skip to Main Content
4 de agosto de 2020 | 04:52 am

MOTOBOY CONFESSA MORTE DE CHAVEIRO

Tempo de leitura: < 1 minuto
Danilo Santos foi preso momentos depois de cometer o crime.

Danilo Santos foi preso momentos depois de cometer o crime.

Audiney foi surpreendido no local de trabalho.

Audiney foi surpreendido no local de trabalho.

Policiais militares da Base Comunitária do Monte Cristo conseguiram prender o homem que matou a tiros o chaveiro Audiney Júnior, ao meio-dia de hoje, na Califórnia, em Itabuna.
Danilo Santos (Zói) foi detido pelos policiais quando fugia do local do crime, ainda com a arma na mão.
O motoboy confessou o crime. “Zói” acusou a vítima de ter desferido marteladas em sua cabeça e decidiu se vingar.
A confusão ocorreu no último sábado, segundo ele. Ao contrário do informado poucos minutos depois do crime, Júnior foi surpreendido e baleado ainda no local de trabalho.
O Samu 192 socorreu a vítima. Audiney não resistiu e morreu a caminho do hospital.

Back To Top