skip to Main Content
12 de maio de 2021 | 02:26 pm

ITACARÉ: TONHO DE ANÍZIO APOIARÁ DAVIDSON E ALDENES

Tempo de leitura: < 1 minuto
Tonho de Anízio (à esquerda) anuncia apoio a Aldenes (c) e Davidson Magalhães, de rosa.

Tonho de Anízio (à esq.) anuncia apoio a Aldenes (c) e Davidson Magalhães, de rosa choque.

O ex-prefeito de Itacaré Tonho de Anízio (PCdoB) definiu quem apoiará na disputa por vagas à Assembleia Legislativa e Câmara dos Deputados. A decisão saiu depois de reunir mais de 300 correligionários em Taboquinhas, em Itacaré, no último final de semana, para discutir questões previdenciárias, expansão do Luz para Todos e do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA).
Tonho explicou que levou em conta a necessidade de ter representantes regionais na hora de anunciar o apoio a Davidson Magalhães e Aldenes Meira, ambos do PCdoB. Davidson é pré-candidato a uma vaga na Câmara dos Deputados e Aldenes brigará por uma das 63 cadeiras  da Assembleia Legislativa baiana. Tanto Davidson como Aldenes estiveram em Taboquinhas com o ex-prefeito de Itacaré.

VETO À "MEIA PASSAGEM" AZEDA RELAÇÃO ENTRE VANE E ALDENES

Tempo de leitura: < 1 minuto
Vane e Aldenes: relações estremecidas.

Vane e Aldenes: relações estremecidas.

Não convidem para a mesma mesa o presidente da Câmara de Itabuna, Aldenes Meira (PCdoB), e o prefeito Claudevane Leite (PRB).
A relação entre ambos estremeceu de vez, após o prefeito decidir vetar o projeto que concedia a meia passagem aos domingos em Itabuna.
O prefeito alega que a iniciativa é inconstitucional, pois gera despesas, mas o vereador acredita que fatores políticos teriam levado o gestor municipal a vetar a ideia que já é sucesso em várias cidades brasileiras, dentre elas Salvador.
Aldenes vinha reclamando do tratamento de Vane bem antes, por exclui-lo de várias ações governamentais.
A meia-passagem foi a gota d´água, mas fontes próximas lembram que o prefeito deixava de convidar o presidente da Câmara até mesmo em eventos em bases eleitorais do vereador, a exemplo da Roça do Povo, Itamaracá e Mutuns.
Para estes locais, bases do vereador, Vane levava a tiracolo a deputada estadual Ângela Sousa, que é candidata a reeleição. E Aldenes, veja só!, é pré-candidato a deputado estadual.
Ontem, Aldenes estava mais que contrariado. E, num grupo reservado, disse que o prefeito desconhecia os poderes de um presidente de Câmara. Cassação, por exemplo, teria sido uma das palavras pronunciadas. Capas-pretas do PCdoB itabunense (Wenceslau Júnior e Davidson Magalhães) também foram… elogiados.

CONTAS DE AZEVEDO: VOTAÇÃO SERÁ ABERTA, DIZ ALDENES

Tempo de leitura: < 1 minuto
Voto aberto na análise de contas de Azevedo (Foto Sílvio Roberto).

Voto aberto na análise de contas de Azevedo (Foto Sílvio Roberto).

O presidente da Câmara de Vereadores de Itabuna, Aldenes Meira (PCdoB), disse ontem em encontro no Rotary Club Itabuna que será no sistema aberto a votação das contas de 2011 do ex-prefeito Capitão Azevedo (DEM). As votações estão previstas para o final deste mês.

De acordo com o presidente, o Regimento Interno da Câmara determina expressamente votação secreta apenas em casos de cassação de mandato. Um vereador pode, no entanto, levantar questão de ordem e pedir para que a votação seja secreta. Neste caso, a decisão será do plenário.

Ainda de acordo com Aldenes, o legislativo ainda não citou o ex-prefeito para que apresente a sua defesa quanto ao parecer do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM). A citação deve ser feita pelo vereador Gegéu Filho (PMN), mas a presidência poderá assumir a tarefa.

O relatório do tribunal é pela rejeição das contas do ex-prefeito, acusado de cometer várias irregularidades em processos licitatórios e comprometer mais de 65% das receitas líquidas com pagamento de pessoal. O limite estabelecido pela legislação é de 54%.

O “estouro” da folha ocorreu porque o prefeito praticamente dobrou o número de cargos comissionados em seu governo. Para se ter uma ideia, Itabuna tinha mais cargos comissionados em 2011 do que Feira de Santana, o segundo maior município da Bahia.

CONTAS DE AZEVEDO SERÃO VOTADAS ATÉ NOVEMBRO

Tempo de leitura: < 1 minuto

A Região Online

aldenesmeiraAs contas de 2011 do ex-prefeito José Nilton Azevedo serão votadas até o início de novembro, segundo afirmou ao Jornal das Sete, da rádio Morena FM, o presidente da Câmara de Vereadores de Itabuna, Aldenes Meira.

As contas foram rejeitadas pelo TCM (Tribunal de Contas dos Municípios), que apontou licitações irregulares e aplicação de recursos da saúde e da educação abaixo do mínimo exigido por lei.

O relatório também aponta farra na contratação de servidores sem concurso público e gastos com pessoal bem acima do permitido pela Lei de Responsabilidade Fiscal.

Segundo o presidente da Câmara, as contas serão votadas após análise por parte da Comissão de Finanças do legislativo. Azevedo precisa de 14 votos para derrubar o parecer do TCM e ter suas contas aprovadas. Caso sejam rejeitadas, ele fica impedido de disputar eleições.

Leia mais

SOLON RECORRE À JUSTIÇA PARA RECEBER SALÁRIO

Tempo de leitura: < 1 minuto

O vereador Solon Pinheiro já havia acusado o presidente da Câmara, Aldenes Meira, de perseguição ao seu mandato. O fato pode ser traduzido, hoje, com a determinação do juiz Ulisses Salgado, da Vara da Fazenda Pública, para que o presidente pague o salário de agosto do vereador do DEM.

A decisão em resposta ao mandado de segurança determina que Aldenes pague o salário do colega em até 24 horas, informa o Políticos do Sul da Bahia. Caso a determinação não seja cumprida, o presidente da Câmara poderá sofrer multa diária de R$ 5 mil. De acordo com a publicação, os vereadores receberam o “capilé” na terça. Solon, no entanto, foi excluído e ficou “chupando dedo”.

QUER PAGAR MAIS CARO, ALDENES?

Tempo de leitura: < 1 minuto

Depois de vários meses, a Câmara de Itabuna programou para esta quinta-feira (18) o início do processo licitatório para a escolha de agência de publicidade. Negócio de R$ 400 mil. O edital traz  algumas preciosidades. Em um dos pontos, a Câmara considera “irrisório” e “desleal” um desconto superior a 30% concedido pelas agências de publicidade nos contratos com a Câmara em relação à tabela do sindicato da categoria.

Ou seja, a Câmara quer pagar mais caro pelos serviços prestados pela agência contratada. Quer pagar o máximo recomendado pelo Sinapro/BA para clientes no interior do estado. A prefeitura de Itabuna, que realizou uma licitação recentemente, paga 50% da tabela de preços. Ou seja, se a tabela prevê R$ 1.500,00 para um serviço na capital do estado, o cliente no interior pode pagar, no máximo, R$ 70% deste valor: R$ 1.050,00.

E tem mais. O edital exige que qualquer participante teria até o dia 03 de julho (15 antes) para buscar esclarecimento ou dúvidas sobre o edital. A pérola está na página quatro. O correto – e razoável – em processos semelhantes é de até três dias antes.

Se na prefeitura de Itabuna todos os participantes recebiam por e-mail  e fax todos os esclarecimentos em até 48 horas anteriores ao início do processo, a licitação da Câmara optou por um sistema que gera desconfianças.

Com a palavra, o presidente Aldenes Meira.

ALDENES DIZ QUE CÂMARA REJEITOU CONVOCAÇÃO DE VANE

Tempo de leitura: < 1 minuto
Aldenes: sem blindagem.

Aldenes: sem blindagem.

Numa nota enviada pela assessoria de comunicação da Câmara, a presidência da Casa explica que o evento de hoje (18) não se tratou de audiência pública, mas uma sessão especial (clique aqui para entender). Segundo Aldenes Meira (PCdoB), na sessão do dia 12 o vereador Solon Pinheiro (DEM) solicitou a convocação do prefeito, o que foi rejeitado pela maioria na Casa.
– Desde então, a Mesa Diretora fez o convite ao prefeito Claudevane Leite, e sua agenda só permitiu para que pudesse comparecer na manhã desta terça-feira (18). Ressaltando que ontem ainda foi publicado em prazo regimental e o plenário hoje se encontrava lotado.
A nota diz ainda que a intenção do legislativo “foi aproveitar a vinda do prefeito com a data e horário que ele tinha disponível”. Segundo Aldenes, “pior seria se a Câmara não tivesse feito o convite”.
Vane, segundo o presidente da Casa, “não precisou ser blindado”. “Esse não é o papel do legislativo. O prefeito não precisa disso”.

COM FROTA SUCATEADA, EMPRESAS COBRAM REAJUSTE EM ITABUNA

Tempo de leitura: 3 minutos
Reunião do conselho que sugeriu tarifa a R$ 2,50 (Foto Pedro Augusto).

Reunião do conselho que sugeriu tarifa a R$ 2,50 (Foto Pedro Augusto).

Vane diz que passagem vai a R$ 2,40.

Vane diz que passagem vai a R$ 2,40.

Em Itabuna, as empresas de ônibus pediram aumento de R$ 2,20 para R$ 2,70. O Conselho de Transporte Público fez estudos e votou pela tarifa a R$ 2,50, na segunda (3) (relembre aqui), o que representa reajuste de 13,63%. O percentual é mais que duas vezes superior ao concedido em São Paulo (6,7%), a cidade mais rica do país.
O Conselho de Transporte é dominado por representantes dos poderes Executivo e Legislativo, além de sindicatos. Na quarta (5), o prefeito Claudevane Leite anunciou que haverá aumento, mas não definiu o valor.
Vane antecipou que estuda a possibilidade de reajuste para R$ 2,40. Dirigentes do DCE da Uesc já se posicionaram publicamente contra o reajuste em Itabuna (confira artigo abaixo).
Itabuna possui uma das frotas mais antigas do transporte urbano do Estado. De acordo com levantamento feito pela Secretaria Municipal de Transporte e Trânsito, a média de idade da frota é superior a 11 anos (relembre aqui). O serviço é operado pelas empresas São Miguel e Expresso Rio Cachoeira.
MEIA-PASSAGEM AOS DOMINGOS
A qualidade do serviço é motivo de queixa dos usuários, que encontraram voz na Câmara de Vereadores. O vereador Nadson Monteiro (MD) usou a tribuna, em fevereiro, para resumir a situação do transporte coletivo. “São ônibus que não trazem conforto aos usuários, além da redução da frota em horários de pico, o que implica em uma demora maior nos pontos”.
Aldenes: meia-passagem.

Aldenes: meia-passagem.

Além das queixas na Câmara, há quem proponha que o Itabuna adote tarifa social aos domingos e feriados. A proposta é do presidente do legislativo municipal, Aldenes Meira (PCdoB).
A experiência da meia-passagem já foi utilizada em Itabuna no governo do ex-prefeito Geraldo Simões. Municípios como Salvador e Fortaleza (CE) praticam a meia aos domingos e feriados.
EMPRESAS ALEGAM “DEFASAGEM”
As empresas de ônibus, ao solicitarem aumento de de R$ 2,20 para R$ 2,70, apresentaram fatores como aumento de “insumos básicos” do transporte coletivo. E, também, reclamaram que a tarifa não é reajustada há dois anos.
As empresas são representadas por uma entidade, a Associação das Empresas de Transporte Urbano (Aetu). O último reajuste foi concedido na gestão de Capitão Azevedo, em 2011, quando a tarifa saiu de R$ 2,00 para R$ 2,20.
A associação apresenta outra queixa: o alto índice de gratuidade no serviço. Beira os 33% o percentual de usuários que não pagam passagem, segundo os dirigentes da associação. As empresas acenam com renovação da frota para obter aumento.

LITORAL SUL CONTARÁ COM UNIDADE DO CENTRO DE ECONOMIA SOLIDÁRIA

Tempo de leitura: < 1 minuto
Aldenes articulou abertura do Cesol em Itabuna.

Aldenes articulou abertura do Cesol.

Organizações de economia solidária do território de identidade Litoral Sul, que envolve Itabuna, Ilhéus e outros 24 municípios sulbaianos, vão contar com espaço de apoio e prestação de serviços, a partir do dia 19, às 17h. O Centro Público de Economia Solidária (Cesol) vai funcionar na Rua Libêncio Machado, 98, centro, em Itabuna.
O Cesol atuará no incentivo à formação e incubação de empreendimento, além de atuar na área de crédito. De acordo com os dirigentes do centro, o centro contará com agentes para orientar e prestar assessoria aos associados.
O objetivo do centro é ” oferecer condições especiais para o desenvolvimento territorial e grande participação da sociedade civil”. O vereador Aldenes Meira (PCdoB) articulou a abertura do Cesol-Litoral Sul.
A Associação Beneficente Josué de Castro venceu chamada pública do governo baiano, por meio da Secretaria Estadual do Trabalho (Setre) e será a responsável pela gestão do centro. Atualizado às 11h57min.

A RELAÇÃO NÃO É MAIS A MESMA

Tempo de leitura: < 1 minuto
aldenes e joilson rosa

Aldenes é o presidente, mas Joilson detém o poder…

Anda estremecida a relação entre o presidente da Câmara de Itabuna, Aldenes Meira (PCdoB), e Joilson Rosa (PSDC), componentes do “G12”.

Sem comunicar o presidente, Joilson concedeu sinecura para um dos seus, chamado Robson Sá, que estava desabrigado após ser exonerado da Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania (Ficc). Aldenes não gostou, mas também não consta que a boquinha tenha sido eliminada.
Nos corredores da Câmara, Aldenes vem sendo chamado de “Rainha da Inglaterra”. E Joilson, primeiro-ministro.

A PREFERÊNCIA DE DAVIDSON MAGALHÃES

Tempo de leitura: < 1 minuto
Davidson conversa com Serpa, enquanto Renan Araújo discursa (Foto Dany)

Davidson conversa com Serpa, enquanto Renan Araújo discursa (Foto Dany Muniz))

A foto acima ilustra bem a preferência do camarada Davidson Magalhães na disputa interna no PCdoB pela vaga sul-baiana nas eleições à Assembleia Legislativa em 2014. O “Homem do Gás” tem simpatia pelo nome de Valci Serpa, mas o presidente da Câmara de Itabuna, Aldenes Meira, sonha com a candidatura a deputado estadual. Não à toa, ontem defendeu que o partido tenha mais nomes na corrida à Assembleia Legislativa na região.
Por enquanto, o partido trabalha com a pretensão de eleger 3 deputados federais e 5 estaduais em 2014. Até o período das convenções partidárias, teremos muita água para rolar por baixo da ponte.
 

ALDENES VERSUS DAVIDSON

Tempo de leitura: 2 minutos

marco wense1Marco Wense

Um Aldenes Meira independente, com personalidade, conduzindo a digna instituição com respeito, enfraquece a corrente do PCdoB contrária a sua legítima pretensão de se candidatar ao Parlamento estadual.

Já começou o burburinho em torno da votação das contas de 2011 e 2012 do ex-prefeito José Azevedo, ainda filiado ao Partido do Democratas, o DEM de Maria Alice.
O “ainda” é porque Azevedo quer trocar o DEM pelo PMDB do médico Renato Costa, que vai terminar vivendo o dilema do “se correr o bicho pega, se ficar o bicho come.”
O bicho pega porque Renato não pode ser ingrato com o ex-prefeito, seu aliado na sucessão de 2012. A dobradinha DEM-PMDB colocou Renato como candidato a vice na chapa da reeleição.
O bicho come porque o discurso da ética, que sempre norteou a carreira de Renato, com a filiação de um político que vai ser alvo de inúmeros e variados processos, fica comprometido. Desacreditado.
Alguns membros do diretório do PMDB querem que a filiação de José Azevedo fique condicionada à aprovação das suas contas pela Câmara de Vereadores.
O “condicio sine qua non” não agrada o comando estadual da legenda, já que o ex-prefeito pode ser um importante aliado de Geddel Vieira Lima na sucessão do governador Jaques Wagner (PT).
A grande expectativa fica por conta de Aldenes Meira, presidente do Legislativo municipal e pré-candidato a deputado estadual pelo PCdoB, partido sob a batuta do vice-prefeito Wenceslau Júnior.
Aldenes sabe que sua ascensão política depende do seu desempenho na Casa. E nada melhor do que a rejeição das contas do ex-alcaide para colocá-lo na mídia. Na vitrine eleitoral.

Leia Mais

ESFORÇO PRÓPRIO

Tempo de leitura: < 1 minuto

marco wense1Marco Wense
Quem mais ajudou Aldenes Meira na eleição para a presidência da Câmara de Vereadores de Itabuna foi o próprio Aldenes Meira.
O candidato do vice-prefeito Wenceslau Júnior era Jairo Araújo, do Sindicato dos Comerciários. Vale a lembrança que Jairo teve mais votos do que Meira.
Aldenes tem pretensões políticas. Sonha alto. Quer ser deputado estadual, federal e, quem sabe, prefeito de Itabuna. A vontade política de Aldenes preocupa Wenceslau e Davidson Magalhães.
A eleição para o Parlamento estadual fica na dependência de um bom trabalho no Legislativo municipal.  Do contrário, nem a reeleição.
BARÃO DE ITARARÉ
Nome de batismo: Fernando Apparício Torelly. Pseudônimo: Barão de Itararé. Criticava os políticos, na época do Estado Novo, com um gênio cômico sem comparação.
Segue algumas tiradas do Barão de Itararé: 1) “O voto é rigorosamente secreto. Só assim o eleitor não terá vergonha de votar no seu candidato”. 2) “Os vivos são cada vez mais governados pelos mais vivos”. 3) “O político brasileiro é um sujeito que vive às claras, aproveitando as gemas e sem desprezar as cascas”. 4) “O homem que se vende sempre recebe mais do que vale”.
Itabuna não tem um Barão de Itararé. Se tivesse, faria o maior sucesso. O saudoso Hélio Pitanga seria um autêntico Barão de Itararé.
Marco Wense é articulista do Diário Bahia.

ALDENES FARÁ AUDITORIA NA CÂMARA E CONCURSO PÚBLICO AINDA EM 2013

Tempo de leitura: < 1 minuto
Aldenes (de frente) abraça Ruy Machado durante posse na presidência: pepino (Foto Arquivo Pimenta).

Aldenes (de frente) abraça Ruy durante posse na presidência: pepino (Foto PIMENTA 01/01/2012).

O novo presidente da Câmara de Vereadores de Itabuna, Aldenes Meira (PCdoB), disse que fará auditoria dos R$ 600 mil gastos na terraplenagem do espaço escolhido para construir a sede do legislativo local, no São Caetano e encontrou dívidas. “A situação não está bonitinha”, afirmou ao PIMENTA.
Aldenes disse ter recebido as contas bancárias da Câmara “zeradas” e débito de mais de R$ 200 mil em restos a pagar, embora o ex-presidente Ruy Machado (PTB) tenha preferido devolver R$ 540 mil à prefeitura no final do ano passado.
Licitações para aquisição de equipamentos e serviços também não foram homologadas, o que, segundo Aldenes, complicou a situação da nova Mesa Diretora. Ele decidiu reduzir para 50% o comprometimento dos recursos públicos com a folha de pagamento. O limite de gasto com pessoal para o legisaltivo é de 70% do valor do duodécimo.
CONCURSO PÚBLICO
O presidente da Câmara também afirmou que irá abrir, ainda neste semestre, licitação para realizar concurso público na Casa. A previsão é de que o certame seja realizado no segundo semestre deste ano. Atualmente, mais de 90% do quadro de servidores da Câmara não é concursado.

ENTRE CAMARADAS

Tempo de leitura: < 1 minuto

Davidson Jabes Ribeiro e Aldenes foto Pimenta www.pimenta.blog.br
O presidente da Bahiagás, Davidson Magalhães, faz sinal de “positivo” para Aldenes Meira, que teve vitória consagradora na disputa em chapa única pela presidência da Câmara de Vereadores de Itabuna. Aldenes obteve 20 dos 21 votos. Ambos são filiados ao PCdoB. Acompanhando a cena, o prefeito eleito de Ilhéus, Jabes Ribeiro, do PP (Foto Pimenta).

Back To Top