skip to Main Content
8 de julho de 2020 | 09:47 pm

“A UNIVERSIDADE DEVE TRANSFORMAR A VIDA DAS PESSOAS”, AFIRMA NOVO REITOR DA UESC

Tempo de leitura: 2 minutos

Alessandro Fernandes assume a reitoria da Uesc || Foto Júlia Barreto

Novo reitor da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), o professor Alessandro Fernandes Santana defendeu que a instituição, juntamente com institutos federais e a Ufsb, transforme o sul da Bahia numa região de pessoas que possam escolher o seu destino, tendo a educação como pilar básico. “Uma Universidade não deve fazer apenas ensino pesquisa e extensão. A universidade deve transformar a vida das pessoas”, disse Alessandro, que tomou posse na noite desta terça (4).

Falando para um auditório repleto de servidores, professores, estudantes, além de vereadores e prefeitos e de secretários estaduais, Fernandes enfatizou compromisso assumindo na fase de campanha.

– O meu compromisso e o de Mauricio para com esta instituição é buscarmos elevar para o nível de excelência os 33 cursos de graduação, buscar cada vez mais condições para que os nossos pesquisadores e pesquisadoras desenvolvam aqui suas pesquisas com qualidade.

A solenidade reuniu quatro secretários estaduais, dentre eles a titular da Pasta da Ciência, Tecnologia e Inovação, Adélia Pinheiro, reitora da universidade estadual sul-baiana no período de 2012 a 2019. “Entregamos a Uesc hoje mais madura, sólida e legitimada como instituição universitária profundamente entrelaçada com a sua região e o desenvolvimento dela”, disse, observando que a Uesc figura hoje entre as 60 melhores universidades do país.

O secretário estadual da Educação, Jerônimo Rodrigues, representou o governador Rui Costa na solenidade. “Tenho certeza que a gestão dos professores Alessandro e Mauricio será voltada para o desenvolvimento regional, inovação científica e tecnológica, além das atividades finalísticas da instituição e também para os projetos que dizem respeito ao desenvolvimento do Estado da Bahia”.

BAHIA DARÁ R$ 1,62 MILHÃO PARA APOIO A NEGÓCIOS INOVADORES; INSCRIÇÕES ABERTAS

Tempo de leitura: 2 minutos

Adélia: R$ 1,62 milhão em edital para inovação na Bahia

A Fundação de Amparo à Pesquisa da Bahia (Fapesb), vinculada à Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), e a Financiadora de Inovação e Pesquisa (Finep) lançaram o edital Centelha Bahia. As inscrições estão abertas até o dia 7 de agosto (veja link abaixo).

O Centelha Bahia irá conceder R$ 1.620.000,00 para empreendedores que buscam desenvolver produtos, processos ou serviços que venham a melhorar a vida da população baiana, gerando negócios inovadores.

A iniciativa, que integra os esforços estaduais para impulsionar a economia local por meio da criatividade baiana, é uma alternativa para gerar renda e empregos com soluções inovadoras e que tragam retorno para a sociedade. Os interessados em inscrever seus trabalhos devem ler o edital e realizar o castrado através do link www.programacentelha.com.br/ba/.

De acordo com a secretária da Secti, Adélia Pinheiro, outras iniciativas como esta serão implantadas no futuro, a fim de estimular diversas gerações de estudantes a desenvolver o interesse pela ciência, tecnologia e inovação. “O próprio nome ‘Centelha’ dá o sentido de início, a ideia de uma chama que primeiro desperta, depois se espalha, e por fim se estabelece em todos os campos”, afirmou.

Leia Mais

RUI COSTA CONFIRMA ADÉLIA PINHEIRO NA SECTI E JOSIAS GOMES NA SDR

Tempo de leitura: < 1 minuto

Adélia deixa a Uesc e assume a Secti

Josias assume a SDR

O governador Rui Costa confirmou, há pouco, os últimos nomes a compor o seu secretariado neste início de segundo mandato. O gestor baiano terá a reitora da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), Adélia Pinheiro, como secretária de Tecnologia, Ciência e Inovação.

Adélia está no final do segundo mandato à frente da reitoria da Uesc. Evandro Freire assumirá o comando da universidade. “Vai fazer a transição para deixar a reitoria e vem para a Secretaria”, disse ele.

Ainda um nome do sul da Bahia, o deputado federal Josias Gomes será mesmo o titular da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR). Cibele Carvalho foi mantida na Secretaria de Relações Institucionais (Serin) e Carlos Martins comandará a Pasta da Justiça.

UESC LANÇA APLICATIVO PARA AJUDAR A PRESERVAR MEIO AMBIENTE

Tempo de leitura: 2 minutos
Aplicativo permite denúncias e dicas para preservar meio ambiente (Foto Júlia Barreto).

Aplicativo permite denúncias e dicas para preservar meio ambiente (Foto Júlia Barreto).

Já pensou em poder participar ativamente da proteção do meio ambiente? O aplicativo “Coruja” lançado pelo o projeto de extensão Vivências Interdisciplinares em Direitos Socioambientais (VIDA), da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC), oferece essa possibilidade.

Segundo o coordenador do projeto, o professor Guilhardes de Jesus Jr., o Coruja vai auxiliar o usuário A fazer denúncias, identificar infrações e propor soluções que possam contribuir para proteção do meio ambiente em sua cidade. O aplicativo foi idealizado, segundo o professor, pelos integrantes do Projeto Vida, do Departamento de Ciências Jurídicas da Uesc. “O aplicativo é fácil de baixar e mais fácil ainda de usar”.

“Além de acompanhar o usuário nas suas denúncias, ele o levará a conhecer um pouco mais sobre meio ambiente e leis ambientais de forma interativa e divertida. Essa será uma das formas para, juntos, tornar a vida mais sustentável,” explicou o professor, durante o lançamento do aplicativo, na Reitoria, com a presença da reitora Adélia Pinheiro.

Aplicativo (Foto Júlia Barreto).

Voluntárias, Guilhardes Jr. e reitora Adélia Pinheiro lançam aplicativo (Foto Júlia Barreto).

FUNÇÕES

No “Coruja” o usuário encontra funções como “Denúncias”, pelo qual será possível descrever problemas identificados e que possam causar danos ao meio ambiente. Também poderá adicionar fotos para que a equipe do “Vida” repasse a informação às autoridades competentes. Os dados do usuário são confidenciais.

Em “Boas ideias” o usuário pode contar as suas ideias para melhorar o modo de relacionamento com o meio ambiente, ou ainda, que possam diminuir os impactos negativos que causamos. É possível compartilhar com o “Vida”, por meio de imagens, iniciativas já em prática e que tenham ajudado a vida das pessoas. Essas ideias serão reunidas pela equipe do projeto e entregues ao gestor público responsável.

Ainda no mesmo aplicativo, a função “Informativos” possibilita encontrar materiais de didáticos produzidos pela equipe do Projeto Vida. Por fim, “Consultas”, por meio da qual o usuário receberá informações sobre as denúncias e ideias por ele cadastradas no aplicativo.

UESC: ÂNGELA É BARRADA NA POSSE DE ADÉLIA

Tempo de leitura: < 1 minuto

angela sousaA deputada estadual Ângela Sousa (PSD) foi barrada na solenidade de posse da reitora da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), Adélia Pinheiro, nesta noite de quarta (3).

A parlamentar tentou usar da prerrogativa do cargo, mas não conseguiu ter acesso à sala reservada às autoridades. O cerimonial do evento não tomou conhecimento. Restou a ela ficar na plateia.

Para completar o vexame, a deputada também não foi chamada para compor a mesa da solenidade. Do evento de posse de Adélia e do vice-reitor, Evandro Freire, participaram autoridades como o deputado federal Davidson Magalhães e o vice-governador João Leão, que representou Rui Costa.

SÉRGIO MURILO DEFENDE AMPLIAÇÃO DA PESQUISA E EXTENSÃO NA CEPLAC

Tempo de leitura: 2 minutos
Jerônimo Rodrigues discursa na reunião de trabalho de Murilo (Foto Daniel Thame).

Jerônimo Rodrigues discursa na reunião de trabalho de Murilo (Foto Daniel Thame).

A reunião de trabalho e posse festiva do novo diretor-geral da Ceplac, Sérgio Murilo Menezes, reuniu secretários estaduais, produtores rurais, políticos sul-baianos e a reitora da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), Adélia Pinheiro, ontem (15), na sede regional do órgão de apoio à lavoura, na Rodovia Ilhéus-Itabuna. O novo diretor-geral da Ceplac, na posse festiva e reunião de trabalho, definiu as linhas da sua gestão.

Servidor de carreira do órgão, Sérgio Murilo Menezes disse que a instituição deve se colocar a serviço do produtor, “ampliando a pesquisa e a extensão rural, capacitando os jovens para que possam assumir novos desafios do mercado e adotando políticas públicas que garantam a retomada do desenvolvimento regional de forma sustentável”.

INVESTIMENTO NA CADEIA PRODUTIVA

Jerônimo Rodrigues, secretário de Desenvolvimento Rural da Bahia, apontou a necessidade de mais investimentos em toda a cadeia produtiva do cacau e ampliação do polo chocolateiro no sul da Bahia. Ontem, Jerônimo participou da posse festiva do novo diretor-geral da Ceplac, Sérgio Murilo Menezes.

O secretário apontou que, hoje, 70% da produção de cacau no sul da Bahia é oriunda da agricultura familiar. O governo estadual, segundo ele, está atuando no apoio a estes agricultores com programas de capacitação, assistência técnica e financiamento de projetos agrícolas.

Além de Rodrigues, o secretário estadual de Agricultura, Vitor Bonfim, também participou da solenidade na Ceplac. Bonfim ressaltou os “investimentos em plantas com maior produtividade e mais resistentes a doenças”. Para ele, estas práticas têm resultado em ganhos para o produtor rural, com reflexos na economia.

Segundo Bonfim, a safra 2014/2015 chegou a 220 mil toneladas de cacau. O deputado federal Bebeto Galvão elogiou a escolha do governo federal para a direção da Ceplac. “[Sérgio Murilo é] Homem da região cacaueira, filho da terra, que leva a Brasília esse nosso sentimento regional de que a Ceplac é indispensável para a vida da região sul”.

 

REITORA DA UESC REELEITA COM 85% DOS VOTOS

Tempo de leitura: < 1 minuto
Adélia Pinheiro obteve média de votos superior a 85,6% no pleito ocorrido ontem.

Adélia Pinheiro obteve média de votos superior a 85,6% no pleito ocorrido ontem.

Adélia Pinheiro foi reeleita reitora da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), nesta quarta (25), com média superior a 85% dos votos, de acordo com resultado divulgado pela Comissão Eleitoral.

A reitora conseguiu obter 89% dos votos entre estudantes, 86% entre docentes e 82% dos servidores técnicos administrativos. O resultado foi divulgado na madrugada desta quinta (26).

Adélia, candidata única, continuará à frente da Uesc até 2020, tendo como vice-reitor o professor Evandro Freire. Cada mandato tem duração de quatro anos. A posse para o segundo período ocorre no início de 2016.

ELEIÇÃO NA UESC

Tempo de leitura: < 1 minuto
Adélia é candidata única e disputa mais 4 anos.

Adélia é candidata única e disputa mais 4 anos.

A reitora da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), Adélia Pinheiro, deverá ser reeleita para mandato de quatro anos à frente da instituição de ensino do sul da Bahia. A eleição ocorre nesta quarta (25) em votação que somente será encerrada à noite. Professores, funcionários e alunos participam do processo eleitoral, embora com peso diferente. Adélia é candidata única em chapa que tem como vice o professor Evandro Freire.

REITORA COBRA DO DNIT NOVA LOMBADA EM FRENTE À UESC

Tempo de leitura: < 1 minuto
Adélia pede redutor de velocidade em frente ao campus da Uesc.

Adélia pede redutor de velocidade em frente ao campus da Uesc.

A reitora da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), Adélia Pinheiro, cobrou ao Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), por meio de ofício, a reconstrução da lombada que foi retirada em frente ao campus Professor Soane Nazaré de Andrade, na Rodovia Ilhéus-Itabuna.

Das 14 lombadas instaladas na rodovia, enfatiza Adélia, o Dnit só retirou a que estava localizado em frente ao campus da Uesc, no bairro de Salobrinho. Alunos, professores, servidores, idosos, crianças e portadores de necessidades especiais cruzam a rodovia Jorge Amado para pegar o transporte público e fazer refeições nos estabelecimentos locais.

A comunidade acadêmica da Uesc tem um contingente de mais de 11 mil pessoas que trafegam diariamente no local. A lombada foi instalada com o objetivo de reduzir a velocidade de um fluxo intenso de veículos que trafegam pela rodovia, em resposta aos graves acidentes com vítimas.

A lombada foi retirada e em seu lugar foi instalado um “pardal”, que, avalia a reitora, não protege os alunos, servidores, professores e transeuntes em geral que atravessam a rodovia para chegar à Uesc ou para pegar o transporte público do outro lado da rodovia.

SINDICÂNCIA NA UESC APURA "CASO NÁTALI"

Tempo de leitura: < 1 minuto

Uma comissão de sindicância foi formada para investigar denúncia da estudante Nátali Mendes contra o professor André Rosa, da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc). A reitora da Uesc, Adélia Pinheiro, designou os professores Wilma Vivas, Zeneide Silva e Álvaro Vinícius Coelho para apurar a denúncia classificada como machismo praticado pelo professor contra Nátali.
A estudante diz ter sido constrangida pelo professor, publicamente, em um evento do núcleo Kawé de Estudos Afro-Baianos Regionais, em 5 de novembro, ao ser cantada e segurada pelo braço. O caso teve ampla repercussão no meio acadêmico e na imprensa (relembre aqui).
A comissão de sindicância tem até dia 28 para concluir a investigação.

Back To Top