skip to Main Content
28 de novembro de 2020 | 08:20 am

AUGUSTO LAMENTA MORTE DA ASSISTENTE SOCIAL ROSÂNGELA FONSECA

Rosângela e sobrinha faleceram em acidente nesta sexta
Tempo de leitura: < 1 minuto

O candidato a prefeito de Itabuna pelo PSD, Augusto Castro, e a esposa, Andrea Simas, emitiram nota na qual, consternados, lamentam a morte da assistente social Rosângela Fonseca Rozeira e da sobrinha dela, Késia Andrade. “Neste momento de dor, estamos nos solidarizando às famílias de Rosângela e Késia. Pedimos a Deus que conforte a todos”, disse o candidato.

As duas faleceram um acidente automobilístico ontem (13), na BA-667, rodovia que liga Itaju do Colônia a Santa Cruz da Vitória. O acidente deve ter ocorrido pela manhã, já que as duas mulheres estavam sumidas, o que afligia a família sem notícias delas.

Somente por volta das 17 horas, o veículo em que estavam foi encontrado a cerca de três quilômetros de Santa Cruz da Vitória, no sentido a Itaju do Colônia. Há relatos, imprecisos, de que uma pessoa teria visto o carro caído às margens de um rio e acionado a Polícia, que coordenou o resgate dos corpos e do veículo.

Rosângela era uma das pessoas que apoiavam a chapa Augusto Castro e Guinho nestas eleições. Ela, inclusive, reproduzia vídeos e imagens da campanha nas redes sociais. Além disso, a assistente social era entusiasta da campanha da candidata a vereadora Luciana Castro, irmã do candidato a prefeito.

Rosângela é filha do ex-vereador Eduardo Fonseca, Fonsequinha, com vários mandatos na Câmara Municipal e criador do bairro Fonseca.

DATAQUALY VÊ AUGUSTO NA FRENTE E FERNANDO, MANGABEIRA, AZEVEDO, GERALDO E ISAAC EMPATADOS

Tempo de leitura: < 1 minuto

Pesquisa traz intenções de voto a prefeito em Itabuna || Fotomontagem DiárioBahia

Feita no período de 6 a 9 de novembro, pesquisa Dataqualy traz Augusto Castro (PSD) na liderança da corrida sucessória em Itabuna, com 32,5% das intenções de votos no cenário estimulado. O levantamento entrevistou 400 eleitores e mostra empate técnico, na margem de erro, entre o prefeito Fernando Gomes (PTC), Dr. Mangabeira (PDT), Capitão Azevedo (PL), Geraldo Simões (PT) e Dr. Isaac (Avante).

Fernando Gomes (PTC) – 15,03%
Dr. Mangabeira (PDT) – 13,02%
Capitão Azevedo (PL) – 9,03%
Geraldo Simões (PT) – 6,5%
Dr. Isaac (Avante) – 6,3%.

Num outro pelotão, porém empatados com Azevedo, Geraldo e Dr. Isaac, aparecem Charliane Sousa (MDB), com 3,3%; Professor Max (PSOL), com 1%; Edmilton Carneiro (PSDB), com 0,8%; Alfredo Melo (PV), com 0,3%.

O instituto não explicou porque o nome de Pedro Eliodório não consta do resultado final da pesquisa. O percentual de brancos e nulos atinge 7,3% e o de indecisos chega a 4,5%.

A pesquisa sobre a sucessão em Itabuna foi contratada por uma empresa de Salvador, a Alves Quatro Assessoria de Comunicação, registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o código BA-01535/2020. A margem de erro é de 4,9 pontos percentuais (devido ao baixo numero de entrevistados) e o intervalo de confiança chega a 95%.

ITABUNA: PESQUISA SÉCULUS VÊ EMPATE ENTRE FERNANDO, AZEVEDO E AUGUSTO

Séculus mostra Augusto, Azevedo e Fernando empatados
Tempo de leitura: 2 minutos

Divulgada nesta terça (10), pesquisa Séculus/Bahia Notícias mostra um cenário bem diferente da disputa em Itabuna do que o mostrado pela Gasparetto Pesquisas no último sábado (7). No primeiro cenário estimulado, Fernando Gomes (PTC) tem 22,15%, Capitão Azevedo (PL) surge com 21,53% e Augusto Castro (PSD) tem 21,04%, segundo a Séculus.

Os outros candidatos são Dr. Mangabeira (PDT), que soma 7,18%, Geraldo Simões (PT), com 5,57%, Isaac Nery (Avante), com 3,47%, Charliane Souza (MDB) 2,35%, Professor Max (PSOL) 0,74%, Edmilton Carneiro (PSDB) 0,37% e Pedro Eliodoro (UP) tem 0,25%. Alfredo Melo (PV) não pontuou. Os demais eleitores não escolheram nenhum (4,70%), não souberam (9,41%) ou não opinaram (1,24%).

Na pesquisa espontânea, em que os eleitores respondem em quem votariam para prefeito sem que sejam apresentados nomes de candidatos, Fernando Gomes aparece com 21,78%, sendo seguido de perto por Capitão Azevedo com 20,92% e Augusto Castro com 20,42%. Aparecem ainda Dr. Mangabeira (6,56%); Geraldo Simões (5,82%); Dr. Isaac Nery (3,71%); Charliane Souza (1,98%); e Edmilton Carneiro e Professor Max que somam os mesmos 0,25%. Os demais eleitores não escolheram nenhum (4,70%), não souberam (11,14%), e não opinaram (2,48%).

A Séculus também traçou cenário sem Fernando Gomes. Nele, Capitão Azevedo atinge 22,28% e Augusto Castro 21,66%. O índice deixa os dois candidatos tecnicamente empatados, na pesquisa da Séculus, já que a margem de erro da pesquisa é de 3,46 pontos percentuais. Pontuam ainda Dr. Mangabeira (8,66%), Geraldo Simões (7,67%), Dr. Isaac Nery (5,45%), Charliane Souza (2,85%), Professor Max (0,87%), Pedro Eliodoro (0,62%), Edmilton Carneiro (0,37%). Alfredo Melo não pontuou. Os demais eleitores não escolheram nenhum (11,14%), não souberam (16,83%) e não opinaram (1,61%).

O levantamento encomendado pelo Bahia Notícias à Séculus entrevistou 800 eleitores no período de 4 a 6 de novembro. Com margem de erro de 3,46 pontos percentuais, tem intervalo de confiança de 95% e está registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), sob o número BA-09709/2020.

Confira ainda

ENFERMEIROS PEDEM A AUGUSTO REGULAMENTAÇÃO DA PROFISSÃO NA REDE MUNICIPAL

Augusto durante visita a moradores da Mangabinha || Foto Lucas Matos
Tempo de leitura: 2 minutos

O candidato a prefeito de Itabuna, Augusto Castro (PSD), ouviu pedidos para que, se eleito, regulamente a atividade de Enfermagem no município, com a criação de Plano de Cargos e Salários para a categoria, o que inclui não só enfermeiros com nível universitário, mas técnicos e auxiliares de enfermagem. Ele se reuniu na Terceira Via Hall, na noite de quinta-feira (29), com um grupo de representantes da Enfermagem.

Augusto Castro agradeceu aos profissionais de Enfermagem que o acompanharam durante os mais de 40 dias internado devido à covid-19 no início da pandemia. Ainda no encontro, ele lembrou da luta para conseguir emendas parlamentares para a Saúde do município. “Itabuna conhece minha dedicação para que os hospitais contassem com tecnologia de ponta”, afirmou. “A UPA 24 Horas, do Monte Cristo, será fortalecida”, frisou.

O candidato a prefeito pela Coligação Mudar Para Fazer disse que pretende ampliar o número de equipes da Estratégia da Saúde da Família. “Por meio de concurso público, oportunidades serão criadas ao pessoal de Enfermagem e à classe médica. Com isso, as pessoas serão beneficiadas com o atendimento de suas demandas na saúde”, afirmou. Ele citou ainda a implantação do atendimento noturno em unidades por área da cidade e a requalificação das unidas básicas e de saúde da família.

REDE BÁSICA INFORMATIZADA

Augusto também falou que pretende interligar a rede de unidades da atenção básica utilizando a tecnologia da informação e comunicação, facilitando marcações de consultas e exames, facultando ao paciente receber a informação do atendimento via aplicativo de celular, como por exemplo, data, local e horário de sua consulta ou exame consta de seu projeto de governo.

Outra proposta de Augusto Castro é regulamentar a Lei da Transparência da Fila, instituindo a fila única e transparente do Sistema de Regulação para consultas, exames e cirurgias. Com isso, o cidadão poderá acompanhar o histórico de seus agendamentos através do site da Secretaria Municipal de Saúde ou do aplicativo de celular.

O professor universitário Mitchel Cattai enumerou, dentre as dificuldades da Enfermagem na rede municipal, a falta de reconhecimento. “O melhor reconhecimento é o financeiro, pois a gente não está feliz. Por isso, o pedido de piso salarial, progressão na carreira, para que se possa cuidar da família com segurança. As vezes se é obrigado a ter muitos empregos e há casos de carga horária de 120 horas semanais”, comentou.

Antes, à tarde, os candidatos da frente PSD – Cidadania – PSB e Rede Sustentabilidade receberam o carinho e a alegria dos moradores da Mangabinha que saíram à porta de casa ou de janelas e sacadas exibiam bandeiras, adesivos e sinais de positivo para os candidatos Augusto Castro e Guinho.

JUSTIÇA ELEITORAL DEFERE REGISTRO DE CANDIDATURAS DE AUGUSTO E GUINHO

Tempo de leitura: < 1 minuto

Justiça confirma candidaturas de Augusto e Guinho

A Justiça Eleitoral deferiu o pedido de registro das candidaturas a prefeito de Itabuna de Augusto Castro (PSD) e de Enderson Guinho a vice-prefeito pela Coligação Mudar Para Fazer,  integrada por PSD, Cidadania, PSB e Rede Sustentabilidade. Com isso, a chapa está apta a concorrer ao pleito.

A sentença foi publicada pelo juiz da 28ª Zona Eleitoral, Antônio Carlos Rodrigues de Moraes, que acatou o pedido de registro instruído com a documentação exigida pela legislação pertinente. Após a publicação do edital, não houve pedido de impugnação da chapa.

AUGUSTO CASTRO PROMOVE BANDEIRAÇO NESTA QUINTA-FEIRA

Augusto Castro promove atividades em Itabuna nesta quinta
Tempo de leitura: < 1 minuto

A Coligação Mudar Para Fazer promove, nesta quinta-feira (8), a partir das 8 horas, no Jardim do Ó, bandeiraço e a distribuição de material de campanha do candidato a prefeito Augusto Castro (PSD). A atividade contará com a participação de candidatos a vereador e de militantes da frente partidária que reúne PSD, Cidadania e PSB.

Na tarde de ontem (7), atividade para a distribuição de material da campanha mobilizou militantes em várias partes da cidade. A recomendação da coordenação de campanha é para que os participantes respeitem as medidas contra o Covid-19, como uso obrigatório de máscaras, álcool gel 70% e que evitem aglomerações, cumprindo as normas das autoridades sanitárias e do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA).

O evento desta quinta-feira, diz a coordenação, é um esquenta para a segunda carreta do candidato, programada para sábado (10), às 8h55min, com saída do Jardim do Ó, no centro da cidade, quando Augusto Castro e o vice, Guinho (Cidadania), voltam a circular por ruas e avenidas de Itabuna.

PRESIDENTE DO PSD AVALIA PESQUISA BN/SÉCULUS: “AUGUSTO PONTUA BEM”

Tempo de leitura: < 1 minuto

O empate técnico na estimulada da pesquisa BN/Séculus entre Capitão Azevedo (PL) e Augusto Castro (PSD), divulgada ontem (8), foi avaliado como positivo pelo presidente do PSD de Itabuna, Alcântara Pellegrini. O dirigente partidário no entanto pondera que o levantamento está defasado por não ter o nome do prefeito Fernando Gomes (PTC), que somente na última semana anunciou que disputará a reeleição.

– Na verdade, a pesquisa foi contaminada, uma vez que não consta o nome do atual prefeito Fernando Gomes, que agora é candidato à reeleição. Mesmo assim, Augusto, que devido a uma série de contratempos começou a fazer campanha somente há 15 dias, pontua muito bem, empatado tecnicamente com o candidato do PL, que sempre esteve em campanha – disse ele, observando a menor rejeição de Augusto entre todos os nomes testados na pesquisa.

Alcântara enumera dificuldades enfrentadas por Augusto Castro. “Como é do conhecimento de todos, Augusto foi acometido pela Covid-19 e, infelizmente, perdeu a mãe para a doença causada pelo novo coronavírus. Ficou internado por quase 60 dias, inclusive na UTI. Após se recuperar, foi para Salvador em busca de equipamentos e recursos para o enfrentamento do coronavírus em Itabuna. Mesmo com todos esses imprevistos, aparece empatado com o Capitão, que sempre esteve no corpo a corpo”, observa Pelegrini.

APÓS 2016, AUGUSTO DIZ NÃO TEMER ENFRENTAR FERNANDO

Tempo de leitura: < 1 minuto
Augusto e FG tornaram-se adversários

Augusto e FG tornaram-se adversários

Da Coluna Tempo Presente, assinada por Levi Vasconcelos, n´A Tarde

A pretensão do prefeito de Itabuna, Fernando Gomes, de lançar um candidato a deputado estadual para minar o deputado Augusto Castro (PSDB) não preocupa o tucano, pelo que ele diz:

— A competição é tão saudável quanto democrática. Vamos ao debate.

Lá atrás, na pré-campanha de 2016, Augusto almejava o apoio de Fernando, que estava todo complicado com a justiça, para prefeito.

Fernando insistiu na candidatura e acha que ele não foi leal ao procurar documentos que o incriminassem. E agora quer ver o diabo, mas não Augusto.

AUGUSTO ACUSA FERNANDO DE BAIXAR O NÍVEL

Tempo de leitura: < 1 minuto
Augusto diz que Fernando faz o jogo do PT

Augusto diz que Fernando faz o jogo do PT

O clima de MMA se estabeleceu hoje entre os pré-candidatos a prefeito de Itabuna pelo DEM e pelo PSDB, respectivamente, Fernando Gomes e Augusto Castro.

Mais cedo, Fernando tomou a iniciativa de “chutar o balde” durante entrevista à TVI. Indignado com alegadas maquinações do tucano para implodir sua candidatura, o ex-prefeito desferiu uma sequência de xingamentos contra Augusto. Entre outras gentilezas, o chamou de mau caráter, mentiroso e canalha (confira no post abaixo).

Augusto optou por engolir em seco, contar até dez e absorver os golpes. “A sociedade não apoia esse comportamento do ex-prefeito”, disse ele há pouco, por meio de nota enviada pela assessoria.

O tucano declarou ainda que não irá “baixar o nível” e continuará “trabalhando pelo melhor para Itabuna, sem fazer o jogo sujo que alguns já tentam impor às eleições”. O pré-candidato do PSDB afirmou também que, ao atacar sua honra, Fernando “satisfaz aos interesses do PT e seus aliados”.

O clima entre Fernando Gomes e Augusto Castro, que já não era muito bom, ficou ainda mais tenso na última segunda-feira (18), quando a dupla se reuniu com o prefeito de Salvador, ACM Neto, o qual tem preferência pelo tucano (relembre).

Nesse encontro a portas fechadas, FG já teria lançado uns desaforos contra Augusto. Hoje, ele somente repetiu a dose… Dessa vez para o grande público.

OS CAMINHOS DO PMDB NA SUCESSÃO ITABUNENSE

Tempo de leitura: < 1 minuto
Eduardo Kowalski é cotado para vice em possível composição entre PSDB e PMDB

Eduardo Kowalski é cotado para vice em possível composição entre PSDB e PMDB

O PMDB de Itabuna está em uma encruzilhada na sucessão municipal. Um caminho, que parece pouco provável, conduz ao nome de Fernando Vita como pré-candidato a prefeito. Uma segunda via, defendida em articulações de bastidores pelo presidente do diretório, Pedro Arnaldo, leva ao apoio da sigla ao ex-prefeito Capitão Azevedo (PTB). A terceira, propagada abertamente pelo ex-deputado Renato Costa, tem como destino a aliança com Augusto Castro (PSDB).

Pelo que se observa, os peemedebistas devem se limitar às duas últimas opções. E, segundo fontes do partido, há uma tendência mais forte de coligação com o tucano, o que dependeria apenas de composições que vêm sendo negociadas em outros dois municípios.

No caso de uma possível composição entre PSDB e PMDB, a surpresa poderá ser o surgimento de um novo nome no cenário sucessório. Trata-se do médico Eduardo Kowalski, que é vice-presidente do diretório municipal do PMDB e pode acabar se tornando vice também em futura chapa majoritária.

Kowalski ainda não disse sim, mas seu nome teria a preferência de Renato Costa.

Back To Top