skip to Main Content
19 de fevereiro de 2020 | 05:06 am

GOL E VOEPASS VÃO OFERTAR NOVO VOO DIÁRIO ENTRE ILHÉUS E SALVADOR

Voepass e Gol vão ofertar voo diário ligando Salvador e Ilhéus || Foto Aeroin
Tempo de leitura: < 1 minuto

Gol e Voepass se uniram para enfrentar a Azul Linhas Aéreas na oferta de voos regionais. Um dos destinos beneficiados será Ilhéus. Numa parceria da Gol com a Voepass, Ilhéus terá mais um frequência diária ligando o município sul-baiano à capital do Estado, Salvador. O voo inaugural está previsto para 18 de março. O preço da passagem, porém é salgado: R$ 729,79.

Além de Ilhéus, Porto Seguro, Aracaju e Maceió contarão com novos vôos com destino a capital baiana. A venda de passagens vai ser operada também no site da Gol. As novas rotas lançadas pela empresa vão concorrer com a Azul, empresa que oferece voos diretos para Salvador partindo de Maceió, Aracaju, Ilhéus e Porto Seguro.

Com mais opções de voos, a tendência é de mais oferta de passagens aéreas promocionais. A VoePass usa em seus voos a aeronave ATR-72 com 68 assentos. A companhia já oferece voos em Salvador, Barreiras e Vitória da Conquista.
Em Ilhéus os voos serão diários. Saem da capital às 11h10min, retornando à capital baiana às 12h40min. Com informações de Rodrigo Leite.

LEAL ESPERA QUE PACOTE DE INCENTIVOS ARRUME SETOR AÉREO NA BAHIA

Tempo de leitura: 2 minutos

Pacote foi apresentado em evento na Governadoria, ontem (5) || Foto Divulgação

O pacote de incentivos à expansão do transporte aéreo de passageiros na Bahia, apresentado pelo governador Rui Costa, no Salão de Atos da Governadoria, na tarde desta sexta-feira (5), foi considerado pelo presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), o gatilho para uma nova arrumação do setor no Estado. Nelson Leal (PP) classificou a iniciativa como “uma vitória do povo baiano”.

O deputado e presidente do Parlamento baiano comentou que as medidas vão permitir a oferta de mais voos, novas opções e melhores serviços. Ele disse esperar que o pacote de incentivos leve as companhias a reduzir preços das passagens.

“Esse é um momento muito importante para o Estado e para o transporte aéreo de passageiros. O programa significa, entre outras coisas, a redução na alíquota do ICMS para o combustível de aviação. Nós sempre tivemos uma preocupação muito grande com os preços abusivos praticados pelas companhias. Estamos aqui dando o start para uma nova arrumação do segmento. Para se ter uma ideia, está mais caro viajar para dentro do Brasil, hoje, do que para o exterior. O governo da Bahia está de parabéns”, celebrou, o chefe do Legislativo estadual.

PACOTE DE INCENTIVOS

O pacote de incentivo vai possibilitar a inclusão de 161 novos voos com frequência semanal no Estado, sendo 55 para o interior da Bahia, além de 11 novos trechos. As empresas parceiras do programa se comprometem a ofertar mais 1,15 milhão novos assentos até 2020. Passarão dos atuais 3,26 milhões, para 4,4 milhões de assentos, um acréscimo da ordem de 36%. As novas alíquotas de ICMS sobre o querosene da aviação serão variáveis: mínima de 3% e máxima de 12%. Pacote prevê ainda alíquotas intermediárias, conforme critérios estabelecidos no pacote.

AZUL OFERECE US$ 145 MILHÕES PARA COMPRAR PARTE DA AVIANCA

Tempo de leitura: 2 minutos

Azul quer comprar parte da Avianca por US$ 145 milhões

Da Agência Brasil

A companhia aérea Azul informou, hoje (13), que protocolou na Justiça uma nova proposta para comprar parte das operações da Avianca Brasil, empresa que passa por recuperação judicial e cancelou diversos voos no último mês.

Em nota, a empresa informou que requereu junto ao juízo da 1ª Vara de Falências e Recuperação Judicial de São Paulo, onde se processa a recuperação judicial da Avianca Brasil, uma autorização específica para a compra de uma “nova Unidade Produtiva Isolada (Nova UPI)”, espécie de empresa que seria criada a partir do desmembramento da Avianca, no valor mínimo de US$ 145 milhões.

A proposta é maior do que a ofertada em março, quando a Azul ofereceu US$ 105 milhões para a compra de parte das operações da Avianca Brasil. A oferta da Azul prevê a compra de 21 slots (autorizações de pouso e decolagem), que a Avianca detém atualmente no Aeroporto de Congonhas; 14, no Santos Dumont, e 7 no aeroporto de Brasília.

“A Azul acredita que o pedido formulado ao juízo da RJ para alienação judicial da Nova UPI confere à Avianca Brasil, seus empregados, consumidores, credores e demais interessados uma alternativa legal e legítima para viabilizar a monetização, o uso continuado de bens e a preservação de atividades, as quais correm grave risco de paralisação e rápida deterioração das atividades da companhia, no melhor interesse do mercado de aviação e todos os envolvidos”, disse a empresa em comunicado ao mercado.

Leia Mais

REABERTURA DE AEROPORTO TEM VOO INAUGURAL E PROTESTO DE MORADORES: “VAI CAIR!”

Tempo de leitura: < 1 minuto

Fernando, com secretários, reabre aeroporto de Itabuna || Foto Hélio Bocão

A reabertura do Aeroporto Tertuliano Guedes de Pinho, de Itabuna, na manhã desta quarta-feira (8), teve forte policiamento e protesto de moradores do entorno do aeródromo. O prefeito Fernando Gomes acompanhou as operações deste primeiro dia.

Enquanto uma pequena aeronave taxiava na pista do terminal, os moradores, exibindo bandeira do Brasil, gritavam “vai cair, vai cair!”. Policiais militares das Rondas Especiais (Rondesp) se deslocaram para a área onde os moradores protestavam, numa das margens do terminal. Os manifestantes se queixam do bloqueio de acesso às suas residências após a reabertura do aeroporto. Na segunda (6), eles interditaram a BR-101 pedindo alternativas para chegar às suas casas, após a entrada em operação do terminal.

O aeródromo estava fechado desde a década de 90. O prefeito Fernando Gomes comemorava o cumprimento de uma de suas promessas de campanha.

Veja também

https://www.pimenta.blog.br/2019/05/08/fernando-diz-que-itabuna-perdeu-a-havan-porque-nao-tinha-aeroporto-aberto/

OBRAS DO NOVO AEROPORTO DE CONQUISTA DEVEM SER CONCLUÍDAS NO SEGUNDO SEMESTRE

Tempo de leitura: < 1 minuto

Novo aeroporto de Vitória da Conquista

As obras do novo aeroporto de Vitória da Conquista, no sudoeste da Bahia, serão concluídas no segundo semestre deste ano. Os trabalhos estão concentrados no terminal de passageiros e nas instalações complementares. Estão sendo investidos R$ 145 milhões na construção, com financiamento dos governos federal e estadual.
No último dia 20, o Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil aprovou o edital de concessão da administração do aeroporto. A empresa que vencer a licitação vai administrar o terminal pelo prazo de 30 anos. O certame está marcado para 31 de julho.
A Secretaria de Infraestrutura do Estado (Seinfra) é o órgão responsável pelas obras. A pista de pouso e decolagem com 2,1 mil metros de comprimento e 45 metros de largura já está pronta, assim como o pátio para aeronaves, taxiway, rampa de equipamentos, subestação elétrica, balizamento noturno, acessos viários internos e seção contra incêndio.
Com o início da operação, a movimentação esperada é de 500 mil passageiros por ano até 2020. Batizado em homenagem ao famoso cineasta conquistense, o Aeroporto Glauber Rocha poderá receber aeronaves do modelo Boeing 737-800, com capacidade de 160 a 189 passageiros.

MUDANÇA DE CONCESSIONÁRIO DO AEROPORTO JORGE AMADO É ESTRATÉGICA, DIZ MARÃO

Tempo de leitura: 2 minutos
Marão Entrevista 29.03.2017

Marão diz que mudança no Jorge Amado é caminho natural || Foto Pimenta

O prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre (Marão), disse considerar estratégica e um caminho natural a mudança de concessionário para a modernização do Aeroporto Jorge Amado. O prefeito até citou exemplos recentes desta mudança, como os terminais de Guarulhos (SP) e Galeão, no Rio de Janeiro (RJ). A mudança foi oficializada, na semana passada, quando o governador Rui Costa assinou contrato em que a União delega ao Estado da Bahia o comando do aeródromo ilheense.

O prefeito destaca que a estatal ainda vai operar o aeroporto por até um ano, período a ser utilizado pelo governo baiano para realização do processo – que passará pela anuência da União – de concessão à iniciativa privada. Com a responsabilidade nas mãos do Estado, a programação é lançar licitação para que empresas de aviação civil disputem a gestão.

O mandatário ilheense fez um histórico dos resultados da Infraero, que administra o terminal ilheense. Em 2015, a Infraero teve prejuízo de R$ 3 bilhões. Já em 2016, o prejuízo chegou a R$ 767 milhões. Além disso, a empresa está se desfazendo de terminais rentáveis.

– Diante de parcos recursos para investimento, não há como competirmos por recursos com os grandes aeroportos nacionais que também precisam de dinheiro para aplicar em modernização – disse ele. O estado terá de acelerar o projeto de concessão do aeroporto, pois 2018 será ano de sucessão estadual.

EMPRESA PRIVADA ASSUMIRÁ GESTÃO DO AEROPORTO DE ILHÉUS

Tempo de leitura: 2 minutos
Costa assina contrato de delegação no Ministério dos Transportes || Foto Edson Leite

Costa assina contrato de delegação no Ministério dos Transportes || Foto Edson Leite

O governo da Bahia assinou, nesta terça (22), contrato pelo qual assume o Aeroporto Jorge Amado, em Ilhéus, e ganha poderes para repassar a gestão à iniciativa privada. A assinatura ocorreu no Ministério dos Transportes, em Brasília, em evento com o ministro Maurício Quintella, o vice-governador João Leão e o secretário estadual de Infraestrutura, Marcus Cavalcanti.

– Aquela região sonha com um novo aeroporto. É o Estado assumindo este equipamento e, em nome do povo da Bahia, agradeço por chegarmos a este consenso – afirmou o governador. Em 2016, o aeroporto de Ilhéus recebeu 550 mil passageiros, segundo a Infraero. Nos primeiros quatro meses deste ano, foram 190 mil.

Após a assinatura do documento nesta terça, o estado já anunciou que fará licitação para empresa de aviação civil assumir a gestão do aeroporto sul-baiano. Segundo o secretário Marcus Cavalcanti, quem vencer a licitação, além de ampliar o terminal, deverá executar obras de recuperação da pista e de tráfego aéreo.

– Nós estamos dando o primeiro passo e estamos tendo condição de fazer um investimento pelo setor privado na melhoria de condição daquele aeroporto para atrair mais voos – enfatizou Cavalcanti. Será o 10º aeroporto sob domínio do estado.

Aeroporto ilheense será gerido por empresa privada || Foto Pimenta

Aeroporto ilheense será gerido por empresa privada || Foto Pimenta

LATAM COBRARÁ R$ 50,00 PARA DESPACHAR BAGAGEM DE 23 QUILOS

Tempo de leitura: 2 minutos
Cobrança de bagagem começa ainda neste ano (Tânia Rêgo/Agência Brasil)

Cobrança de bagagem começa ainda neste ano (Tânia Rêgo/Agência Brasil)

A empresa aérea Latam (ex-TAM) informou que ainda este ano passará a cobrar R$ 50,00 pela primeira mala de 23 quilos despachada pelos passageiros nos voos domésticos. A segunda mala de mesmo peso custará R$ 80,00. O excesso de peso vai custar entre R$ 120,00 e R$ 200,00. Nos próximos meses, o despacho da primeira bagagem de 23 quilos ainda será gratuito e a cobrança será apenas sobre o excesso.

A permissão para que as empresas aéreas cobrem para despachar as bagagens, aprovada pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), vale para quem comprar passagens a partir do dia 14 de março. O peso permitido para a bagagem de mão vai passar de 5 quilos para 10 quilos.

Os voos da Latam para a América Latina terão a primeira mala de 23 quilos gratuita e a segunda vai custar US$ 90. Nos demais voos internacionais, será permitido levar duas malas de 23 quilos gratuitamente.

A empresa diz que espera reduzir em até 20% as tarifas mais baratas disponíveis para voos domésticos até 2020. “A experiência internacional mostra que os preços das passagens caíram, e mais pessoas passaram a usar o transporte aéreo onde a bagagem despachada é cobrada à parte”, diz a Latam, em nota.

Leia Mais

AZUL ACABA COM VOOS RECIFE-ILHÉUS

Tempo de leitura: < 1 minuto
Azul acaba com vôos ligando Ilhéus e Recife (Foto Allan Martins Antunes).

Azul acaba com vôos ligando Ilhéus e Recife (Foto Allan Martins Antunes).

A Azul Linhas Aéreas acabará com os voos entre Ilhéus e Recife, pouco menos de três meses depois de inaugurá-lo. Os voos diretos ligando o sul da Bahia e a capital pernambucana apresentavam tarifas promocionais de até R$ 79,90.

A companhia aérea não informou o motivo da extinção da rota. O voo tinha frequência semanal e foco no turista pernambucano que buscava o litoral do sul da Bahia. Os últimos embarques entre os dois destinos ocorrerão em 30 de julho. Agora, a opção será por meio de conexão em Salvador, deixando a viagem mais cara.

OS NÚMEROS DO AEROPORTO DE ILHÉUS

Tempo de leitura: 3 minutos

Weliton-NascimentoWeliton Nascimento | weliton@arezza.com.br

 

Seria importante os apaixonados pela cidade, pelo turismo, abrir mais espaços para comentários e cutucar os administradores. Uma cidade com cidades vizinhas importantes, turismo em várias delas, muitos hotéis, bastava uma boa associação e teríamos ao menos 2 voos fretados todos os finais de semana.

 

Circulou num importante jornal da região uma matéria muito importante fazendo críticas sobre a gestão, operação e voos no aeroporto de Ilhéus.

De fato, todos sabem, a cidade não tem gestor interessado em buscar voos em horários alternativos, fretamentos, voos internacionais, ainda que fretados, etc. Cidades já conhecidas como Foz do Iguaçu, Caldas Novas, Porto Seguro e tantas outras semanalmente recebem dezenas de voos extras. Mas isso é outra história. Administradores amadores, sem paixão, não vão fazer isso mesmo.

Fora tudo que a matéria fala, que é verdade, é bom explicar o outro lado. Eu adoro aviação e vivo acompanhando as estatísticas. O Aeroporto de Ilhéus, por ser minha cidade, me atrai ainda mais. Todos sabemos a crise que a aviação vive. Já é uma vitória poder manter diversos voos em nossa cidade. Essa é a pura verdade. Diferentemente do que fala a reportagem, a cidade tem diariamente, entre pousos e decolagens, em torno de 20 movimentos diários. Aos sábados, esse numero aumenta por causa do voo para Recife.

Verdade também que os voos acabam se concentrando todos das 11 horas da manhã até às 17hs. Isso tem uma explicação. As conexões no Sul e Sudeste. As companhias aéreas montam as rotas pensando nisso.

O cenário dos aeroportos de capitais e cidades importantes é desolador. Os voos e números de passageiros chegou a cair mais de 50% em alguns aeroportos. Gol e Tam cancelaram rotas e fecharam bases. Porto Seguro e Vitória da Conquista tiveram muitos voos cancelados. Basta fazer uma busca e ver as notícias de suspensão e cancelamento de rotas.

Porto Seguro tem uma diferença de ser mais explorada pelo turismo e possuir uma agenda turística mais interessante que nossa cidade, infelizmente. Aos finais de semana, a cidade recebe dezenas de voos e tem até um voo novo para Buenos Aires. Muito legal. De dar inveja.

O aeroporto de Salvador comparando o mês de abril de 2015 a mês de abril de 2016 transportou 496.158 contra 755.656 no anterior, uma queda brutal de 52%. Ou seja, por essa estatística da própria Infraero, o número de passageiros caiu pela metade. Ilhéus teve uma queda de 26%. Abril de 2015 transportou 47.574, contra 37.861 em abril de 2016.

Concluímos que temos até sorte de manter nossos voos e nossos horários. Apesar das restrições do aeroporto de Ilhéus, diferentemente do que fala a reportagem, todos os aviões da Gol, Tam e Avianca têm capacidade para transportar quase 150 passageiros. Apenas os aviões da Azul transportam perto de 120 pessoas.

O aeroporto bateu recordes de passageiros em 2015, transportando quase 630.000 passageiros. Essas informações estão disponíveis no portal da Infraero. Seria importante os apaixonados pela cidade, pelo turismo, abrir mais espaços para comentários e cutucar os administradores. Uma cidade com cidades vizinhas importantes, turismo em várias delas, muitos hotéis, bastava uma boa associação e teríamos ao menos 2 voos fretados todos os finais de semana.

Mas é bom deixar algumas perguntas: por que o Módulo Operacional do Aeroporto não está funcionando? Por que a pista não foi liberada ainda para pouso de aviões maiores? Por que os instrumentos não foram religados depois de mais de 7 anos? O prefeito e políticos não estão interessados nisso? Por que os blogs tão bacanas que temos e jornais não falam mais nesse assunto? Encerro meus comentários e informações. Que tenha contribuído com os amigos de Ilhéus e região.

Weliton Nascimento é empresário.

Back To Top