skip to Main Content
24 de fevereiro de 2021 | 11:46 pm

CAMPEONATO BAIANO COMEÇA NA QUARTA COM JOGO ÚNICO

10 times disputam o Campeonato Baiano neste ano
Tempo de leitura: 2 minutos

Começa na quarta-feira (17), o Campeonato Baiano 2021. A primeira rodada da competição terá jogo único, com a UNIRB recebendo Vitória, no estádio Antônio Carneiro, a partir das 19h30min.

O Campeonato Baiano será disputado por 10 clubes. Além de UNIRB e Vitória, os participantes da competição neste ano são Atlético, Bahia, Bahia de Feira, Doce Mel, Fluminense, Jacuipense, Juazeirense e Vitória da Conquista.

De acordo com o regulamento da competição, as equipes se enfrentarão em turno único na primeira fase. Os quatro primeiros colocado avançarão à semifinal, que será disputada em jogos de ida e volta, assim como a final. Já o último colocado será rebaixado para a Série B de 2022.

A competição terá 13 datas e cada clube fará nove jogos na 1ª fase. A previsão de encerramento é em 23 de maio. Além do título, também estarão em jogo vagas em competições nacionais. O campeão, vice-campeão e 3º colocado do campeonato terão direito à 1ª, 2ª e 3ª vagas da Copa do Brasil 2022, respectivamente.

COPA NORDESTE

O campeão também terá direito à primeira vaga na Copa do Nordeste de 2022. A 2ª vaga será do clube mais bem posicionado do Estado no Ranking Nacional de Clubes da CBF. A 3ª vaga, para a disputa da Pré-Copa do Nordeste, será do clube que tiver a melhor colocação no estadual, excluindo os detentores da 1ª e 2ª vagas.

Caso o clube da 1ª vaga não esteja disputando as Séries A ou B do Brasileirão, a 3ª vaga será destinada ao clube com a segunda melhor colocação no Ranking Nacional de Clubes da CBF.

Já as duas equipes melhores colocadas do Baianão 2021, desde que não sejam integrantes das outras séries do Campeonato Brasileiro, terão direito às duas primeiras vagas na Série D de 2022. A terceira vaga será destinada à equipe campeã de uma competição a ser realizada pela FBF no segundo semestre de 2021. Caso não aconteça a competição, a terceira vaga também será destinada ao Baianão.

BAHIA E ATLÉTICO DISPUTARÃO TÍTULO DO BAIANÃO 2020

Bahia é um dos finalistas do Estadual 2020 || Foto Felipe Oliveira/ECBahia
Tempo de leitura: < 1 minuto
Bahia e Atlético de Alagoinhas farão as finais do Campeonato Baiano de Futebol 2020. Os finalistas foram definidos neste domingo.  Após vencer o Jacuipense por 2 a 0 fora de casa, o Bahia empatou no Estádio de Pituaçu em 2 a 2 e garantiu uma das vagas.
Outro finalista, o Atlético perdeu por 2 a 0 para a Juazeirense, mas obteve a classificação por ter vencido o jogo de ida por 4 a 1. Os jogos das finais do Baianão 2020 ainda não têm data definida pela Federação Bahiana de Futebol (FBF). A definição deverá ocorrer nesta semana.

CAMPEÃO DA SEGUNDA DIVISÃO DO BAIANO SERÁ CONHECIDO DIA 26

Tempo de leitura: < 1 minuto

Primeira partida será no estádio de Pituaçu

Atlético e PFC Cajazeiras iniciam, no próximo sábado (19), a partir das 16 horas, no estádio de Pituaçu, em Salvador, a decisão do Campeonato Baiano da Segunda Divisão. Por ser dono de melhor campanha, o time de Alagoinhas tem a vantagem de jogar por dois resultados iguais e ainda fazer a segunda partida em casa, no dia 26 deste mês, a partir das 16 horas.
Atlético e PFC Cajazeiras se enfrentaram duas vezes na fase de classificação da série B do Baiano deste ano. Logo na primeira rodada, em Salvador, o PFC perdeu por 3 a 2 para o time de Alagoinhas. Já o segundo confronto foi equilibrado, com empate de 0 a 0, na última rodada da fase classificatória. Cada time somou 18 pontos, mas o Atlético ficou com melhor saldo de gols, com 10 contra 6 do adversário.

ATLÉTICO ABRE SETE PONTOS PARA O COLO COLO, QUE JOGA NESTE DOMINGO

Tempo de leitura: < 1 minuto

Expectativa é de torcida em peso apoiando o Tigre Ilheense neste domingo||Foto Pablo Brandão

O Colo Colo só entra em campo neste domingo, mas a primeira colocação na fase de classificação da séria B do Campeonato Baiano ficou mais distante. Isso porque o Atlético, jogando em Alagoinhas, derrotou o Teixeira de Freitas por 2 a 0 na noite deste sábado (28) e chegou aos 17 pontos. Na quarta colocação, o time de Ilhéus viu a diferença para o líder isolado da competição subir para sete pontos.
Neste domingo, o Colo Colo enfrenta o PFC Cajazeiras, às 15 horas, no estádio Mário Pessoa, em Ilhéus, e ainda depende somente de seus resultados para se classificar para a decisão do título da série B do Campeonato Baiano. O time de Ilhéus precisa passar pelo adversário deste domingo e derrotar também o Atlético, no dia 6 de maio.
O Colo Colo encerra a participação na primeira fase da Segunda Divisão no dia 12, contra o Galícia, no campo do adversário. De acordo com o regulamento da competição, os dois primeiros colocados na primeira fase se classificam para a decisão. Somente o campeão garante vaga na elite do futebol baiano.

CONTRA O CONQUISTA, COLO COLO BUSCA A TERCEIRA VITÓRIA NA SEGUNDONA DO BAIANO

Tempo de leitura: < 1 minuto

Atlético é o novo líder da série B do Campeonato Baiano|| Foto Hilton Oliveira

O Colo Colo buscará a terceira vitória consecutiva na Segunda Divisão do Campeonato Baiano para entrar na briga pelas primeiras colocações na competição. O time de Ilhéus chegará aos 10 pontos e a quarta posição na tabela se vencer o Conquista neste domingo (22). O jogo está previsto para às 16 horas, no sudoeste do estado.
Se conseguir uma vitória, o Colo Colo passará o Teixeira de Freitas, que ontem empatou em 2×2 com o PFC-Cajazeiras no estádio de Pituaçu, em Salvador, e soma oito pontos. O líder da Série B do Baianão é o Atlético, que goleou o Galícia por 6×0, no sábado (21).
Com o resultado, o Carcará foi aos 14 pontos e se isolou na primeira colocação. O time de Alagoinhas chegou ao saldo positivo de nove gols e 66,7% de aproveitamento. O PFC Cajazeiras é o vice líder da competição, com 13 pontos, seguido do Conquista, que tem 11 pontos.

TEOLOGIA DA LIBERTAÇÃO

Tempo de leitura: 3 minutos

daniel_thameDaniel Thame | danielthame@gmail.com

 

Atlético Paranaense x Coritiba pelo Youtube pode ter sido a Sierra Maestra da libertação dos clubes. Ou pode ter sido apenas um daqueles momentos que, embora históricos se perdem nos desvãos da História, porque nascem e morrem como uma intenção que não se transformou em ação efetiva e continuada.

 

Coritiba e Atlético Paranaense protagonizaram um jogo histórico na quarta-feira. Não pela qualidade do futebol, que futebol de qualidade é artigo raro nos campos brasileiros, mas pelo fato de que, pela primeira vez, um dos mais tradicionais clássicos do país não teve transmissão por uma emissora de tevê, aberta ou fechada, mas pelo Youtube, o canal de vídeos do cada vez mais onipresente Google.

O resultado, 2×0 para o Atlético, é o que menos importa, já que o Campeonato Paranaense, a exemplo dos demais estaduais, perdeu qualquer relevância.

O verdadeiro significado deste já histórico embate é que os clubes brasileiros podem estar dando o primeiro passo para se livrar das amarras das federações, verdadeiras sanguessugas e não raro antro das mais deslavadas negociatas, e da Rede Globo, emissora que detém os direitos de transmissão e praticamente monopoliza o futebol, dos jogos da Seleção Brasileira ao torneiozinho mais chinfrim.

É a Rede Globo quem determina quanto vai pagar aos clubes, os horários dos jogos e as partidas que vai transmitir, tudo de acordo com a sua grade de programação. O que implica, por exemplo, em jogos de meio de semana no obsceno horário das 22 horas, impraticável num país onde o transporte público funciona mal e a violência faz com que, à noite, não apenas todos os gatos sejam pardos, como também todo torcedor/cidadão seja uma vítima em potencial.

Ressalte-se que a Rede Globo está no direito de pagar quanto acha que deve pagar (e as vezes paga muito por um futebol de quinta categoria, vide o medonho Brusque 0x0 Corinthians na quarta-feira, pela Copa do Brasil) e transmite (ou não transmite) o que acha conveniente, ainda que num sábado de Carnaval, opte por transmitir Fluminense 0x0 Madureira (outro show de horror), privando o torcedor de assistir ao Flamengo x Vasco, com futebol igualmente horrendo, mas com muito mais apelo.

Posto que a Globo pode pagar o que quer e transmitir o que quer, desde que os clubes aceitem e assinem os contratos de transmissão. Aos que não aceitam buscar outros caminhos, cabe romper o status quo que impera desde que a bola é redonda.

E é ai que está a importância histórica do Atletiba. O jogo, segundo os dois clubes que o transmitiram em seus canais no Youtube, atraiu cerca de 3 milhões de pessoas.

Imagine-se o potencial de um Palmeiras x Corinthians, São Paulo x Corinthians, Flamengo x Vasco, Cruzeiro x Atlético Mineiro, Inter x Grêmio, Bahia x Vitória.

Os próprios clubes poderão negociar cotas de patrocínio, placas publicitárias nos estádios e uma infinidade de possibilidades de arrecadação que a internet, acessada do celular ao aparelho de tevê, permite. Isso sem as amarras e as intermediações das federações e sem as imposições de horário e de tabela das tevês.

É um longo e difícil caminho, mas é também uma revolução.

E como todo caminho longo e difícil, como toda revolução, exige perseverança, união, luta, paciência e resistência a forças poderosas.

Atlético Paranaense x Coritiba pelo Youtube pode ter sido a Sierra Maestra da libertação dos clubes. Ou pode ter sido apenas um daqueles momentos que, embora históricos se perdem nos desvãos da História, porque nascem e morrem como uma intenção que não se transformou em ação efetiva e continuada.

Cabe aos clubes brasileiros, com o caminho foi sinalizado e o primeiro passo dado, decidir se querem seguir em frente ou se contentar com um bolo que é dividido de forma desigual e em que a maioria tem que se contentar apenas com migalhas.

Recorramos a um simbolismo, esse sim inegavelmente Histórico: de Sierra Maestra a La Habana não é fácil, mas `si, se puede`.

Daniel Thame é jornalista e edita o Blog do Thame.

A ESPERANÇA É A ÚLTIMA QUE…

Tempo de leitura: < 1 minuto

A vitória por 3 a 0 contra o Jequié aumentou a esperança de dirigentes do Grapiúna. A equipe foi a 10 pontos e ocupa a terceira posição na Série B do Campeonato Baiano. Duas equipes sobem para a Série A de 2016.

O Grapiúna e o Jequié tem um jogo a mais que as outras equipes. Ou seja, a esperança não morreu, mas a vaga na primeira divisão dependerá de uma boa combinação de resultados. Hoje, o líder é o Flu de Feira (13 pontos), seguido do Flamengo de Guanambi (11p).

O Flu pega o Itabuna (dia 7) e o Atlético (dia 14). Já o Flamengo de Guanambi, terá pela frente o Atlético e o Jequié. O Grapiúna deverá torcer por maus resultados de Ypiranga, Itabuna e Juazeiro.

ITABUNA BATE ATLÉTICO; GRAPIÚNA ENFRENTA JEQUIÉ

Tempo de leitura: 2 minutos

futebolO Itabuna manteve as chances de subir para a Série A do Campeonato Baiano de Futebol, ontem (30), ao bater o Atlético de Alagoinhas, por 2 a 1. O Azulino atingiu 8 pontos em 6 jogos. Para ascender, a equipe precisa vencer os dois últimos confrontos da fase de classificação e torcer por tropeços de Flamengo de Guanambi (11 pontos) e Fluminense de Feira (12p), seu próximo adversário.

Os gols do Itabuna foram marcados por Robert, aos 33 minutos da etapa final, e Fabinho, três minutos depois, em um belo chute da entrada da grande área. Fábio Gama descontou para o Atlético, que segura a lanterna da Série B 2015.

O compromisso do Azulino contra o Flu de Feira está marcado para o próximo domingo (7), no Itabunão, às 10h. O Atlético pegará o Flamengo de Guanambi. O Itabuna terá que torcer pelo lanterninha. Tanto o Azulino como o time do sudoeste têm seis jogos, mas o Rubro-negro somou três pontos a mais. Tem 11.

GRAPIÚNA VIVE

O outro time itabunense na Série B, o Grapiúna, ainda tem chances matemáticas de subir para a primeira divisão do Baiano. Mas precisa de uma grande combinação de resultados e – principalmente! – vencer seus dois últimos jogos.

O primeiro destes desafios será logo mais, às 10h, no Itabunão, contra o Jequié. O Grapiúna é o 6º colocado. Soma 7 pontos. O Jequié ocupa a vice-lanterna, com cinco. No dia 7, o Bem-Te-Vi enfrentará o Ypiranga, no Estádio Roberto Santos (Pituaçu), em Salvador. O time da capital é ocupa a 3ª colocação, com 8 pontos.

JACOBINA ACUSA COLO-COLO DE ESCALAR ATLETA IRREGULAR

Tempo de leitura: < 1 minuto
Colo Colo vence em campo, mas pode perder nos tribunais (Foto José Nazal).

Colo Colo vence em campo, mas pode perder nos tribunais (Foto José Nazal).

O Colo-Colo pode perder seis pontos por, supostamente, escalar um jogador irregular na partida contra o Atlético de Alagoinhas, no início da Série B. Correia jogou a primeira divisão do Estadual Baiano pelo Feirense e foi expulso da partida contra o Juazeirense, no Joia da Princesa.
O atleta deveria cumprir a suspensão em competições organizadas pela Federação Baiana de Futebol (FBF), no entendimento de dirigentes do Jacobina. O clube analisa entrar com recurso contra o time ilheense, segundo o site Folha do Estado.
Caso a reclamação proceda, o Colo-Colo ficaria com 11 pontos (hoje é o líder, com 17, junto com Fla de Guanambi e Jacobina). Para ascender à primeira divisão neste ano, o Tigre Ilheense precisaria vencer os dois jogos restantes – um deles será disputado hoje contra o Ipitanga, às 15h – e torcer pela derrota dos seus adversários diretos.
Na última rodada, próximo domingo, o Fla enfrenta o Leônico, vice-lanterna da competição, enquanto o Jacobina terá pela frente o Jequié, no domingo, data em que o Colo-Colo vai a Feira de Santana enfrentar o Fluminense local.

ITABUNA SOFRE NOVA DERROTA NA SÉRIE B

Tempo de leitura: < 1 minuto

iec 2013O Itabuna sofreu a segunda derrota consecutiva e está ficando ainda mais distante do retorno à primeira divisão do futebol baiano. Há pouco, o Azulino perdeu para o Atlético por 2 a 1, no Estádio Antônio Carneiro, em Alagoinhas.
Os gols do Atlético foram marcados por Dadái, aos 39 minutos de jogo, e Edmar, aos 5 minutos da etapa final. Paulinho diminuiu para o Azulino.
Com o resultado, o Itabuna permanece em sexto lugar, mas podendo ser ultrapassado pelo Ipiranga, que enfrenta o Ipitanga neste domingo (13), às 15h. O Atlético permanece em quinto lugar, mas com 9 pontos e mais próximo dos líderes: Colo-Colo (11 pontos) e Jacobina, Flu de Feira e Flamengo de Guanambi, com 10 pontos.
O Itabuna volta a jogar, no dia 23, contra o vice-líder Jacobina, às 20h, no Estádio Luiz Viana Filho. O Atlético enfrenta o Flu de Feira, dia 20, em Alagoinhas.

ITABUNA ESTREIA COM DERROTA NA SÉRIE B; COLO-COLO LIDERA

Tempo de leitura: 2 minutos
O ilheense Xandy garantiu a vitória do Ipiranga (Foto Álbum Pessoal).

O ilheense Xandy garantiu a vitória do Ipiranga (Foto Álbum Pessoal).

O Itabuna Esporte Clube começou mal a sua campanha pelo retorno à elite do futebol baiano. Há pouco, o Azulino perdeu, de virada, por 2 a 1, para o Ipiranga, no Estádio Junqueira Ayres, em São Francisco do Conde.
A equipe sul-baiana abriu o placar, bem no início do jogo. Cleiton balançou a rede de Jeférson com um minuto. A virada do Ipiranga começou a ser construída logo após o golpe azulino. Aos 14 minutos, Xandy deixou tudo igual.
O Ipiranga obteve a vitória no segundo tempo. E no finalzinho. Xandy fez o segundo do Ipiranga, aos 42 minutos da etapa final, decretando a derrota azulina. O Itabuna volta a jogar no próximo domingo (23), no Estádio Luiz Viana Filho, às 15h, contra o Leônico, que também perdeu na estreia, por 1 a 0, para o Jacobina. O Ipiranga enfrentará o Fluminense de Feira, no mesmo horário.
COLO-COLO DERROTA ATLÉTICO
Enquanto o Azulino estreou com derrota, o Colo-Colo se impôs diante do Atlético de Alagoinhas, no Estádio Mário Pessoa. O Tigre Ilheense fez 2 a 0. Com três pontos e melhor saldo de gols que o Ipiranga, o time ilheense pode terminar a rodada como líder, a depender do resultado do embate entre Jequié x Flamengo de Guanambi, no Waldomiro Borges.
O próximo jogo será contra o Flamengo, no sudoeste baiano. O Atlético enfrentará o Jequié, no sábado (22).
Atualização às 19h – O Flamengo venceu o Jequié por 3 a 1 e, provisoriamente, lidera a Série B. A rodada será completada na quinta (20) com o jogo Ipitanga x Fluminense.

ITABUNA PERDE NA ESTREIA DE FERREIRA

Tempo de leitura: 2 minutos

AZULINO ENFRENTA O BAHIA NO DOMINGO

Ferreira estreia com derrota.

Não adiantou mudar técnico. O Itabuna acaba de perder a terceira partida em cinco jogos pelo Baianão 2012. Há pouco, o Azulino levou por 2 a 0 do Atlético de Alagoinhas na estreia do técnico Ferreira.
O time termina a quinta rodada do Estadual ainda na vice-lanterna, com 2 pontos. O lanterna é o Juazeiro, que conquistou o primeiro ponto no campeonato ao empatar em 1 a 1 com o Serrano, nesta noite.
O primeiro gol do Atlético foi marcado aos 36 minutos do primeiro tempo. Robert converteu pênalti. O estreante Diego marcou contra e ampliou o placar para o time de Alagoinhas: 2 a 0 aos 4min do segundo tempo.
Estreante, o técnico Ferreira lamentou o resultado, embora tenha visto alguma evolução da equipe nos últimos 15 minutos de jogo. “A gente não fica satisfeito em estrear perdendo”, disse em entrevista à Rádio Difusora. E complementou: “Para chegar a algum lugar na competição, tem que ter qualidade. Infelizmente, nossa equipe não teve capacidade de fazer a bola rodar”.
O Itabuna volta a jogar no próximo domingo (5). Enfrentará o Bahia no estádio Luiz Viana Filho (Itabunão), às 17h. O Azulino terá a volta dos jogadores Wagner e Wenkley. O Bahia vem embalado por vitórias consecutivas. Há pouco, e de virada, derrotou o Feirense por 3 a 2, no estádio de Pituaçu.
Resultados da Rodada
Atlético 2×0 Itabuna
Bahia 3×2 Feirense
Vitória da Conquista 4 x 0 Juazeirense
Juazeiro 1×1 Serrano
Camaçari 1×2 Bahia de Feira
Flu de Feira 1×1 Vitória (parcial)

BEROLA FECHA COM O ATLÉTICO-MG

Tempo de leitura: < 1 minuto

Da Gazeta Esportiva

Berola deixa o Vitória (Reprodução Gilvan Martins).

Neste sábado, as transações firmadas entre o Atlético-MG e o Vitória se concretizaram. A equipe mineira, que também sonha em repatriar o meia Daniel Carvalho, acertou a contratação do atacante Neto Berola, ex-Vitória. Em contrapartida, válidos como moeda de troca, os meio-campistas Evandro e Renan Oliveira foram para o clube baiano.

Uma das revelações da última edição do Campeonato Brasileiro, Neto Berola chega a Minas Gerais para fazer concorrência ao ataque formado por Diego Tardelli e Muriqui e para suprir a ausência do contundido Obina. Ricardo Bueno, artilheiro do Paulistão/2010 pelo Oeste, de Itápolis, também é outra aquisição recente do time do presidente Alexandre Kalil.

ATLÉTICO FAZ O SEGUNDO

Tempo de leitura: < 1 minuto

O Atlético amplia no Itabunão: aos 32 minutos do segundo tempo, mete o segundo gol contra o Azulino.

Itabuna 0x2 Atlético de Alagoinhas.

No Carneirão, o Bahia ampliou para 3×1, diante do Colo Colo. O gol foi marcado por Raphael Luz, aos 38min.

Como diria Marcelo Soares, da Difusora, Colo Colo e Itabuna vão, de mãos dadas, para o Torneio da Morte, o quadrangular dos piores do Baianão e que definirá quem vai cair para a Segundona do Estadual 2010. Dois serão rebaixados.

ATLÉTICO ABRE O PLACAR NO ITABUNÃO

Tempo de leitura: < 1 minuto

Hoje, o Itabuna Esporte Clube segue a lógica deste Baianão 2010. Aos 20 minutos, o atacante Robert, do Atlético de Alagoinhas, antecipou-se à defesa do Azulino e, de cabeça, abriu o placar no estádio Luiz Viana Filho (Itabunão).

Esta é a pior campanha do Azulino em toda a história dos estaduais.

Back To Top