skip to Main Content
2 de julho de 2020 | 03:19 pm

MORTE DE ALMIR MELO DEIXA CANAVIEIRAS ORFÃ

Tempo de leitura: 3 minutos

Na floresta, o jequitibá espalha as sementes e faz brotar seus sucessores; na política também é possível, desde que o herdeiro professe dos mesmos ideais, das mesmas determinações, os mesmos compromissos.

Walmir Rosário || wallaw2008@outlook.com

Aos poucos, o Grande Arquiteto do Universo, Deus – ou o todo-poderoso de qualquer das religiões ou línguas conhecidas – vai chamando seus filhos para que fiquem ao seu lado. Por certo, cumpriram a missão nesta terra e se preparam para novas tarefas. Neste domingo (28), chegou a vez de Almir Melo, aos 75 anos (completaria 76 em no próximo 5 de outubro).

Almir Melo não gostava de comemorar seu aniversário, mas esperava protagonizar outro festejo, o da eleição e chegou de Salvador – onde cumpria o isolamento social – para anunciar a Canavieiras sua disposição de governar sua amada terra por mais 4 anos. Concedeu entrevistas e afirmou em alto e bom som que era pré-candidato, disposto que estava de voltar a reconstruir sua cidade.

O retorno de Almir Melo à vida política decorreu de uma série de fatores, sendo que o que mais pesou foi o clamor dos canavieirenses para que voltasse a ser o timoneiro de sua terra, atualmente atravessando por mares revoltos. Esperavam eles viver conforme o ditado popular: depois da tempestade vem a bonança. Ao que tudo indica, não seria do designo de Deus.

Prefeito por quatro mandatos, é reconhecido até pelos adversários como o maior e melhor administrador de Canavieiras. E não seria pra menos, pois contra fatos não existem ou resistem argumentos. Basta um simples passeio pela cidade para que os feitos sejam constatados nos equipamentos públicos erguidos para atender às áreas da educação, da saúde, da assistência social.

Nos quatro mandatos soube se situar no tempo e no espaço. Com seu prestígio político conseguiu recursos para implantar equipamentos e serviços, desenvolver sua cidade, melhorar a vida de sua população. Conseguiu a abertura de rodovias, facilitou a circulação de pessoas de outras cidades e vislumbrou o turismo como a principal vocação de Canavieiras ao garantir a construção da ponte sobre o rio Patipe para o acesso à Atalaia.

De repente, Canavieiras se transformou em Canes – mas só para os íntimos, como dizia o slogan da peça publicitária –, com um ‘n’ só para se diferenciar da famosa cidade da Côte d’Azur francesa, Cannes. E começou modernizar Canavieiras sem desprezar sua história, suas tradições culturais, que considerava a maior riqueza do seu povo. E vibrava com cada resultado alcançado.

Canavieiras, a cidade das areias brancas! Era aqui neste torrão que pretendia descansar após o último suspiro. E cumpriu o roteiro com maestria. Deixou o isolamento social em Salvador desobedecendo os conselhos de amigos e familiares para cumprir o que pedia sua vontade. Teimosia para uns, seguir o predeterminado por Deus para os que o conheciam de mais perto.

Uma corrente sempre foi o símbolo que o unia aos seus eleitores. Cada um – correnteiro – era um elo que os ligavam pelo amor a Canavieiras. Se um dos elos se partia, imediatamente outro era agregado, bem soldado, sedimentado. Franco e aberto no seu pensar e agir, por vez era mal-entendido ao não prometer projetos e favores individuais num país em que vigora o tome lá, dá cá.

Mas o carisma de Almir Melo transcendia a esses pequenos desencontros e com a mesma altivez de um sim, quando era possível, dizia o não, complementando que teria sido eleito para trabalhar por Canavieiras e não por pessoas. Conhecedor de cada um dos moradores pelo nome e apelido sabia-os cativar pelo jeitão afável, mesmo tratamento que emprestava aos novos amigos.

Fechou seu ciclo! Como um portentoso jequitibá que tomba na Mata Atlântica de Canavieiras, Almir Melo sucumbiu aos problemas coronarianos, festejando quando possível, se resguardando nas adversidades. Na floresta, o jequitibá espalha as sementes e faz brotar seus sucessores; na política também é possível, desde que o herdeiro professe dos mesmos ideais, das mesmas determinações, os mesmos compromissos.

Como dizia Almir Melo nos mais de 44 anos de vida pública: “Que ninguém questione a nossa lealdade! Que não pairem dúvidas sobre a nossa força! Que não se levante suspeita sobre o nosso amor por Canavieiras! O Correnteiro é Fraterno! O Correnteiro é Guerreiro! o Correnteiro é Valente! Não mexa com o Correnteiro quando o que está em jogo é a autonomia, a independência e os interesses da nossa cidade.

Que a saudade se transforme no cimento nos elos dessa corrente por Canavieiras.

Walmir Rosário é radialista, jornalista e advogado. Clique e confira o blog.

MORRE EX-PREFEITO DE CANAVIEIRAS ALMIR MELO

Canavieiras perde ex-prefeito Almir Melo
Tempo de leitura: < 1 minuto

O ex-prefeito de Canavieiras Almir Melo (MDB), de 75 anos, faleceu, na tarde deste domingo (28). As primeiras informações são de que o político estava em casa com a família quando sentiu-se mal e foi levado às pressas para o Municipal Hospital Regis Pacheco.

O quadro de saúde agravou-se rapidamente e Almir Melo não resistiu. Informações extraoficiais são de que ele teria sido vítima de infarto. Almir foi prefeito de Canavieiras por quatro mandatos, sendo que o último encerrado em 2016. Não foram divulgados os detalhes sobre o sepultamento do corpo do ex-prefeito.

CANAVIEIRAS: TJ-BA INOCENTA EX-PREFEITO DO CRIME DE DENUNCIAÇÃO CALUNIOSA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Decisão do TJ-BA beneficia Almir

O Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) inocentou o ex-prefeito de Canavieiras, Almir Melo, pelo crime de denunciação caluniosa, após o Ministério Público da Bahia (MP-BA) acusar ele de ter denunciado, de má-fé, um delegado do município. O delito está previsto no artigo 399 do Código Penal, com pena de 2 a 8 anos de prisão e multa.

A juíza Karina Silva de Araújo entendeu na sentença que não existiam provas suficientes que levassem à condenação de Almir Melo, mesmo após o inquérito do MP-BA apontar que a denúncia foi feita de maneira inverídica e com o intuito de prejudicar o delegado.

“O arcabouço probatório carreado aos autos funda-se na dúvida quanto ao dolo do delito atribuído ao acusado, do que não há uma perfeita e certa reconstrução fática de que ao réu tenha realmente praticado o crime que lhe é atribuído, o que impõe a aplicação do princípio do in dubio pro reo, haja vista a ausência de certeza quanto a presença de todos os elementos do crime”, escreveu a magistrada.

Quanto à conclusão do inquérito policial, a juíza entendeu que, apesar deste ter evidenciado “indícios que, naquela ocasião, fundamentaram uma justa causa para a propositura a denúncia, na instrução processual não se permeia de tal certeza”. Ainda cabe recurso da sentença e, após o trânsito em julgado, a juíza determinou o arquivamento do processo. Do BNews.

CANAVIEIRAS: TCM REJEITA CONTAS E MULTA EX-PREFEITO

Tempo de leitura: 4 minutos

Almir teve contas de 2016 rejeitadas, mas pode recorrer

O Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) rejeitou, nesta quarta (22), as contas de 2016 do ex-prefeito de Canavieiras Almir Melo (PMDB). De acordo com a corte de contas, o peemedebista não deixou em caixa recursos suficientes para cobrir as despesas com os restos a pagar de exercícios anteriores, o que gerou um saldo negativo de R$802.398,27 nas contas públicas.

O ex-prefeito também extrapolou o limite máximo de 54% para despesas com pessoal, atingindo 63% da receita corrente líquida ao final do exercício. Almir também, segundo o TCM, não pagou duas multas de sua responsabilidade, no total de R$2.700,00. Pelas irregularidades, Almir foi multado em R$12 mil, além de mais R$43.291,44, que corresponde a 30% dos seus subsídios anuais, por não ter reduzido a despesa com pessoal.

Hoje, o TCM também julgou as contas de outros prefeitos e ex-prefeitos de quatro municípios – Castro Alves, Chorrochó, Guaratinga e Piripá. Cloves Rocha Oliveira, Rita de Cássia Campos Souza, Kenoel Viana Cerqueira e Sueli Bispo Gonçalves também tiveram contas rejeitadas e sofrerão representação no Ministério Público da Bahia para que seja apurada a ocorrência ou não de crime contra as finanças públicas.

Leia Mais

CANAVIEIRAS: TJ-BA SUSPENDE DECISÃO DA CÂMARA, QUE REPROVOU CONTAS DE ALMIR

Tempo de leitura: 2 minutos
Decisão do TJ-BA beneficia Almir, que, segundo os autos, não pôde fazer sua ampla defesa.

Decisão do TJ-BA beneficia Almir, que, segundo os autos, não pôde fazer sua ampla defesa.

O desembargador da 5ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Estado da Bahia, Raimundo Sérgio Sales Cafezeiro, suspendeu decisão da Câmara de Vereadores de Canavieiras, que reprovou as contas de Almir Melo relativas ao exercício de 2015. A decisão, em nível de antecipação de tutela, foi proferida em Agravo de Instrumento impetrado pelo advogado Manoel Guimarães Nunes. A suspensão vale até o julgamento final do processo no Tribunal.

Para o desembargador, não foi oportunizada ampla defesa no processo administrativo conduzido pela Câmara. O agravo de instrumento foi proposto contra decisão proferida nos autos do processo 8000405-57.2017.8.05.0043, em primeira instância, que negou o pedido de suspensão da reprovação das contas de 2015.

Na sentença do agravo, o desembargador Raimundo Cafezeiro asseverou que, se tratando da rejeição ou aprovação de contas de um ato administrativo com forte carga política, pode trazer ao ex-prefeito consequências graves. Ele citou como exemplo a inelegibilidade, daí a necessidade de possibilitar ao interessado ampla defenda como manda o art. 5º, LV, da Constituição Federal.

“É certo que no processo para julgamento das contas prestadas por gestor público perante a Câmara Municipal, devem os procedimentos ser conduzidos de forma a garantir a ampla defesa, com citação, publicidade e possibilidade de produção de provas, o que certamente não ocorreu no caso em apreço. Ao menos é o que se extrai da Ata colacionada às fls. 69/70”, disse o desembargador na decisão.

Considerando que a ausência do direito ao contraditório e da ampla defesa ofende ao próprio texto constitucional, o desembargador concluiu que o ato legislativo que não cumpriu todos os requisitos legais, passível, portanto, de anulação. “Partindo desta premissa, observo que encontram-se reunidos nos autos os elementos autorizadores da concessão da antecipação da tutela, pois o Ato ora impugnado pode estar maculado por vício, o que justifica a concessão de liminar e inaudita altera pars.

Para o ex-prefeito Almir Melo, sua administração foi pautada na transparência, competência e seriedade e não é justo que suas contas sejam rejeitadas por simples capricho de alguns vereadores. “O serviço público tem que ser exercido com dignidade e não por picuinhas, pelo simples fato de o prefeito ser de oposição. Temos fazer político com seriedade e agora a justiça está restabelecendo a verdade dos fatos ocorridos”, concluiu Almir Melo.

APÓS VOTAÇÃO DO PMDB, ALMIR ESPERA MANTER NÍVEL DE RELAÇÃO COM RUI COSTA

Tempo de leitura: < 1 minuto
Almir Melo entre os capas-pretas do PMDB baiano em votação ontem (Foto Divulgação).

Almir Melo entre os capas-pretas do PMDB baiano em votação ontem (Foto Divulgação).

O prefeito de Canavieiras, Almir Melo, do PMDB, foi um dos delegados estaduais baianos que votaram pelo desembarque do seu partido do Governo Federal, ontem (29), em Brasília.

Almir lembra ter apoiado o governador Rui Costa em 2014, quando o então candidato patinava nas pesquisas com 4% – embora o PMDB estivesse coligado com o candidato derrotado do DEM ao governo, Paulo Souto.

À época, Almir Melo apoiou os candidatos do seu partido – Geddel Vieira Lima ao Senado, Lúcio Vieira Lima à Câmara Federal, e Leur Lomanto à Assembleia Legislativa, sem qualquer constrangimento.

Agora, espera não sofrer retaliações por pensar de forma diferente do governador no plano nacional. Conta com uma convivência pacífica e produtiva, como foi até agora. Almir votou pela independência do seu partido (que espera tomar o poder central com a possível posse de Michel Temer) e é favorável ao impeachment de Dilma.

PREFEITURA DE CANAVIEIRAS ADOTA NOVO HORÁRIO DE EXPEDIENTE

Tempo de leitura: < 1 minuto
Sede da Prefeitura de Canavieiras, que adota novo expediente (Foto Wagnevilton Ferreira).

Sede da Prefeitura de Canavieiras, que adota novo expediente (Foto Wagnevilton Ferreira).

A partir da próxima terça (15), a Prefeitura de Canavieiras funcionará em novo horário. O atendimento ao público será das 8h às 12h. Já o expediente externo, será das 12h às 14h, conforme portaria assinada pelo prefeito Almir Melo. O novo horário valerá para servidores lotados no Paço Municipal e em áreas administrativas das secretarias.

Os serviços realizados pela Secretaria Municipal da Educação e nas áreas de limpeza pública, salva-vidas e postos de saúde continuarão observando os horários estabelecidos anteriormente. Nesses locais, a jornada de trabalho será em regime de seis ou oito horas, de acordo com a necessidade dos serviços.

Já a Guarda Municipal e as áreas de enfermagem recepção e vigilância da Secretaria da Saúde cumprirão jornada especial de trabalho, com a escala elaborada por suas respectivas chefias.

Desde o segundo semestre do ano passado, a Prefeitura de Canavieiras funcionava apenas das 8h às 12h, como forma de conter despesas. “Nesse período, conseguimos reduzir diversas despesas, a exemplo do consumo de energia elétrica, horas extras, combustíveis, diárias, dentre outras”, afirma o secretário de Administração, Antônio Amorim Tolentino.

NETO LX NO CARNAVAL DE CANAVIEIRAS

Tempo de leitura: < 1 minuto
Neto LX é a principal atração desta segunda em Canavieiras (Foto Divulgação).

Neto LX é a principal atração desta segunda em Canavieiras (Foto Divulgação).

O prefeito Almir Melo anunciou, hoje (7) à noite, mais uma atração para o carnaval de Canavieiras. Uma das revelações da folia de Salvador no ano passado, Neto LX, do hit Gordinho gostoso, apresenta-se nesta segunda (8), no Sítio Histórico.

A contratação de Neto LX foi fechada nas últimas horas, segundo o prefeito. “Diante das inúmeras reivindicações, entramos em contato com a produção e o cantor e conseguimos fechar o contrato”, disse Almir.

Além do arrocha ostentação de LX, o penúltimo dia de carnaval em Canes terá Realce, Gera Samba, BBB e o pancadão da Banda Tsunami. A folia no município da Costa do Cacau vai até a madrugada da quarta-feira de cinzas. O último dia terá Trivelada, Selakuatro, A Rapaziada e BBB. A folia por lá une o carnaval cultural e o tradicional, com axé, pagodão e arrocha, dentre outros estilos.

UMA PERDA IRREPARÁVEL

Tempo de leitura: 3 minutos

almirmeloAlmir Melo

Cada vez estou mais convicto que este Brasil pode ser uma terra de oportunidade para seus filhos, bastando, para isso, que usemos como exemplo a conduta exemplar de um homem como Afrísio Vieira Lima.

Chora a Bahia, chora o Brasil, chora Canavieiras com a perda do ilustre brasileiro Afrísio Vieira Lima. E ele desaparece justamente numa hora em que a classe política está em baixa junto à opinião pública. Justamente Afrísio, que poderia contribuir para forjar novos homens públicos, como fez com os filhos – não menos ilustres – Geddel Vieira Lima, que ocupou vários cargos no legislativo e executivo; e Lúcio Vieira Lima, reconhecidamente um dos melhores e mais desenvoltos deputados da Câmara Federal.

Afrísio conseguiu transferir seus genes físicos, morais e políticos para os filhos. Como homem público, exerceu funções e cargos nos três poderes. Foi vereador, deputado estadual, federal, secretário da Segurança Pública da Bahia, diretor-presidente da Codeba, superintendente do Centro Industrial de Aratu, superintendente regional do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) e presidente da Junta Comercial do Estado da Bahia (Juceb).

Durante toda sua vida contribuiu para que pudéssemos viver num país melhor, exercendo sua influência para que Canavieiras participasse dos recursos estadual e federal com a construção de obras e serviços. Fez o que deveria: recebeu os votos dos canavieirenses, retribuiu com muito trabalho e dedicação. Coisa que somente um homem público de sua estirpe consegue fazer ao assumir um compromisso.

Se na política agia com determinação, na vida familiar não foi diferente ao transferir seu DNA político aos filhos Geddel e Lúcio Vieira Lima, homens públicos que conseguir se distinguir dos demais pela conduta exemplar. Antes da política, aprenderam no convívio familiar a se relacionar com as pessoas como amigos. E verdadeiros amigos.

Todos – pai e filhos – são homens do bom combate, daqueles que sabem reconhecer os adversários e não apenas tratá-los como inimigos, pois no futuro poderão comungar com seus ideais. São pessoas que nunca precisaram “vender a alma ao diabo”, como comumente ouvimos falar na política, pois sabem traçar o norte, sempre de acordo com princípios altruístas.

Leia Mais

CONTAS APROVADAS

Tempo de leitura: < 1 minuto
Almir:  contas aprovadas.

Almir: contas aprovadas.

O prefeito de Canavieiras, Almir Melo (PMDB), teve as contas do exercício de 2014 aprovadas pelo Tribunal de Contas dos Municípios. A sessão de julgamento ocorreu na tarde de ontem (12), em Salvador.

Almir disse ter recebido com tranquilidade a informação de que as contas foram aprovadas. O conselheiro Paolo Marconi foi o relator da matéria referente a Canavieiras.

O relatório completo deverá ser disponibilizado pelo tribunal na próxima semana. A corte de contas julgou, ainda, outras sete gestões municipais, dentre elas a de Isravan Barcelos, de Ibirapitanga, também aprovada com ressalvas.

 

Back To Top