skip to Main Content
4 de julho de 2020 | 08:11 am

ILHÉUS: SESAB INICIA MONITORAMENTO DE PASSAGEIROS NO AEROPORTO JORGE AMADO

Tempo de leitura: < 1 minuto

Equipes da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab), por meio do Núcleo Regional de Saúde Sul (NRS-Sul), iniciaram o monitoramento no aeroporto Jorge Amado nesta quinta-feira (19), local considerado como uma das principais portas de entrada no município, como medida de prevenção do contágio do novo coronavírus (Covid-19). A triagem é feita com a verificação da temperatura de todos os passageiros vindos de localidades com casos confirmados.

A abordagem é feita por técnicos, com utilização de termômetro digital para testa, além de perguntas direcionadas à identificação de sintomáticos respiratórios. Os passageiros que por ventura apresentarem sintomas compatíveis serão orientados sobre as medidas de proteção e isolamento, receberão máscara e preencherão uma ficha específica encaminhada à Sesau, a fim de que seja realizada a coleta do exame e monitoramento do caso suspeito.

Os técnicos da Sesab orientam sobre as medidas de prevenção, dentre as quais lavar frequentemente as mãos com água e sabão ou usar álcool em gel com concentração de no mínimo 70%; evitar aglomerações e se manter em ambientes ventilados; ao tossir ou espirrar, cobrir nariz e boca com lenço ou com o braço, e não com as mãos; evitar tocar olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas. Ao tocar, lavar sempre as mãos com água e sabão. A recomendação dos órgãos de saúde é usar a máscara quando tem algum tipo de sintoma, para não contagiar outras pessoas.

As equipes atuarão no aeroporto das 07h30min às 16h, todos os dias da semana, inclusive sábados, domingos e feriados. Conforme dados fornecidos pelo setor de Vigilância Epidemiológica de Ilhéus, até a tarde desta quinta-feira (19), o município não registrou casos de Covid-19.

AEROPORTO DE ILHÉUS TERÁ MAIS DE 60 VOOS EXTRAS EM JULHO

Tempo de leitura: < 1 minuto

Aeroporto de Ilhéus terá aumento de voos em julho || Foto Pimenta/Arquivo

Números divulgados pela Secretaria de Infraestrutura da Bahia (Seinfra) apontam aumento de voos em 42% neste mês no Aeroporto de Ilhéus. Serão 65 voos extras até 3 de agosto com as férias escolares no Sudeste do país e se somam aos 155 regulares do terminal.

A expectativa é de que 48 mil passageiros a mais passem pelo local nesse período. As aeronaves vêm de destinos como Belo Horizonte e São Paulo. O sul da Bahia é um dos destinos mais procurados do estado pelos turistas do sudeste do País no período.

De acordo com a Seinfra, o aeroporto passou por serviços de recuperação da sinalização horizontal da área de movimentação de aeronaves e da pista de pista de pouso e decolagem, junto com melhorias no terminal de passageiros. O Aeroporto de Ilhéus passou a ser administrado por uma empresa privada, a Socicam, desde o ano passado.

SOCICAM E SINART NA BRIGA PELO AEROPORTO DE ILHÉUS; LEILÃO SERÁ NO FINAL DE JULHO

Tempo de leitura: < 1 minuto

Aeroporto de Ilhéus será administrado pela iniciativa privada || Foto Pimenta

Duas empresas responsáveis pela administração de terminais na Bahia estão entre as interessadas em assumir a gestão do Aeroporto de Ilhéus, no sul do Estado. Hoje administrado pela Infraero, o terminal passará à iniciativa privada.
Sinart e Socicam, que administram os terminais náutico e rodoviário de Salvador, são as primeiras a manifestar interesse em levar a concessão do aeroporto da Terra de Gabriela, informa a Coluna Satélite, do Correio24h. A Sinart já administra o terminal de Porto Seguro.
O leilão do terminal ilheense foi marcado pelo governo estadual para as 14h do próximo dia 31 de julho, na sede da Agerba, no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador. A empresa que levar a concessão deverá investir cerca de R$ 15 milhões em melhorias no aeroporto ilheense.

AEROPORTO DE ILHÉUS CONTINUA SEM COMBUSTÍVEL, INFORMA A INFRAERO

Tempo de leitura: < 1 minuto

Aeroporto Jorge Amado, de Ilhéus, continua sem combustível || Foto Clodoaldo Ribeiro

O Aeroporto de Ilhéus, no sul da Bahia, está entre os 8 terminais brasileiros administrados pela Infraero que continuam sem combustível por causa da manifestação nacional dos caminhoneiros e das transportadoras. Para quem tem viagem, é indispensável entrar em contato com a companhia pela qual vai viajar para consultar a situação de voo, pois os aeroportos continuam abertos e em condições de receber voos.
Além de Ilhéus, outros terminais sem querosene de aviação, conforme a Infraero, são os de Aracaju (SE), Campina Grande (PB), João Pessoa (PB), Juazeiro do Norte (CE), São José dos Campos (SP), Teresina (PI) e Uberlândia (MG). Nos terminais afetados, somente estão autorizados pousos e decolagens de aeronaves que tenham combustível suficiente para estas operações.

AEROPORTO DE ILHÉUS FICA SEM COMBUSTÍVEL, DIZ INFRAERO

Tempo de leitura: < 1 minuto

Aeroporto ilheense fica sem combustível neste sábado, segundo Infraero

O Aeroporto de Ilhéus está na lista dos 11 terminais sem combustível para abastecimento de aviões neste sábado (26), sexto dia da greve de caminhoneiros e transportadoras, segundo a Infraero. No Nordeste, outros aeroportos sem combustível são os de Recife, Maceió, Campina Grande e Juazeiro do Norte.
A greve dos caminhoneiros e das transportadoras não arrefeceu mesmo após sinalizações do governo de baixa do valor do diesel por até 60 dias, dentre outras pautas atendidas. Os caminhoneiros dizem que não se sentiram atendidos pelo governo.
Ontem, o presidente Michel Temer decretou a Garantia da Lei e da Ordem (GLO) até o próximo dia 4. Com isso, as forças de segurança ganham força para agir em todo o território nacional. Segundo a presidência, a medida tem a finalidade de assegurar a desobstrução das rodovias e garantir o reabastecimento.

AUTORIZADA CONCESSÃO DO AEROPORTO DE ILHÉUS

Tempo de leitura: < 1 minuto

Aeroporto de Ilhéus será administrado pela iniciativa privada || Foto Pimenta

O governo federal autorizou o governo da Bahia conceder à iniciativa privada o aeroporto de Ilhéus, de acordo com a portaria do Ministério dos Transportes publicada nesta quinta-feira (12) no Diário Oficial da União. A proposta do governo do estado transferir toda a gestão do Aeroporto Jorge Amado para o setor privado, segundo a Secretaria Estadual de Infraestrutura (Seinfra).
Ainda não há previsão da data para o leilão do terminal e o governo do estado aguarda a documentação federal com a anuência do processo. Haverá uma audiência pública e só depois, então, será definida a data.
“A mudança de concessionários é um caminho natural estrategicamente pensado pelo estado e pelo município, que estão em busca de investidores para a modernização do Jorge Amado, como já aconteceu com alguns dos principais terminais do país”, afirma o prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre (Marão). Dentre os aeroportos que passaram à iniciativa privada, Marão cita os terminais em Guarulhos (SP) e no Rio de Janeiro – o Galeão.

GOL É CONDENADA A PAGAR PERICULOSIDADE A UM AGENTE DO AEROPORTO DE ILHÉUS

Tempo de leitura: 2 minutos
Gol é condenada a pagar adicional a um agente do aeroporto de Ilhéus

Gol é condenada a pagar adicional a um agente do aeroporto de Ilhéus

Os desembargadores da 3ª Turma do Tribunal Regional do Trabalho da 5ª Região mantiveram sentença da 2ª Vara do Trabalho de Ilhéus que condenou em R$ 12 mil a Gol Linhas Aéreas ao pagamento de adicional de periculosidade a um agente no aeroporto no município do sul da Bahia. Os magistrados entenderam que, embora não trabalhasse diretamente com o abastecimento de aeronaves, exercia atividades de forma intermitente em área considerada de risco.

De acordo com a relatora, desembargadora Lea Nunes, a regulamentação contida na Norma Regulamentadora 16,  do Ministério do Trabalho, não estabelece perímetro específico da área de risco do aeroporto e o perigo se apresenta para todos que trabalham na área de abastecimento.

A desembargadora baseou o entendimento no laudo pericial e na Súmula 364 do Tribunal Superior do Trabalho (TST), segundo a qual o adicional de periculosidade somente não é devido quando o trabalho na área for eventual ou, sendo habitual, se der por tempo extremamente reduzido.

LAUDO PERICIAL

O laudo pericial demonstrou que as tarefas realizadas pelo autor na loja, área de check-in ou sala de embarque e desembarque de fato não envolviam riscos. No entanto, ficou provado que, em sua rotina, ele também exercia atividades no pátio de estacionamento das aeronaves, entre os pousos e decolagens.

Para desembargadora Lea Nunes, entre os pousos e decolagem, o trabalhador ficava exposto a “líquido inflamável”, pois o abastecimento se dava de forma simultânea com outros serviços como carga e descarga de bagagens, manutenção preventiva, além de embarque e desembarque de passageiros.

Para a desembargadora, embora o agente não tivesse contato direto com o combustível, a proximidade do local de abastecimento das aeronaves com aquele em que o autor realizava suas atividades caracteriza a existência de risco de explosão e de incêndios. “O risco de ocorrer vazamentos existe em qualquer situação na fase do abastecimento da aeronave no pátio”, disse a relatora, que também fundamentou o seu voto com diversas decisões do TST.

EMPRESA PRIVADA ASSUMIRÁ GESTÃO DO AEROPORTO DE ILHÉUS

Tempo de leitura: 2 minutos
Costa assina contrato de delegação no Ministério dos Transportes || Foto Edson Leite

Costa assina contrato de delegação no Ministério dos Transportes || Foto Edson Leite

O governo da Bahia assinou, nesta terça (22), contrato pelo qual assume o Aeroporto Jorge Amado, em Ilhéus, e ganha poderes para repassar a gestão à iniciativa privada. A assinatura ocorreu no Ministério dos Transportes, em Brasília, em evento com o ministro Maurício Quintella, o vice-governador João Leão e o secretário estadual de Infraestrutura, Marcus Cavalcanti.

– Aquela região sonha com um novo aeroporto. É o Estado assumindo este equipamento e, em nome do povo da Bahia, agradeço por chegarmos a este consenso – afirmou o governador. Em 2016, o aeroporto de Ilhéus recebeu 550 mil passageiros, segundo a Infraero. Nos primeiros quatro meses deste ano, foram 190 mil.

Após a assinatura do documento nesta terça, o estado já anunciou que fará licitação para empresa de aviação civil assumir a gestão do aeroporto sul-baiano. Segundo o secretário Marcus Cavalcanti, quem vencer a licitação, além de ampliar o terminal, deverá executar obras de recuperação da pista e de tráfego aéreo.

– Nós estamos dando o primeiro passo e estamos tendo condição de fazer um investimento pelo setor privado na melhoria de condição daquele aeroporto para atrair mais voos – enfatizou Cavalcanti. Será o 10º aeroporto sob domínio do estado.

Aeroporto ilheense será gerido por empresa privada || Foto Pimenta

Aeroporto ilheense será gerido por empresa privada || Foto Pimenta

AEROPORTO DE ILHÉUS SERÁ ADMINISTRADO PELO ESTADO

Tempo de leitura: 2 minutos
Aeroporto de Ilhéus pode ser administrado pelo Estado || Foto José Nazal/Catucadas

Aeroporto de Ilhéus deverá ser administrado pelo Governo do Estado || Foto José Nazal/Catucadas

Marão e Hermano Fahning em audiência com Cavalcanti || Foto Divulgação

Marão e Hermano Fahning em audiência com Cavalcanti || Foto Divulgação

A construção de um novo aeroporto de Ilhéus pode demorar ainda mais para sair do papel. Com mais de 70 anos, o terminal existente enfrenta problemas sob a gestão da Infraero e prefeitura e governo estadual iniciaram gestões para assumir o Jorge Amado.

O Estado assumiria o aeroporto, mas o terminal seria administrado por uma empresa privada. A gestão foi assunto de reunião do prefeito Mário Alexandre (Marão) e do secretário de Infraestrutura, Transporte e Trânsito de Ilhéus, Hermano Fahning, com o secretário de Infraestrutura da Bahia, Marcus Cavalcanti.

De acordo com Marão, o aeroporto seria assumido por uma empresa por meio de parceria público-privada (PPP). “Com a mudança, além de investimentos técnicos, ampliamos nossa capacidade de gerar novos empregos na área de serviços através de parcerias público-privadas”, assegura Marão.

PREJUÍZOS DA INFRAERO

O prefeito ilheense cita prejuízos acumulados pela Infraero e a capacidade da empresa em investir em aeroportos. Nos últimos dois anos, o prejuízo atingiu R$ 3,67 bilhões. Segundo ele, 70% dos terminais sob administração da Infraero são deficitários.

“Diante de parcos recursos para investimento, não há como competirmos por recursos com os grandes aeroportos nacionais que também precisam de dinheiro para aplicar em modernização”, reconhece. O prefeito acredita que as mudanças não afetam outro projeto, o de construção do aeroporto internacional.

VEÍCULO CAPOTA PRÓXIMO AO OPABA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Acidente na zona sul de IlhéusO motorista de um GM Celta perdeu o controle da direção e o carro capotou, na zona sul de Ilhéus. O acidente ocorreu próximo ao Hotel Opaba e de uma das cabeceiras do Aeroporto Jorge Amado, hoje à noite, deixando lento o fluxo de veículos. Uma viatura do Samu 192 foi acionada para atender o motorista. Ainda não se sabe o que teria provocado o acidente.

Back To Top