skip to Main Content
20 de fevereiro de 2020 | 08:41 pm

LOURIVAL JÚNIOR DEIXA O SAC E ASSUME ASSESSORIA REGIONAL DE ALICE PORTUGAL

Tempo de leitura: < 1 minuto

Lourival deixa o SAC para assumir a assessoria de Alice Portugal

O coordenador do Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC) de Itabuna, Lourival Júnior, pediu exoneração do cargo nesta sexta-feira (27). Lourival deixa o SAC para assumir a assessoria regional da deputada federal Alice Portugal.

Lourival ficou dez meses na coordenação do SAC e conta que adquiriu experiência que levará por toda sua vida. Ele agradeceu a todos os funcionários, coordenadores de todas as unidades pela atenção e apoio, em especial à subgerente, Genilva Feitosa, que o orientou nos primeiros dias, exercendo um importante papel para que os objetivos fossem alcançados.

“Estendendo meus agradecimentos ao Partido Comunista do Brasil (PCdoB) pela indicação e ao nosso excelentíssimo governador Rui Costa pela confiança em mim depositada para representar e fazer parte desse histórico governo, respeitado e motivo de orgulho dos baianos”, finalizou.

“A BAHIA É UM LIXO”, DIZ LÍDER DO PSL NA CÂMARA DOS DEPUTADOS

Tempo de leitura: < 1 minuto

Delegado Waldir diz que “a Bahia é um lixo” || Foto Cleia Viana/Câmara dos Deputados

O deputado e líder do PSL na Câmara dos Deputados, Delegado Waldir, disse ontem em audiência que “a Bahia é um lixo”. Foi durante debate na Comissão de Educação da Câmara dos Deputados e contava com a presença do ministro da Educação, Abraham Weintraub, numa das comissões da Casa.

Delegado Waldir, deputado federal por Goiás, debatia com os deputados federais baianos Alice Portugal (PCdoB) e Bacelar (Podemos), quando cometeu a agressão contra o maior estado nordestino. Confira em vídeo postado no Twitter.

PCdoB PRESSIONA POR UMA DAS VAGAS AO SENADO NA CHAPA DE RUI COSTA

Tempo de leitura: 2 minutos

pc do bO PCdoB mandou aviso ao governador Rui Costa, nesta segunda (19): quer uma das duas vagas ao Senado Federal em 2018. E, para isso, apresentou três nomes: os deputados federais Alice Portugal e Daniel Almeida e o ex-prefeito de Juazeiro Isaac Carvalho.

Dirigente estadual do PCdoB, Davidson Magalhães recorre à “expressiva inserção do partido nos movimentos sociais, por ter três mandatos na Assembleia Legislativa e três na Câmara Federal, além do PCdoB estar alinhado com o projeto desde os primeiros enfrentamentos ao carlismo” para pressionar Rui Costa.

Para reforçar a conta para 2018, Davidson lembra as votações obtidas por Alice e Daniel em 2018 e o fato de Isaac ter sido reeleito em 2012 e ter feito o sucessor, ano passado, na Prefeitura de Juazeiro, uma das dez maiores do Estado.

Davidson nem mesmo esqueceu do sempre questionado Instituto Paraná, que, em pesquisa recente, apontou Alice Portugal como a segunda em intenções de voto na corrida ao Senado. Alice aparece com 26% das intenções, enquanto o líder, Jaques Wagner (PT), ex-governador baiano, figura com 36%.

O documento elaborado na reunião do conselho, hoje, também fala em assegurar as três vagas na Câmara Federal e quatro na Assembleia Legislativa. Outra prioridade é a reeleição de Rui Costa. O partido, porém nada fala sobre o cenário nacional. Há dias recuados, como diria o analista Eduardo Anunciação, Davidson disse que era legítimo ao partido ter outro nome que não o de Lula. Gerou polêmica no plano estadual.

ALICE PORTUGAL ENTRE OS 20 DEPUTADOS QUE MAIS GASTAM “COTÃO” NA CÂMARA FEDERAL

Tempo de leitura: < 1 minuto
Alice é a quarta em gastos de verba parlamentar.

Alice é a quarta em gastos de verba parlamentar.

A deputada federal e pré-candidata à prefeitura de Salvador, Alice Portugal (PCdoB-BA), está entre os 20 parlamentares que mais gastaram verba parlamentar, o chamado “Cotão”, do país, conforme levantamento da Folha. Os deputados federais gastaram, no ano passado e início de 2016, total de R$ 189.001.312,63.

O campeão de gastos foi Felipe Bornier (PSD-RJ), R$ 675.567,49 no período, seguido de Leonardo Picciani (PMDB-RJ), com R$ 637.688,50, e Waldir Maranhão (PP-MA), com R$ 622.746,95.

Alice Portugal aparece em quarto lugar por ter gasto de R$ 559.512,13. A parlamentar é a única entre os 39 deputados federais baianos a figurar na lista dos vinte maiores gastadores. O uso da verba é legal.

A cota para o exercício parlamentar trata-se de verba extra para deputados e senadores e pode ser usada para contratação de advogados, consultorias e impressão de materiais. Também é permitido usar a verba na divulgação do mandato e custeio de despesas com transporte, alimentação e hospedagem do parlamentar.

ANDREA MENDONÇA É OUTRO NOME PARA VICE DE RUI COSTA

Tempo de leitura: < 1 minuto
Andrea Mendonça é nome lembrado para a vice de Rui.

Andrea Mendonça é nome lembrado para a vice de Rui Costa.

A pressão de feministas para que o governista Rui Costa (PT) tenha uma mulher como candidata a vice-governadora aumentou, também, a lista de possíveis nomes para o cargo na chapa majoritária.
Depois de Alice Portugal (PCdoB) e Eliana Boaventura (PP), também passou a figurar o  nome da secretária estadual de Ciência e Tecnologia, Andrea Mendonça.
Ex-vereadora de Salvador (2009-2012) e filha do ex-deputado e empresário Félix Mendonça, Andrea filiou-se ao PDT no ano passado. O porém é o fato de ela ter assumido a secretária estadual não faz um mês (e ela estaria à vontade no cargo por ser assunto que domina bem).
O irmão de Andrea, o deputado Félix Jr., é deputado federal e presidente do partido, residindo aí outro porém, já que a escolha não contemplaria o fiel escudeiro de Jaques Wagner, o deputado estadual Marcelo Nilo, também pedetista e pretendente a vice de Rui Costa.
Dos três nomes, o mais remoto é o de Alice Portugal. Hoje, ela somente seria escolhida vice de Rui se PDT e PP abrissem mão de indicar nome para o posto na chapa majoritária governista.

DONADON: ALICE ESTAVA EM MISSÃO NA CHINA

Tempo de leitura: < 1 minuto

A assessoria da deputada Alice Portugal informou a este blog que a parlamentar não pôde participar da sessão de quarta (28) porque está em missão na China. Do país asiático, a deputada federal lamentou que a Câmara não tenha cassado o mandato de Natan Donadon, preso em presídio federal devido a gatunagem na Assembleia Legislativa de Rondônia.

No período em que foi diretor financeiro do parlamento, Donadon embolsou R$ 8,4 milhões, segundo as investigações.

9 deputados baianos deixaram de votar na sessão que livrou o parlamentar da degola. Quatro registraram presença, mas se abstiveram na “Hora H” (reveja aqui), e cinco estavam ausentes.

ALICE CRITICA "CONCURSO DA VIRGINDADE" NA BAHIA

Tempo de leitura: < 1 minuto
Alice exige explicações de secretário de Administração da Bahia (Foto Divulgação).

Alice exige explicações de secretário de Administração da Bahia (Foto Divulgação).

Aliada do governador Jaques Wagner, Alice Portugal (PCdoB-BA) subiu à tribuna da Câmara dos Deputados, em Brasília, para criticar o que chamou de “Concurso da Virgindade” na Bahia. Era referência indignada – e jocosa – a um dos itens do concurso da Polícia Civil baiana que, para dispensar exame ginecológico, exigia comprovação de virgindade por parte das candidatas no certame que preencherá 100 vagas para delegado, 100 para escrivão e 400 para investigador da PC.
– Retorno para Salvador para pedir explicações ao secretário da Administração da Bahia sobre o edital do concurso da Polícia Civil que exige atestado de virgindade em troca da dispensa da avaliação ginecológica detalhada.

UFESBA: UMA VITÓRIA DE TODOS

Tempo de leitura: 2 minutos

Wenceslau Júnior | wenceslauvereador@gmail.com

Sem a pressão popular exercida na região sul, certamente não teríamos alcançado esta vitória.

Finalmente o sonho de ver criada uma Universidade Federal do Sul da Bahia se torna realidade. Terça-feira, dia 16, a presidenta Dilma anunciou a política de expansão do ensino superior, na qual foi incluída a criação da nossa universidade.
Embora muitos atores reivindiquem a paternidade da criação da UFESBA, alguns com algum fundamento, outros sem qualquer participação, o que importa é o resultado desta batalha travada, especialmente nos anos de 2009 a 2011.
Vários deputados federais baianos participaram desta luta, principalmente na reta final, ocasião em que a bancada de senadores e deputados federais baianos deram uma verdadeira demonstração de unidade política em torno da reivindicação.
É fundamental destacar a participação dos movimentos sociais neste processo. Sem a pressão popular exercida na região sul, certamente não teríamos alcançado esta vitória.
A Câmara Municipal de Itabuna, através do nosso mandato de Vereador, apoiado nos mandatos dos deputados federais do PCdoB, Alice Portugal e Daniel Almeida, iniciou em 2009 uma articulação política que extrapolou as fronteiras de Itabuna e ganhou a região.
No início se pensava em um Campi da UFBA aqui, na oportunidade, em março de 2009 trouxemos o então reitor Naomar Almeida. Em seguida, mudamos o foco e passamos a reivindicar a criação de uma nova Universidade.
Foram realizadas Sessões Especiais em Câmaras de Vereadores e debates em Escolas, mobilizando a população regional. Cidades como Itajuípe, Camacan, Uruçuca, Coaraci, Itacaré, Canavieiras, Ibicaraí, Jussari, Ubatã, entre outros municípios, se envolveram efetivamente na luta coroada com uma grande passeata realizada no dia 30 de novembro de 2009.
Em 2010, tanto eu quanto Alice Portugal, candidatos a deputado estadual e federal, respectivamente, colocamos como plataforma política prioritária a luta pela a criação da universidade do sul da Bahia.
Os sindicatos ligados à CTB, a UJS, o DCE-UESC, a Associação Comercial de Itabuna, a OAB, os clubes de serviço, as Câmaras de Vereadores e Lojas Maçônicas da região participaram efetivamente do movimento.
No dia 12 de maio de 2011, em audiência solicitada pelo nosso mandato e articulada pela bancada baiana, finalmente o Ministro da Educação, Fernando Haddad, ao receber o documento reivindicatório, sinalizou positivamente para a criação da Universidade do sul da Bahia.
Durante todo este processo, o Governador Jaques Wagner teve um papel destacado na defesa da implantação da nossa universidade.
Após uma disputa política com o município de Porto Seguro, finalmente Itabuna, que já havia assegurado um Campi, conseguiu ser contemplada como sede da futura Reitoria.
É importante ressaltar que foi a luta suprapartidária que conseguiu incluir a região sul nesta política de expansão.
Agradecemos à Presidenta Dilma, ao governador Wagner, à bancada de Senadores e Deputados Federais da Base, mas parabenizamos, principalmente, a todos que de alguma forma se envolveram nesta vitoriosa luta.
Defendemos a instalação da futura universidade em Ferradas, homenageando o centenário de Jorge Amado, como forma também de revitalizar aquela comunidade.
Wenceslau Júnior é advogado, professor da Uesb, coordenador do Comitê Ufsulba e presidente do PCdoB de Itabuna.

DEPUTADOS PRESSIONAM MEC PELA CRIAÇÃO DA UFSULBA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Representantes da bancada federal baiana tiveram audiência, hoje, com o secretário de Educação Superior (Sesu), Luiz Cláudio Costa, Ministério da Educação. Na pauta, a criação da Universidade Federal do Sul da Bahia (Ufsulba).
O governo federal está convencido da necessidade da universidade federal na região, tendo campi nas cidades de Itabuna, Teixeira de Freitas e Porto Seguro, sendo esta última a sede (reitoria) da Ufsulba, segundo a deputada federal Alice Portugal (PCdoB). A mobilização é para que a Ufsulba seja anunciada ainda neste ano, provavelmente na próxima terça (16)
Alice Portugal diz que gestões foram feitas para que a reitoria seja em Itabuna e não em Porto Seguro. A bancada federal, liderada pelo deputado Nelson Pelegrino, acrescentou, além de ter Itabuna como sede, a necessidade de campus em Eunápolis.
O vereador Wenceslau Júnior acredita no esforço regional pela criação da Ufsulba ainda neste ano. “Teremos também de nos mobilizar para que a reitoria seja em Itabuna, até pelo seu histórico e liderança regional”, acrescentou. Os estudos do MEC apontavam a reitoria em Porto Seguro. A pressão inicial dos parlamentares levou a Secretaria de Educação Superior (Sesu) a reavaliar o caso.

CAPRICHOU NO PHOTOSHOP

Tempo de leitura: < 1 minuto

Alice não se rebelou contra o Photoshop

A foto estampada no site da deputada federal Alice Portugal (PCdoB) mostra a parlamentar completamente “recauchutada”. Não chegou a ficar irreconhecível, mas se nota de longe as mágicas realizadas na figura, que ficou sem as marcas dos anos de estrada política.
Alice, que se notabilizou pelo bordão “rebele-se”, nesse caso cedeu aos reclames da vaidade, mostrando que isso não é somente coisa da burguesia.

Back To Top