skip to Main Content
9 de julho de 2020 | 09:47 pm

SUPERINTENDENTE DA SECULT "SOBROU"

Tempo de leitura: < 1 minuto

Apontado como o responsável pela lambança do edital da Secretaria Estadual de Cultura (Secult), Adalberto Santos acabou exonerado do cargo de superintendente de Desenvolvimento Territorial da Cultura. “Houve má-formulação da redação”, justificou-se em entrevista ao jornal A Tarde. Um novo edital para contratar representantes territoriais será anunciado pela Secult. Relembre a polêmica clicando aqui.

Back To Top