skip to Main Content
3 de agosto de 2020 | 11:53 am

JOVEM MORTA PELO NOVO CORONAVÍRUS ERA PROFESSORA NO SUL DA BAHIA

Professora não resistiu ao novo coronavírus. Casal vivia um bom momento
Tempo de leitura: 2 minutos

Rafaela da Silva de Jesus, de 28 anos, que morreu depois de ser infectada pelo novo coronavírus, era professora de uma escola da rede municipal de ensino em Itaju do Colônia. A jovem lecionava no município do sul da Bahia e ajudava o marido, na empresa da família, em Porto Seguro, no extremo-sul do estado.

A vida de Rafaela era muito corrida. Trabalhava nos dias úteis na rede pública de ensino em Itaju do Colônia e, nos finais de semana e feriados, viajava para o distrito de Trancoso para ajudar na empresa de turismo do marido, Erisvaldo Lopes dos Santos.

A professora fez tratamento para fertilização e engravidou de Alice. Na quarta-feira (1º), sete dias depois do nascimento da primeira filha, Rafaela Silva não resistiu ao novo coronavírus e morreu em Itapetinga, no sudoeste da Bahia, onde mora parte da família dela.

Rafaela e Erisvaldo Lopes viajaram para Itapetinga no dia 16 de março, onde decidiram que a jovem teria a criança em um hospital particular e receberia os cuidados dos familiares. Rafaela teve a filha e estava bem, mas cinco dias depois do parto começou a sentir sintomas como febre e falta de ar.

SUSPEITA DE COMO FOI O CONTÁGIO

O quadro de saúde da jovem se agravou. Ela foi levada para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), em Itapetinga, mas por causa do agravamento, seria transferida para um hospital em Vitória da Conquista, também no sudoeste da Bahia, mas não houve tempo.

O marido suspeita que a professora contraiu o vírus de um dos convidados de um casamento com a participação de 280 pessoas em Porto Seguro. A empresa do esposo foi contratada para o transporte dos convidados. Rafaela da Silva não trabalhou, mas teria usado o mesmo veículo que o marido.

Além de perder a esposa no momento que seria um dos mais felizes para a família, Erisvaldo Lopes vem tendo de enfrentar comentários maldosos nas redes sociais, mas também tem recebido mensagens de apoio. Da Redação com informações do UOL.

ARTHUR E ENZO GABRIEL SÃO OS NOMES MAIS ESCOLHIDOS PELOS PAIS NA BAHIA

Tempo de leitura: 3 minutos

Arthur é o nome preferido dos baianos

Arthur, com 1.295 registros, e Enzo Gabriel, com 1.263, foram os nomes mais escolhidos pelos pais no momento do registro de nascimento de seus filhos na Bahia em 2018. É o que apontam os dados compilados pelos cartórios de Registro Civil do Estado obtidos pelo PIMENTA.Veja abaixo o ranking completo.
No Brasil, os nomes mais registrados foram Enzo Gabriel, com 18.156 registros, e Maria Eduarda, com 15.760. As preferências nacionais do ano que se encerra superaram os nomes que em 2017 ocupavam o topo da lista – Miguel, agora na segunda colocação e Alice, agora na 3º colocação entre os nomes femininos.
O levantamento deste ano, reuniu dados de todos os 7.732 Cartórios de Registro Civil dos 26 Estados brasileiros e do Distrito Federal, que formaram uma base de mais de 2 milhões e 760 mil registros realizados até o dia 18 de dezembro, disponível a toda a sociedade através do Portal da Transparência no endereço www.registrocivil.org.br.
NOMES MAIS ESCOLHIDOS POR REGIÃO
Com a totalidade dos Estados integrados à base de dados da Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais (Arpen/Brasil) foi possível ainda identificar as preferências em cada uma das cinco regiões brasileiras. Nos rankings regionais surgem variações à lista nacional, como a presença de nomes como João Miguel – um dos que mais cresceu em 2018 – no Norte, Nordeste e Centro-Oeste -, Heitor, no Centro-Oeste, Maria Clara e Maria Cecília, também no Nordeste, e Helena na região Sul.
O levantamento, que usou a Central Nacional de Informações do Registro Civil como base central, identificou ainda a existência de 348.861 nomes diferentes, alguns deles com ampla variação de grafia, além dos tradicionais nomes diferentes escolhidos pelos pais.
Destaque também à quantidade de nomes compostos, que representam 28,3% do total de nomes escolhidos pelos pais brasileiros. O estudo identificou ainda a existência de 3.027 variações compostas para o nome Maria, 2.320 para Pedro, 1.564 para Ana, 1.488 para Enzo e 1.260 para João.

Leia Mais

INICIATIVAS DO BEM

Tempo de leitura: 2 minutos

Eric Thadeu

A curiosidade de Alice levou ela e o avô, Seu Gerosino...

Seu Gerosino aciona o celular para registrar a “Aventura de Alice”…

Seu Gerosino tem 72 anos. A pequena Alice, sua neta, 6 anos de idade. Moradores do bairro Vila Anália. Estavam passeando no final da tarde desta quarta-feira (30) perto da sede do Corpo de Bombeiros em Itabuna. A menina ficou curiosa e pediu para ir lá dentro, ver tudo de perto.

O avô, mestre de obras aposentado, cheio de atitudes simples, sorriso carregado de humildade foi entrando devagarzinho com a neta.

E eis que todos os integrantes da corporação que estavam no local receberam com muita alegria a visita do avô e de sua neta curiosa. Ela, esperta, fez muitas perguntas, tirou fotos e até experimentou entrar em um dos veículos e usar a farda de combate a incêndios. Com capacete e tudo.

História simples, mas que nos faz refletir o quanto é importante para uma criança estabelecer um vínculo de afeto e de positividade com os serviços outorgados de segurança.

Da visita, ficaram os sorrisos e a certeza de que é possível, no futuro, termos mais uma grande profissional no Grupamento de Itabuna, apaixonada que ficou pela ideia.

Alice veste-se como a "bombeirinha"...

Alice veste-se como a “bombeirinha”…

...Entra na viatura com o avô e o "colega" bombeiro...

…Entra na viatura com o avô e o “colega” bombeiro…

...E partem para a alegria!

…E partem para a Missão Alegria!

E A VICE VAI PARA…

Tempo de leitura: 2 minutos

Ricardo RibeiroRicardo Ribeiro | ricardorib@outlook.com
O governador Jaques Wagner disse tudo e, ao mesmo tempo, não disse nada na noite carnavalesca desta quinta-feira (27). O assunto, logicamente, era o que mais causa frisson no momento, sobretudo entre pedetistas e pepistas, estes mais indóceis no afã de conquistar postos de relevo na estrutura do poder.
Ao ser perguntado sobre quando o nome do vice seria definido, Wagner afirmou que a escolha já se deu, porém não declinou o nome. Ou seja, persistem as cólicas em quem não dorme mais, pensando em quem será o homem – ou a mulher – ao lado de Rui Costa (PT). Wagner, que não é o noivo, mas um padrinho de escol, já disse que prefere uma chapa com diversidade de gênero.
Se vingar a pressão do PP, o partido assumirá o posto. Não se sabe se com o deputado federal Mário Negromonte ou com uma mulher, estando cotada nesta hipótese a feirense Eliana Boaventura.
Com uma estrutura menor e sem tanto poder de pressão,  o PDT do deputado estadual Marcelo Nilo já corre por fora na disputa pela vice, mas, caso esta lhe caia no colo,também está disponível o nome da secretária estadual de Ciência e Tecnologia, Andrea Mendonça. Mais distante dessa briga, mas também lembrada, figura a deputada federal Alice Portugal, do PCdoB.
Os aflitos, no entanto, devem reforçar seu estoque de Buscopan, pois o bendito nome – embora já definido, segundo JW –  somente será divulgado dentro de duas semanas. Um tempo precioso para aparar arestas, promover as reengenharias necessárias, reduzir as tensões presentes e se preparar para as futuras. Que talvez sejam maiores.
Ricardo Ribeiro  é advogado.

OZIEL DA AMBULÂNCIA CONTINUA NO PCdoB

Tempo de leitura: < 1 minuto

O ex-candidato a prefeito pelo PCdoB em Camacan, “Oziel da Ambulância”, segundo colocado nas eleições de 2012, decidiu continuar na legenda comunista. Houve cogitações de que ele sairia do partido e poderia inclusive ingressar no PSDB.

Em Camacan, o PCdoB sempre apoiou Alice Portugal, mas dessa vez haverá uma divisão. O grupo de Oziel está comprometido com a candidatura de Davidson Magalhães a deputado federal, enquanto a vereadora Professora Conceição mantém a forte ligação que sempre teve com a deputada.

Back To Top