skip to Main Content
28 de setembro de 2020 | 12:06 pm

FERREIRA COMANDARÁ COLO COLO NA SÉRIE B

Tempo de leitura: < 1 minuto

Ferreira, Weliton e Elias durante assinatura de contrato || Foto Jornal do Radialista

O técnico Ferreira comandará o Colo Colo na Série B do Campeonato Baiano 2018. O contrato com o time ilheense foi assinado neste final de semana, após negociações com o CEO do patrocinador máster da equipe, Weliton Nascimento, da Arezza. O treinador comandou o Tigre Ilheense em 2006, quando o Colo Colo foi campeão baiano.
Ferreira começa a montar a equipe ainda em janeiro e ainda será apresentado a torcedores e imprensa durante coletiva, segundo o assessor do Colo Colo e editor do Jornal do Radialista, Elias Reis. A equipe ilheense estreia na Série B em 4 de março, às 15h, no Estádio Mário Pessoa, contra o Galícia.

DIREÇÃO DO COLO-COLO ABRE MÃO DE PATROCÍNIO DE R$ 250 MIL DA AREZZA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Weliton decepcionou-se com direção do clube

A diretoria do Colo-Colo precisa explicar porque não deu a mínima à proposta da Arezza de investimentos de R$ 250 mil para profissionalizar o clube e disputar a divisão de acesso do Campeonato Baiano em 2018.

Dono da Arezza, o ilheense Weliton Nascimento disse que nada queria ao investir no clube além de “apoio, caráter e um pouco de profissionalismo”. Ao perceber a falta de interesse no projeto – que incluía desde a divulgação da marca e ações de marketing baseadas no futebol europeu e formação de atletas-, a diretoria da Arezza comunicou que deixaria o projeto.

“A Arezza ficou surpresa com a falta de entusiasmo da cúpula”, revelou o presidente da Arezza, grupo que conta com mais de 5 mil funcionários e mantém contratos com grandes empresas como Ambev, Carrefour e Renner.

Apresentação da proposta da Arezza ao Colo-Colo. No círculo, o “entusiasmado” presidente do Tigre Ilheense

AREZZA INVESTIRÁ R$ 250 MIL NO COLO COLO

Tempo de leitura: 2 minutos
Colo Colo ganha patrocinador master || Foto José Nazal/Arquivo

Colo Colo ganha patrocinador master e plano de modernização || Foto José Nazal/Arquivo

Weliton está empolgado com o projeto

Weliton está empolgado com o projeto

A Arezza anunciou investimento de R$ 250 mil no time do Colo Colo para a disputa da Série B do Campeonato Baiano de Futebol de 2018. Weliton Nascimento, CEO da Arezza, apresentou um plano que prevê investimento também na formação de atletas.

– Não quero nada do clube, apenas apoio, caráter e um pouco de profissionalismo – disse Weliton, que é ilheense de nascimento e preside empresa de gestão de Recursos Humanos e tem clientes como Ambev, Carrefour, Renner e Assaí Atacadista.

O negócio com o Colo Colo envolve, além da marca Areza, a Adilis Trade Marketing e a SvelteFit. Weliton faz um alerta quanto aos investimentos. “Somente dinheiro não resolve todos os problemas, se não tivermos voluntários, apaixonados, pessoas felizes [com o projeto]”.

Pelo cronograma, o clube deve iniciar, em novembro, os treinamentos para a disputa da Segundona (Série B). Segundo Weliton, a proposta é formar time competitivo com folha enxuta, de R$ 40 mil ao mês. O projeto da Arezza foi também apresentado ao PIMENTA.

INSPIRAÇÃO EM MODELO EUROPEU

O plano de investimentos e de atração de patrocinadores e torcedores empolgou dirigentes do clube. Weliton, que trabalha com grandes marcas multinacionais, diz ter buscado inspiração no esporte internacional, mais exatamente no futebol europeu, para formular a proposta ao clube ilheense, único time sul-baiano a conquistar o Campeonato Baiano de Futebol, em 2006.

Camisas do projeto do Colo Colo, autografadas pelo craque Kaká, ex-Real Madrid, Milan, São Paulo e Seleção Brasileira – hoje no norte-americano Orlando City, foram distribuídas pelo clube para marcar a nova fase. Weliton afirma que o projeto não cabe privilégios a dirigentes. O foco é no resultado. E uma das metas de médio prazo é a ascensão do time à Série A do Baiano de Futebol em 2018.

Back To Top