skip to Main Content
12 de abril de 2021 | 12:59 pm

BAHIA É REFERÊNCIA EM PROJETO PARA QUILOMBOLAS

Tempo de leitura: < 1 minuto
quilombola

Comunidades quilombolas recebem apoio de projeto da CAR

Técnicos do Banco Mundial (Bird) classificaram a Bahia como estado referência na execução de metas voltadas à melhoria da qualidade de vida das comunidades quilombolas. A avaliação foi divulgada em reunião do Projeto de Comunidades Remanescentes de Quilombos (Projeto Quilombolas), realizada este mês em Fortaleza-CE.
“Tivemos uma avaliação positiva porque o projeto Quilombolas ultrapassou as metas estabelecidas com a formação e consolidação de associações quilombolas e Conselhos Territoriais, e atendimento a mais de 5 mil famílias e 120 comunidades, número maior do que o planejado, inicialmente”, afirma o coordenador do Projeto Quilombolas da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), Antônio Fernando Silva.
Para o coordenador, o fortalecimento das organizações quilombolas e o acesso às políticas públicas estaduais e federais, aliado ao aumento da participação das comunidades, foram fatores imprescindíveis para o êxito das ações desenvolvidas na Bahia. A reunião de avaliação final do Projeto Quilombolas, em Fortaleza, teve a participação do especialista em Desenvolvimento Social Sênior do Bird, Alberto Costa.

APOIO DO BIRD PARA POLÍTICA DE GÊNERO NA BAHIA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Uma reunião entre representantes da Secretaria Estadual de Políticas para as Mulheres (SPM) e do Banco Mundial (Bird), nesta quinta-feira, 5, em Salvador, abriu caminho para o desenvolvimento de projetos voltados à promoção da autonomia da mulher, além da prevenção e enfrentamento à violência.
Representante do Bird na reunião, Eric Alda, falou sobre o interesse da instituição em apoiar estratégias de governo que busquem promover a igualdade entre homens e mulheres. “Aqui no Brasil existem muitas demandas para ações de gênero e o banco está pensando em apoiar políticas que incluem essas questões”.
A chefe de gabinete da SPM, Rita Souza, afirmou que a parceria com o Bird será importante para aprofundar o trabalho já realizado pela Secretaria. Segundo ela, já existe um plano estadual voltado à política de gênero, que será fortalecido com o apoio do Banco Mundial.

Back To Top