skip to Main Content
25 de outubro de 2020 | 09:43 pm

ADES COM SOJA: SUPERMERCADOS DESRESPEITAM DETERMINAÇÃO DA ANVISA

Tempo de leitura: < 1 minuto
Proibidos, sucos Ades com soja estão à venda em supermercado de Itabuna (Foto Pimenta).

Proibidos, sucos Ades com soja estão à venda em supermercado de Itabuna (Foto Pimenta).

Apesar da determinação da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), grandes redes de supermercados de Itabuna não suspenderam a venda de sucos com soja da Ades. A resolução da Anvisa foi publicada ontem, 18, no Diário Oficial da União e teve ampla divulgação nacional (confira aqui).
A resolução vem sendo desrespeitada. Ainda hoje é possível ver produtos expostos e à venda em supermercados na área central de Itabuna. Hoje à tarde, o PIMENTA conferiu que mais da metade dos sucos Ades à venda em um supermercado na Avenida Juracy Magalhães era da linha que leva soja.
A proibição começou a valer ontem, após a Anvisa constatar que sucos de maçã da Ades fabricados em Pouso Alegre (MG) foram fabricados misturados a produtos de limpeza.
A Unilever Brasil, detentora da marca Ades, disse que houve falha no processo de higienização das máquinas. Quase 100 embalagens foram distribuídas em São Paulo, no Rio de Janeiro e no Paraná com o produto impróprio para consumo.
O blog não conseguiu contato com a Vigilância Sanitária de Itabuna para saber das medidas adotadas para que a resolução da Anvisa seja respeitada pelos supermercados.

FARMÁCIAS DEVERÃO FICAR COM A RECEITA

Tempo de leitura: < 1 minuto

A partir desta quinta-feira, 28, as pessoas que se dirigirem a alguma farmácia para comprar antibiótico deverão deixar a receita médica com o estabelecimento. Esta medida se encontra determinada em resolução da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), publicada ontem (27) no Diário Oficial da União.
O objetivo, de acordo com o órgão ligado ao Ministério da Saúde, é evitar a propagação da superbactéria KPC, que é resistente a antibióticos. A resolução também determina que as receitas para a compra de antibióticos terão validade de dez dias, a partir da data de emissão.
O descumprimento da medida implica em infração sanitária e sujeita o responsável a sanções nas esferas civil, administrativa e penal.

OPERAÇÃO PRENDE DONOS DE FARMÁCIAS EM ITABUNA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Fiscais apreendem remédio contrabandeado (Foto Xilindróweb).

A Operação Morfeu foi deflagrada na Bahia e resultou na prisão de três donos de farmácias que comercializavam remédios contrabandeados. Mais de dez mil caixas de medicamentos tarja preta foram apreendidas em estabelecimentos na praça do bairro Santo Antônio.

Os empresários detidos são Luciene Ribeiro Suquer (Farmácia Boa Farma), Josevaldo Vieira de Oliveira (Farmácia Shalon) e Cléber Suquer Pinto (Farmácia Boa Hora), informa o repórter Costa Filho, da rádio Jornal. Os empresários vão responder por crime hediondo e inafiançável. A pena vai de 10 a 15 anos de prisão.

A operação foi comandada pela Polícia Rodoviária Federal e pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Back To Top