendo esse tipo de consulta. [ACM] Neto teve acesso aos números, em São Paulo, e divulgou em seu twitter. Como o PMDB sabe que o Instituto Dataquali trabalha com o DEM, logo o presidente Lúcio Vieira fez a associação. Mas não é nossa”.

Perguntado, Souto também disse não ter conhecimento dos detalhes da tal pesquisa, e nem mostrou muita confiança nos números divulgados. Mas nem por isso deixou de dar uma pancadinha no governador e pré-candidato à reeleição, Jaques Wagner. “O dado é que todas as pesquisas mostram uma baixa intenção de votos no governo”.

ACM NETO FATURA COM QUEDA DA PEC

Tempo de leitura: < 1 minuto
.

Política é isso. Faturar sempre, de um jeito ou de outro. O deputado federal ACM Neto sabe disso – até pela educação familiar que teve. Tanto é que comprou briga na Assembleia Legislativa contra a aprovação da PEC que dava direito a aposentadoria precoce a ex-governadores.

Ele torcia para que a proposta não saísse de pauta. Era a chance que teria para continuar fustigando Wagner até as eleições de 2010. Não deu. O deputado Marcelo Nilo resolveu, após protesto até dos beneficiados, retirar o projeto de pauta.

Mas isso não quer dizer que Neto desistiu. “O governador ficou com medo das eleições e pediu para retirar a PEC da pauta da Assembleia”, espeta. A propósito, ACM Neto continua com a distribuição indiscriminada de spams nos emails alheios.

ACM NETO, AGORA ‘REI DO SPAM’

Tempo de leitura: < 1 minuto

“Olá. Convido você para ver em meu site o vídeo do DEM baiano que uma juíza mandou tirar do ar a pedido do PT. O vídeo mostra como está a situação da segurança pública aqui na Bahia. Também está em meu site a minha opinião sobre a descriminalização da maconha. A minha opinião foi dada a pedido da Folha de S. Paulo, num debate com a vereadora Soninha de São Paulo. Abraços – ACM Neto (negrito e itálico nossos)

ACM Neto: pouco caso da justiça e abuso do spam

Neto: pouco caso da justiça e abuso do spam

Essa é a mensagem automática que o deputado federal ACM Neto (DEM) usa para saudar mais uma de suas vítimas na internet. Sim, vítimas, porque são usuários bombardeados com informações de quem se utiliza de uma prática ilegal na rede (spam) para difundir suas ideias.

Na mensagem, o deputado ainda faz pouco caso da decisão da juíza corregedora do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), Cíntia Rezende, a quem chama de “uma juíza” que “mandou tirar o material do ar a pedido do PT”.

Além disso, apesar da proibição de utilizálo no horário político do DEM na TV, mantém a exibição do material em seu site oficial e, agora, passa a distribuir pela internet, através de spams. Spam é o envio de mensagens em massa, sem que os destinatários tenham sido consultados. Uma invasão de privacidade.

Mostra que aprendeu muita coisa com o avô, o ex-senador ACM.

GERALDO ACUSA ACM NETO DE ‘TORCER CONTRA’ A BAHIA

Tempo de leitura: < 1 minuto

O deputado federal Geraldo Simões (PT) discursou no plenário da Câmara e voltou a fustigar o colega ACM Neto (DEM). Neto havia feito um discurso sobre a violência na Bahia, responsabilizando o governo pela onda de ataques em Salvador e acusando Jaques Wagner de negligenciar a segurança pública.

Simões disse que os ataques dos bandidos são reação a uma atitude do governo Wagner de desarticular o crime no estado e que a iniciativa deveria ser apoiada pela oposição.

O deputado petista acusou a oposição de desmantelar a segurança pública da Bahia em governos anteriores e de “torcer para que tenha problema”. Segundo o petista, a prática do democrata revela a “velha maneira de fazer oposição”. Com informaçoes do Bahia Notícias.

Back To Top